EDITAL Nº 0012016 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 2016

Livre

0
0
8
1 year ago
Preview
Full text

  UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRố-REITORIA DE GRADUAđấO ACADÊMICA

  PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

  • – NÚCLEO DE SAÚDE NUSAU
  • – DEPARTAMENTO DE MEDICINA DEPMED

  

EDITAL Nº 001/2016

  1 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 2016

  A Fundação Universidade Federal de Rondônia

  • – UNIR, por meio do Departamento de Medicina – DEPMED, através de Comissão designada para esse fim, torna pública a abertura do processo de seleção do Programa de Monitoria Acadêmica 2016, campus Porto Velho.

  1. IDENTIFICAđấO

  Unidade/Campus: Núcleo de Saúde / Porto Velho Departamento: Medicina

  Disciplina(s): 2016.1: Clínica Cirúrgica I, Clínica Médica I, Genética e Evolução, Genética Médica, Histologia e Embriologia, Microbiologia, Patologia Geral, Saúda da Mulher II.

  2016.2: Bases da Clínica Cirúrgica, Bases da Clínica Médica,

  Métodos de Diagnóstico Laboratorial e Imaginologia, Patologia Sistêmica, Procedimentos Básicos de Enfermagem, Saúda da Mulher I.

  INTEGRADAS 2016.1 e 2016.2: Anatomia I e Anatomia II.

  2

  3 Número de vagas: 03 BOLSISTA (S) e 50 VOLUNTÁRIA (S)

  2. OBJETIVO DA MONITORIA

  O Programa de Monitoria da Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR, de responsabilidade da Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, tem o objetivo de preparar o discente para a atividade docente, mesmo nos cursos com grau de bacharelado, e promover melhoria na qualidade de ensino da graduação, articulando teoria e prática, na produção do conhecimento, sob a orientação de um docente responsável pela disciplina na qual o discente for monitor.

  3. INSCRIđỏES Período: 26.02.2016 a 03.03.2016.

  Horário: 14:00 às 17:00hs Local: Secretaria do Departamento de Medicina

  • – DEPMED
  • 1 Campus Porto Velho 2 Modelo de edital elaborado, com base nas resoluções 388/2015/CONSEA, pela Comissão de Monitoria.

      Cada departamento será contemplado com 1 bolsa Monitoria 2016.1 e 1 bolsa Monitoria 2016.2, com duração de 4 meses 3 cada, e 1 bolsa de Monitoria para disciplinas integradas 2016.1 e 2016.2, com duração de 8 meses.

      A definição da quantidade de vagas voluntárias deverá considerar a capacidade de orientação do Professor Orientador, preferencialmente dedicação exclusiva, respeitando o cumprimento da carga horária máxima semanal do trabalho docente e

      4. DOS REQUISITOS

      03 Procedimentos Básicos de

      00

      04 Bases da Clínica Médica Esp. Graciela Fátima Lourenço

      00

      04 Métodos de Diagnóstico

      Laboratorial e Imaginologia

      Esp. Carolina Negrão Baldoni

      00

      04 Patologia Sistêmica Ms. Anita Sperandio Porto

      01

      Enfermagem

      04 Disciplinas 2016.2

      Ms. Jandra Cibele A. P. Leite

      00

      04 Saúda da Mulher I Esp. Ida Peréa Monteiro

      00

      04 Disciplinas Integradas

      2016.1 e 2016.2 (01/04 a 30/11/2015) Professor Orientador Vagas Remuneradas Vagas Voluntárias Anatomia I e II

      Dr. Alessandro Prudente

      01

      07

      (01/08 a 30/11/2015) Professor Orientador Vagas Remuneradas Vagas Voluntárias Bases da Clínica Cirúrgica Dr. Horácio Tamada

      00

      Os candidatos às vagas de monitores deverão cumprir os seguintes requisitos:

      04 Clínica Médica I Esp. Graciela Fátima Lourenço

      a) ter cursado o mínimo de 02 (dois) períodos letivos;

      b) ter cursado a disciplina objeto da monitoria ou sua(s) equivalente(s) ou, ainda, ter cursado disciplinas de caráter mais abrangente, a critério do departamento, e nelas obtido média igual ou superior a 60,0 (sessenta) e não ter coeficiente de rendimento inferior a 50,0 (cinquenta) no histórico escolar; c) apresentar declaração de disponibilidade de tempo para exercer a Monitoria;

      d) apresentar declaração de não acúmulo de bolsa;

      e) Currículo Lattes atualizado;

      5. DAS VAGAS

      5.1 Serão ofertadas 53 vagas, sendo 03 remuneradas e 50 voluntárias. Conforme o quadro abaixo:

      Disciplinas 2016.1 (01/04 a 30/07/2016) Professor Orientador Vagas Remuneradas Vagas Voluntárias

      Clínica Cirúrgica I Dr. Horácio Tamada

      00

      00

      03 Saúde da Mulher II Esp. Ida Peréa Monteiro

      04 Genética e Evolução Ms. Andonai Krauze de França

      00

      01 Genética Médica Ms. Andonai Krauze de França

      00

      01 Histo e Embriologia Dr.a Giselle Martins Gonçalves

      00

      02 Microbiologia Dr. Christian Collins Kuehn

      00

      01 Patologia Geral Ms. Anita Sperandio Porto

      01

      5.2 O candidato que desejar, poderá inscrever-se para até 2 disciplinas, contudo em semestres diferentes. Por exemplo: Saúde da Mulher II, cuja prova será realizada no dia 07/03/2016, e Saúde da Mulher I, cuja prova será realizada no dia 08/03/2016. Ciente de que para cada disciplina deverá assinar um termo de compromisso;

      5.3 O candidato que optar por inscrever-se para disciplina integrada, cuja prova teórica será realizada no dia 07/03/2016 e a prova prática no dia 08/03/2016, não poderá inscrever-se para outras disciplinas.

      5.4 A seleção de monitores para a disciplina Métodos de Diagnóstico Laboratorial e Imaginologia, também será realizada em duas fases teórica e prática, porém serão ambas realizadas no dia 08/03/2016.

      6. DAS ATRIBUIđỏES/ATIVIDADES DO MONITOR

    • Auxiliar o professor na preparação de trabalhos práticos e experimentais, de material didático, de atividades didático-pedagógicas de classe e/ou laboratório e de elaboração de apostilas para acompanhamento em sala de aula, sendo vedado, no entanto, sua participação na correção e avaliação de provas, bem como correções e avaliações de outros trabalhos acadêmicos, ministrar aulas e quaisquer atividades administrativas;
    • Auxiliar o professor na orientação de alunos, esclarecendo dúvidas em atividades de classe e/ou laboratório;
    • Auxiliar grupos de estudo em atividades extraclasse (consultas bibliográficas, ensaios laboratoriais, atividades de pesquisa, estudos de caso, estudos dirigidos, reforço de aula, solucionar exercício individualmente ou em pequenos grupos, dentre outros) para os discentes com dificuldade de aprendizagem dos componentes curriculares ou áreas que tenham relação com a disciplina na qual é monitor;
    • Participar de atividades que propiciem o seu aprofundamento na disciplina, como: estudos teóricos sob orientação do Professor da disciplina; revisão de texto; resenhas bibliográficas e outras desse tipo;
    • Zelar pela limpeza e conservação das condições de uso dos laboratórios e demais unidades de atividades práticas, observando os princípios de biossegurança e higiene.

      7. DAS OBRIGAđỏES DO MONITOR:

      I. Cumprir o estipulado no Termo de Compromisso e seus anexos proposto pela Pró- Reitoria de Graduação - PROGRAD no período do Programa de Monitoria Acadêmica;

      II. Exercer suas tarefas conforme Plano de Trabalho, formulário 03;

      III. Cumprir 12 (doze) horas semanais de atividades de Monitoria, distribuídas considerando Calendário Acadêmico e conforme horários preestabelecidos com o seu Professor Orientador, devendo afixar junto ao Departamento, inclusive na página eletrônica do curso, os seus horários de plantão;

      IV. Manter endereço residencial, e-mail e telefones atualizados na secretaria do Departamento Acadêmico a que está vinculado e na PROGRAD, conforme registro do monitor formulário 04;

      V. Prestar frequência mensal, formulário 07, relatório de atividade mensal, formulário 08 e, ao término das atividades da Monitoria prestar Relatório Final, formulário 09.

      VI. Informar por escrito ao Professor Orientador as dificuldades deparadas pelos alunos que são acompanhados pelo monitor, a fim de contribuir para o ensino e aprendizagem da disciplina.

      VII. Em caso de renovação, entregar ao Professor Orientador, no início de cada período do curso, atestado de matrícula expedido pela Diretoria de Registro e Controle Acadêmico - DIRCA;

      VIII. Manter o Currículo Lattes atualizado;

      8. DOCUMENTOS PARA INSCRIđấO:

    • Requerimento de inscrição (Anexo I);
    • Atestado de matrícula;
    • Histórico escolar (emitido pela DIRCA); - Currículo Lattes atualizado.

      9. PROVAS

      Data: 07/03/2016 - Disciplinas ofertadas para 2016.1 08/03/2016 - Disciplinas ofertadas para 2016.2

      Horário: 12:00 às 14:00hs Local: Bloco 3-A (Medicina), 3º Piso, Sala 307.

      10. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO (conforme o quadro do item 5.1)

      10.1 CLÍNICA CIRÚRGICA I

    Gastroenterologia: Patologias Cirúrgicas da Parede Abdominal, Hérnias, Abdome agudo, Afecções

    cirúrgicas do esôfago e estômago, Câncer de estômago, Afecções cirúrgicas do Intestino delgado, Afecções

    cirúrgicas do Cólon e reto, Afecções cirúrgicas do fígado e vias biliares, Afecções cirúrgicas do pâncreas,

    Cirurgia Vascular, Distúrbios do sistema linfático, Doenças venosas, Embolia pulmonar, Síndrome da

    embolia gordurosa, Sistema arterial: Aneurismas, Doenças trombo-obliterativas, Cirurgia torácica,

    Broncoscopia, Toracoscopia, Traqueostomia, Afecções da parede tor ácica e “ deformidades congênitas”,

    Afecções das pleuras – empiema, Afecções dos pulmões, bronquiectasia e tumores, Afecções do

    mediastino e tumores, Afecções cirúrgicas do pericárdio, Afecções cirúrgicas do coração, Urologia:

    Anatomia do sistema urinário, Sinais e sintomas das doenças urológicas, Cálculos renais, Tumores renais,

    Doenças do ureter, obstrução e tumores, Nefrostomia, Doenças da Bexiga, fístulas e trauma, Câncer de

    bexiga, Afecções dos sistema genital feminino - anatomia, e anomalias congênitas, Defeitos do suporte

    pélvico, Vagina - infecção e tumores, Vulva – doenças degenerativa e tumores, Doenças uterina, tumor

    benigno e câncer, Ovário: Doenças benignas e câncer ovariano, Abdome agudo na gravidez, Afecções do

    sistema genital masculino, anatomia e anomalia congênita, Infecções e tumores, Vesículas seminais,

    glândula de cowper e epidídimo, Varicocele, hidrocele e linfáticos inguinais, Próstata e anomalia congênita,

    trauma e infecção, Hiperplasia prostáica benigna e tumores, Uretra masculina e anomalia congênita,

    trauma, infecção e tumor, Pênis e anomalia congênita, trauma, infecção e tumores, Doença de Peyronie e

    estados intersexuais, Anestesia, Anestesia e princípios farmacológicos, Anestesia geral, Anestesia regional

    e local, Avaliação pré-cirúrgica, Cuidados pós-Operatórios, Anestesia Cardio-pulmonar, Anestesia para

    Neurocirurgia, Anestesia Pediátrica.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: GOFFI, Fábio Schmidt. Técnica cirúrgica: Bases anatômicas, fisiopatológicas e técnicas de cirurgia.

    4ª ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 2001. SABISTON JR., D. C., TOWNSEND, M. C. Tratado de Cirurgia. 16.ª ed. Rio de Janeiro:

    Guanabara Koogan, 2003.

      10.2 CLÍNICA MÉDICA I

    GASTROENTEROLOGIA: PATOLOGIAS DO ESÔFAGO - Doença do Refluxo Gastro-Esofágico,

    Megaesôfago e Acalásia, PATOLOGIAS DO ESTÔMAGO/DUODENO

    • – Gastrites e Úlcera Péptica

      gastroduodenal, PATOLOGIAS DO INTESTINO DELGADO/ GROSSO - Doença de Crohn, Retocolite

      Ulcerativa, Síndrome do Cólon Irritável e Doenças Anorretais, PATOLOGIAS HEPÁTICAS
    • – Hepatites,

      Cirrose Hepática, Encefalopatia Hepática, Peritonite Bacteriana Espontânea e Hepatopatias Hereditárias/

      Metabólicas, PATOLOGIA DAS VIAS BILIARES - Lítíase Biliar e Colescistite, PATOLOGIAS

      PANCREÁTICAS - Pancreatite Aguda e Pancreatite Crônica, PNEUMOLOGIA : DOENÇA PULMONAR

      OBSTRUTIVA CRÔNICA, ASMA BRÔNQUICA, COR PULMONALE CRÔNICO, HIPERTENSÃO

      PULMONAR, SÍNDROME DO DESCONFORTO RESPIRATÓRIO AGUDO, LESÃO PULMONAR AGUDA e

      

    PNEUMONIAS - Adquirida na Comunidade e Adquirida no Hospital, DERRAMES PLEURAIS, BRONQUITE

    AGUDA, BRONQUIECTASIAS, TUBERCULOSE PULMONAR, CÂNCER DE PLUMÃO. CARDIOLOGIA:

    HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA e SÍNDROMES CORONARIANAS AGUDAS, VALVULOPATIAS,

    ENDOCARDITE

    INFECCIOSA, DISLIPIDEMIA,

      INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA,

    MIOCARDIOPATIAS, TROMBOEMBOLISMO PULMONAR, EDEMA AGUDO DE PULMÃO, ARRITMIAS

    CARDIACAS.

      BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Atualização terapêutica

    • – Prado, Ramos & Valle, 22a ed. Exame Clínico – Guia prático para o

      10.3 GENÉTICA E EVOLUđấO

    NORMAS DE BIOSSEGURANÇA EM LABORATÓRIO, ÁCIDOS NUCLÉICOS, EXPRESSÃO GÊNICA E

    CONTROLE DA EXPRESSấO GÊNICA, REPLICAđấO, TRANSCRIđấO E TRADUđấO, CốDIGO

    GENÉTICO, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DOS CROMOSSOMOS EUCARIốTICOS, MUTAđấO,

    TEOREMA DE HARDY E WEINBERG, FERRAMENTAS DE GENÉTICA MOLECULAR.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: EMBRAPA, Situações de Emergência em um Laboratório de Análises Químicas e Biológicas.

    GRIFFITHS, Antony J.F. / MILLER, Jeffrey H. / SUZUKI, David T. / LEWONTIN, Richard C. / GELBART, William M. / WESSLER, Susan

    R. Introdução À Genética 8° Edição -. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.764. MALACINSKI, G.M. Fundamentos da Biologia

    Molecular. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005. ALBERTS et al. (2002) Molecular Biology of the Cell 4a edição. (A versão

    em português encontra se disponível na biblioteca) THOMPSON & THOMPSON. Genética Médica, 2004, 2008. FUTUYMA, D.J. .

      Biologia Evolutiva – Sociedade Brasileira de Genética, CNPq.1992.

      10.4 GENÉTICA MÉDICA

    NORMAS DE BIOSSEGURANÇA EM LABORATÓRIO, FERRAMENTAS DE GENÉTICA MOLECULAR,

    CITOGENÉTICA MÉDICA, PADRỏES DE HERANđA E GENES ÚNICOS, MUTAđấO E POLIMORFISMO,

    FUNDAMENTOS DAS DOENÇAS MOLECULARES, GENÉTICA DO CÂNCER.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: THOMPSON & THOMPSON. Genética Médica, 2004, 2008. EMBRAPA, Situações de Emergência

    em um Laboratório de Análises Químicas e Biológicas. BORGES-OSÓRIO, M.R. e ROBINSON, W.M. (1993). Genética Humana.

    Editora Artes Médicas, Porto Alegre. GRIFFITHS, ANTOHONY J.F. / MILLER, JEFFREY H. / SUZUKI, DAVID T. / LEWONTIN,

    RICHARD C. / GELBART, WILLIAM M. / WESSLER, SUSAN R. Introdução À Genética 8° Edição -. Rio de Janeiro: Guanabara

    Koogan, 2006.764.

      10.5 HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA

    Elementos de tecidos animais: epiteliais, conjuntivos (cartilagem, osso, mielóide, linfóide e sangue),

    musculares e nervoso. Organização microscópica e histofisiológica de órgãos e sistemas humanos: órgãos

    hemocitopoéticos, sistema circulatório, sistema respiratório, sistema digestivo, sistema urinário, sistema

    endócrino, sistemas genitais masculino e feminino, órgãos dos sentidos, sistema tegumetar.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Ross e Romrell, 1993. Histologia: Texto e Atlas, 2ª edição: Panamericana. Junqueira & Carneiro,

    1990 Histologia Básica, 7ª edição, Guanabara.

      10.6 MICROBIOLOGIA

    FUNDAMENTOS DE MICROBIOLOGIA: Histórico e evolução da Microbiologia, Morfologia e estrutura das

    células procarióticas, Taxonomia microbiana. CITOLOGIA BACTERIANA: Morfologia bacterian.FISIOLOGIA

    BACTERIANA: Reações catabólicas e anabólicas, Vias metabólicas de produção e uso de energia.

    CULTIVO E CRESCIMENTO DE MICRORGANISMOS: Crescimento bacteriano, Esporogênese, Meios de

    Cultura. BACTÉRIAS DE IMPORTÂNCIA MÉDICA: Gram-positivos, Gram-negativos, Agentes

    antibacterianos/Antibiograma. FUNGOS: Morfologia dos fungos, Classificação das micoses, Características

    gerais das micoses superficiais, cutâneas, subcutâneas, Agentes antifúngicos. VÍRUS: Características e

    classificação dos vírus, Replicação viral, Agentes semelhantes a vírus: viróides e príons, Infecções virais,

    Agentes antivirais.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: MICROBIOLOGIA. Gerard J. Tortora, Berdell R. Funke e Christine L. Case. Artmed Porto Alegre.

    2012; MICROBIOLOGIA BÁSICA. Heloiza Ramos Barbosa e Bayardo Baptista. Editora Atheneu.2000; MICROBIOLOGIA 5o Edição.

    Luiz Rachid Trabulsi, Flavio Alterthum, Olga Fischman Gompertz e Jose Alberto Neves Candeias. Atheneu. São Paulo, Rio de Janeiro

    e Belo Horizonte. 2008; MICROBIOLOGIA PRÁTICA. Roteiro e Manual Maria Mali S. R. Soares e Mariangela Cagnoni Ribeiro. Editora

    Atheneu. 2002; ATLAS DE DIAGNÓSTICO EM MICROBIOLOGIA. De la Maza, Pezzlo e Baron. Editora Artmed. 2001;

      10.7 PATOLOGIA GERAL DEGENERAđỏES E ACÚMULOS CELULARES, INFLAMAđấO AGUDA E CRÔNICA, NEOPLASIAS.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Livro de Patologia: Robbins & Cotran: Patologia. Bases Patológicas das Doenças - Kumar, Abbas,

    Fausto e Aster, 8a ed., Elsevier, 2010.

      10.8 SAÚDE DA MULHER II Fisiologia Menstrual, Semiologia Ginecológica, PAISM Ministério da Saúde

    • – Mortalidade Materna, Flora

      Vaginal e Leucorréias, Diagnóstico da Gravidez, Anatomia/Histologia/Embriologia, Modificações do

      Organismo Manterno, Propedêutica Obstétrica, Assistência Pré Natal, Fisiologia do Parto, Mecanismo

      Trabalho de Parto, Assistência ao Parto, DSTs, HPV, Planejamento Familiar, Violência Sexual,

      Rastreamento do Câncer Ginecologia, Drogas na Gestação e Lactação.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Rezende, Obstetrícia. Montenegro e Rezende Filho. 11a edição. Editora Guanabara Koogan, 2010.

    Zugaib, Obstetrícia. Zugaib. 1a edição. Editora Manole, 2007. SOGIMIG. Manual de Ginecologia e Obstetrícia- SOGIMIG. Coopmed. 5°

    edição. 2012. Manuais do Ministério da Saúde, disponíveis: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=152 (área técnica

    da Saúde da M. Bereck e Novak, Tratado de Ginecologia. 14a edição. Editora Guanabara Koogan, 2008.

      10.9 BASES DA CLÍNICA CIRÚRGICA

    Bases fisiopatológicas nos traumas cirúrgicos, Alterações nutricionais, metabolicas e hormonais no pré,

    trans e pos operatorio. Cicatrização e infecção cirúrgica. Avaliação pré anestésica, Anestesia local e

    regional. Cirurgia ambulatorial. Princípios gerais da Técnica Cirúrgica. Instrumentação e material cirúrgico.

    Arquitetura hospitalar.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Goldenberg, S. Bevilacqua, R. G. Bases da Cirurgia. São Paulo: EPU,1984. GOFFI. Técnica

    cirúrgica. São Paulo: Atheneu, 2000. MARQUES, R.G. Técnica Operatória e Cirurgia Experimental. Rio de Janeiro: Guanabara

    Koogan, 2005.

      10.10 BASES DA CLÍNICA MÉDICA

    Dor (Tipo, fisiopatologia e tratamento, revendo separadamente por topografia); Alterações nas funções

    circulatória e respiratória ( revendo anatomia, fisiologia e a fisiopatologia das doenças relacionadas a estas

    alterações); Alterações na função gastrointestinal ( revendo anatomia, fisiologia, fisiopatologia das principais

    doenças relacionadas e enfoque na associação destas patologias a anamnese e exame físico); Alterações

    hematológicas ( revendo anatomia, fisiologia e a fisiopatologia das principais doenças relacionadas e

    enfoque na associação destas patologias a anamnese e exame físico); Disfunção do Sistema Nervoso(

    revendo anatomia, fisiologia e a fisiopatologia das principais doenças relacionadas e enfoque na associação

    destas patologias a anamnese e exame físico); Distúrbio de olhos, orelhas, nariz e garganta( revendo

    anatomia, fisiologia e a fisiopatologia das principais doenças relacionadas e enfoque na associação destas

    patologias a anamnese e exame físico); Alterações cutâneas ( revendo anatomia, fisiologia e a fisiopatologia

    das principais doenças relacionadas e enfoque na associação destas patologias a anamnese e exame

    físico); Alterações da função renal e do trato urinário (revendo anatomia, fisiologia, fisiopatologia das

    principais doenças relacionadas e enfoque na associação destas patologias a anamnese e exame físico); BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Medicina Interna de Harrison- 18ª Ed, 2013; Porto, Celmo Celeno

    • – Semiologia Médica – 7ª Ed, 2013

      10.11 MÉTODOS DE DIAGNÓSTICO LABORATORIAL E IMAGINOLOGIA

    Introdução ao diagnóstico por imagem, Ciclo do exame radiológico, Bases do método radiológico e

    mamográfico, Bases do método ultra-sonográfico e tomográfico, Bases da Ressonância magnética,

    densitometria óssea e medicina nuclear, Estudo por imagem do Sistema músculo-esquelético, Estudo por

    imagem do Tórax e mamas, Estudo por imagem do Sistema nervoso central e região cervical, Estudo por

    imagem do Sistema digestório, Estudo por imagem do Sistema urinário, Estudo por imagem do Sistema

    reprodutor feminino, Estudo por imagem na Obstetrícia.

      

    BIBLIOGRAFIA REMENDADA: Koch HÁ, Ribeiro ECO. Tonomura ET , Radiologia na Formação do médico Geral. Editora

    Revinter,1997. Monnier JP. Manual de diagnóstico radiológico. Editora Massson.1996. Dähnert W .Radiologia

    • – Manual de revisão –

      editora Revinter- 3° ed, 2001. Mckinnis LN. Fundamentos da radiologia ortopédica. Editopra Premier, 2004. Rumack C .Tratado de

      ultra-sonografia diagnóstica. 2 ed. Editora Guanabara Koogan, 1999. Lee J. Tomografia computadorizada do corpo em correlação com

      Ressonância Magnética. Editora Guanabara Koogan. 2001.

      10.12 PATOLOGIA SISTÊMICA

    Base patologica das doenças, Patologia dos vasos, Patologia cardíaca, Patologia do trato gastrointestinal .

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Livro de Patologia: Robbins & Cotran: Patologia. Bases Patológicas das Doenças - Kumar, Abbas,

    Fausto e Aster, 8a ed., Elsevier, 2010.

      10.13 PROCEDIMENTOS BÁSICOS DE ENFERMAGEM

    Biossegurança, riscos ocupacionais e infecção hospitalar. Classificação de artigos e áreas

    hospitalares; Valores normais, identificação de alterações e verificação de sinais vitais – temperatura, pulso,

    incursões respiratórias e pressão arterial; Administração de medicamentos: Posicionamento, volumes e

    vias de administração; Instalação de soro e cálculo do gotejamento. Tratamento de feridas e curativos

    simples e contaminados; Sondagens nasogástrica, nasoentérica e vesical.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: COUTO, Renato Camargos; PEDROSA, Tânia M. Grillo; NOGUEIRA, José Mauro. Infecção

    hospitalar

    • – epidemiologia e controle. 2. ed. Medsi: Porto Alegre, 1999. OHNISHI, Mitsuko et al. Feridas: cuidados e condutas.

      Londrina: Ed. UEL, 2001. SILVA, Maria D’Apparecida Andrade; RODRIGUES, Aparecida Laureci; CESARETTI, Isabel Umbelina

      Ribeiro. Enfermagem na unidade de centro cirúrgico. 2. ed. rev. e ampl. São Paulo: EPU, 1997. SMELTZER, Suzanne C. & BARE,

      Brenda G. Brunner&Suddarth – tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 9. ed. v. 1 e 2. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

      

    SORDI, Mara Regina Lemes; NUNES, Maria Aparecida Gamper. Manual básico de enfermagem. Campisa/SP: Papirus, 1988. STAUT,

    Naíma da Silva et al. Manual de drogas e soluções. 3. ed. São Paulo: EPU, 1986.

      10.14 SAÚDE DA MULHER I

    Amniorrex Prematuro, Trabalho de Parto Prematuro, Apresentações Anômalas, Secundamento normal e

    patológico, Síndromes Hipertensivas da Gravidez I e II, Síndromes Hipertensivas da Gravidez I e II,

    Hemorragia da primeira metade da gravidez(Aborto e Gravidez Ectópica), Hemorragias da Segunda Metade

    da Gestação (DPP, Placenta Prévea), Uroginecologia, Distocias, Parto Cesárea e Fórceps – Introdução do

    trabalho de parto, Dismenorreia, Dor Pélvica Crônica, Endometriose, Climatério, Esterilidade, Doença

    Inflamatória Pélvica, Sexualidade, Sangramento Uterino Anormal, Puberdade.

      

    BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: Rezende, Obstetrícia. Montenegro e Rezende Filho. 11a edição. Editora Guanabara Koogan, 2010.

    Zugaib, Obstetrícia. Zugaib. 1a edição. Editora Manole, 2007. SOGIMIG. Manual de Ginecologia e Obstetrícia- SOGIMIG. Coopmed. 5°

    edição. 2012. Manuais do Ministério da Saúde, disponíveis: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=152 (área técnica

    da Saúde da M. Bereck e Novak, Tratado de Ginecologia. 14a edição. Editora Guanabara Koogan, 2008.

      10.15 ANATOMIA I E ANATOMIA II

    Posição Anatômica, Divisão do Corpo Humano, Planos de Secção, Termos de relação e comparação,

    Termos de movimentos, Anatomia sistêmica (sistema nervoso), Anatomia sistêmica (aparelho locomotor),

    Anatomia sistêmica (sistema vascular), Anatomia da Mama e Parede do Tórax, Pleura e Pulmões,

    Mediastino, Coração, Coluna vertebral, Divisões e Parede Abdominal e Região Inguinal, Peritônio, Omento,

    Mesentérios, Esôfago, Estômago, Intestino Delgado e Cólon, Fígado, Vias biliares, Pâncreas e Baço,

    Retroperitônio, Pelve: Óssea e Neurovascular, Pelve: Vísceras pélvicas, Pescoço / pares cranianos, Boca /

    glândulas salivares, Laringe / faringe, Ouvidos / base de crânio, Face, Cavidade nasal / seios paranasais,

    Ossos dos mmss, Osssos dos mmii, Músculos dos mmss, Músculos dos mmii.

      BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: DANGELO e FATTINI – Anatomia Humana e Segmentar Editora Atheneu, São Paulo, 2.002.

    MOORE, KEITH L.

    • – Anatomia orientada para a clínica. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 2001. WOLF G. – HEIDEGGER - Atlas de Anatomia Humana. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 1974. MACHADO ANGELO
    • – Neuroanatomia Funcional Editora Atheneu, São Paulo, 2002. NETTER, FRANK H. Atlas de Anatomia Humana. Artmed Editora, 1999.

    11. DA SELEđấO

      No exame dos candidatos serão obedecidos os seguintes critérios:

      I. Na prova escrita será avaliado o domínio do conteúdo da(s) disciplina(s) na(s) qual(is) o monitor irá atuar, cabendo a cada examinador atribuir uma nota de zero (0) a cem (100);

      II. Na análise do histórico escolar, serão considerados os requisitos desse edital, cabendo a cada examinador atribuir-lhes uma nota de zero a 100.

      III. A nota final de cada avaliação será a média aritmética simples das notas conferidas pelos examinadores com análise do rendimento escolar;

      IV. Será considerado classificado no processo seletivo para o Programa de Monitoria Acadêmica o candidato que obtiver nota igual ou superior a sessenta (60) em cada uma das avaliações;

    V. No caso de empate, terá preferência aquele que tiver cursado maior número de

      créditos; persistindo o empate, aquele que apresentar maior coeficiente de rendimento;

      VI. A divulgação dos resultados far-se-á após a realização da última avaliação, dando- se conhecimento das notas de cada examinador em cada avaliação e da nota final, com a respectiva classificação, através da ata da seleção.

      Porto Velho, 25 de fevereiro de 2016.

      

    Prof.a Dr.a Ana Lúcia Escobar

      Chefe do Departamento de Medicina

      UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PRố-REITORIA DE GRADUAđấO ACADÊMICA

      PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

    • – NÚCLEO DE SAÚDE NUSAU
    • – DEPARTAMENTO DE MEDICINA DEPMED

      

    ANEXO 1

      REQUERIMENTO DE INSCRIđấO _________________________________________________________ aluno(a) regularmente matriculado(a) no Curso de residente à rua ___________________________________ nº ________, bairro _______________________________________________ telefone ___________, vem requerer inscrição no Processo Seletivo da Monitoria na disciplina _____________________________________ código ___________ , do Departamento de _____________________________, do Campus ___________________________ .

      Declara que a conclusão de seu curso está prevista para o _______________semestre de _______, que não exerce outra atividade remunerada através de bolsa nesta Universidade, e que obteve aprovação na disciplina objeto deste Concurso, responsabilizando-se pelas informações acima.

      Local,_____ de __________ de ______.

      _________________________________ Assinatura do Candidato

Novo documento

Tags

Documento similar

EDITAL INTERNO Nº 0042018 – IFSUL Câmpus Sapucaia do Sul
0
0
5
EDITAL Nº 062018 - DGCF – RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA ESTAGIÁRIOS INTERNOS nº 0012018 – DGCF
0
0
9
EDITAL Nº 052018 - DGCF – RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA ESTAGIÁRIOS INTERNOS nº 0012018 – DGCF
0
0
9
EDITAL Nº 032018 - DGCF – RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA ESTAGIÁRIOS INTERNOS nº 0012018 – DGCF
0
0
9
EDITAL Nº 012018 - DGCF – EDITAL DE ABERTURA DE VAGAS PARA ESTAGIÁRIOS INTERNOS nº 0012018 – DGCF
0
0
9
MONITORIA EM VÍDEO: O USO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM
0
0
10
O PROCESSO DE NEGOCIAÇÃO NO PROGRAMA HABITAR BRASIL BID - SEU SIGNIFICADO PARA OS SUJEITOS DE DIREITOS - OS DESAFIOS PARA O SERVIÇO SOCIAL
1
5
152
5 - DO LOCAL PARA AQUISIÇÃO DE EDITAL
0
0
49
5 - DO LOCAL PARA AQUISIÇÃO DE EDITAL
0
0
47
5 - DO LOCAL PARA AQUISIÇÃO DE EDITAL
0
0
47
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº 0062015-PSE
0
0
15
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº 0122015 - PSE PROCESSO SELETIVO - TURMA 2016
0
0
11
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº 0122017 - PSE PROCESSO SELETIVO - TURMA 2018
0
0
11
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº 0152016 - PSE PROCESSO SELETIVO - TURMA 2017
0
0
11
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº 0162017-PSE
0
0
15
Show more