ANÁLISE DO CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DO SETOR SUCROALCOOLEIRO SOBRE A PRESERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

0
0
96
2 months ago
Preview
Full text

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ecologia

  Orientador: Dr. José Paulo Pietrafesa KAROLINE ANDRADE DE ALENCAR ANÁLISE DO CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DO SETORSUCROALCOOLEIRO SOBRE A PRESERVAđấO DA BIODIVERSIDADE APROVADO EM: ____/____/____Banca Examinadora ________________________________________________Profa.

BIODIVERSIDADE

  Dissertação apresentada ao Programa dePós-Graduação em Ecologia e ProduçãoSustentável da Pontifícia UniversidadeCatólica de Goiás, como requisito para a obtenção do título de Mestre em Ecologia eProdução Sustentável. José Paulo Pietrafesa KAROLINE ANDRADE DE ALENCAR ANÁLISE DO CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DO SETORSUCROALCOOLEIRO SOBRE A PRESERVAđấO DA BIODIVERSIDADE APROVADO EM: ____/____/____Banca Examinadora ________________________________________________Profa.

Centro Universitário de Anápolis –Unievangélica

  (Membro)______________________________________________ Profa. Dra.

DEDICATÓRIA

  Para tanto a pesquisateve como objetivos centrais: caracterizar a expansão do setor sucroalcooleiro noBrasil, no estado de Goiás e na região que atende à Usina Anicuns S/A Álcool eDerivados no município de Anicuns (GO); analisar os impactos na biodiversidade do da região estudada; e identificar e analisar o conhecimento dos trabalhadores sobrea importância de se preservar a biodiversidade. Foi utilizado como método a aplicação de formulários (com os trabalhadores rurais que atende a usina de Álcoolde Anicuns) e entrevista com o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais(STR), o representante do Corpo de Bombeiro Militar do Estado de Goiás, o ex- secretário do Meio Ambiente e o representante da Usina.

Tabela 2. ZAE cana no Brasil – Quadro Resumo Território ou área estimada Milhões (HA) Percentagem em relação ao território nacional

  Durante a fase do Pró-Alcool (1975 a 2000), a cana de açúcar expandiu-se para regiões de pastos e outras culturas nos estados de São Paulo, Goiás, MatoGrosso e na região Sul de Minas Gerais, no entanto naquela época não houve fiscalização e não foi detectada a expansão de cana sobre as áreas com florestas. CAPÍTULO 2 O presente capítulo vislumbra apresentar e discutir a pesquisa de campo(entrevistas e formulários aplicados) com o objetivo de compreender como está o processo de perda de biodiversidade no setor sucroalcooleiro do município estudado(Anicuns – GO), através de relatos feitos pelos entrevistados e pelos cortadores de cana que vivem em contato direto com o canavial.

Quadro 2. Evolução do crescimento populacional urbana e rural do municipio de Anicuns-Go de 2000 a 2009

  A distância de Americano do Brasil até a Usina é de 23Km, de Itaberaí é de 53,4 Km, Mossâmedes é de 47,2 Km, Nazário de 16,5 Km,Palmeiras de Goiás de 37 Km, Palminópolis de 42,8 Km, Sanclerlândia de 46,4 Km, Nos períodos das safras de 2007 a 2010 a usina apresentou a seguinte produtividade: Quadro 5. Todos os trabalhadores (100%) responderam que na região do município deAnicuns, aumentou a quantidade de fazendas para a produção da cana de açúcar, porém, 70% dizem que o cultivo da cana, não destruiu a mata nativa (o Cerrado)para a implantação de mais áreas de canaviais, e afirmaram que a cana substitui as áreas que antes eram pastagem.

ANEXOS Anexo 1 – Formulário para preenchimento com os canavieiros de Anicuns (GO)

  Qual a sua Idade?( ) Menos de 18 anos( ) Entre 18 e 25 anos( ) Entre 25 a 30 anos( ) Entre 30 a 40 anos( ) Mais de 40 anos 2. Você acredita que a região aumentou a quantidade de fazendas para a produção de cana?( ) sim ( ) Não 23.

RECENT ACTIVITIES

Tags

Documento similar

IMPORTÂNCIA DOS REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS NA PRESERVAÇÃO INTELECTUAL: EM FOCO A GESTÃO DO CONHECIMENTO
0
0
17
A GESTÃO DO CONHECIMENTO APLICADA AO SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
0
0
22
A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO SOBRE COMPARTILHAMENTO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO
0
0
12
ANÁLISE DO CONHECIMENTO TEÓRICO- METODOLÓGICO DA PRESERVAÇÃO DIGITAL SOB A ÓTICA DA OAIS, SAAI, ISO 14721 E NBR 15472
0
0
9
2 SOBRE ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO
0
0
7
A POLISSEMIA DA NOÇÃO DE COMPETÊNCIA: UMA ANÁLISE DO CONTEÚDO DO DISCURSO DO SETOR
0
0
143
UMA ANÁLISE DOS CLUBES DE CONVERGÊNCIA DO SETOR ELÉTRICO BRASILEIRO
0
0
33
ANÁLISE DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO E DA INFORMAÇÃO APLICADAS A UM PROCESSO DO SETOR DE PERDAS DA DISTRIBUIDORA ENERGIA CEARENSE
0
0
67
ANÁLISE SOBRE A FORMAÇÃO INICIAL DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DA MICRORREGIÃO VALE DO GURGUÉIA — PIAUI
0
0
8
UMA ANÁLISE SOBRE A ESTRUTURA, CONDUTA E DESEMPENHO DO SETOR DE SUPERMERCADOS DO BRASIL
0
0
107
ANÁLISE DA GESTÃO DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS EM EMPRESAS FORNECEDORAS DE BENS DE CAPITAL PARA O SETOR SUCROALCOOLEIRO
0
0
247
ANÁLISE DOS ASPECTOS AMBIENTAIS E ENERGÉTICOS DO SETOR SUCROALCOOLEIRO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
0
0
218
O IMPACTO DO PROCESSO DE REABILITAÇÃO PROFISSIONAL NA VIDA DOS TRABALHADORES DO SETOR ELÉTRICO DE FLORIANÓPOLIS E A AÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL
0
0
112
A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM DOENÇAS NEGLIGENCIADAS NO BRASIL: UMA ANÁLISE BIOÉTICA DOS DISPOSITIVOS NORMATIVOS E DA ATUAÇÃO DOS PESQUISADORES BRASILEIROS
0
0
169
GESTÃO DA MANUTENÇÃO EM UMA PLANTA DE COGERAÇÃO DO SETOR SUCROALCOOLEIRO
0
0
75
Show more