DETECÇÃO DE PARVOVÍRUS SUÍNO EM MATERIAL PROVENIENTE DE PORCAS COM PATOLOGIAS REPRODUTIVAS

0
0
101
2 months ago
Preview
Full text

CAMILA SÁ ROCHA

  Neste mesmo ano, o Estado de Santa Catarina colaborou com a produção de 7.199.541 milhões de suínos, contando com um plantel de431.962 matrizes suínas, produzindo mais de 3.140.000 milhões de toneladas de carne no ano (ACRISMAT, 2009) Contudo, o Brasil é hoje o quarto maiorprodutor e também o quarto maior exportador mundial de carne suína. A reação de PCR utilizando o par de primer “440 pb”, foi padronizada para um volume de 25 µL contendo 109,4 ng de DNA (1,5 µL); 0,5 µL de cada primer (forward e reverse) com concentração 10 pmol; 1,0 µL de dNTP 100 mM; 1,5 µL de Magnésio 50 mM, 2,5 µL de Buffer 10x, 17,35 µL de água ultrapura e 0,15 µL de Taq DNA polimerase.

DH5α). Próximo a chama do bico de Bunsen, foram preparadas duas placas para cada transformação, colocando

  A reação, para a PCR utilizando o par de primer “275 pb”, foi padronizada para um volume de 25 µL contendo 109,4 ng de DNA (1,5 µL); 0,5 ˚C por 5 minutos, 35 ciclos com desnaturação a 95˚C por 45 segundos; anelamento dos primers a 65˚C por 60 segundos, extensão a 72˚C por 60 segundos, seguidos por extensão final por 10 minutos a 72 ˚C (Figura 18). A reação de PCR utilizando o par de primer “440 pb”, foi padronizada para um volume de 25 µL contendo 109,4 ng de DNA (1,5 µL); 0,5 µL de cada primer (forward e reverse) com concentração 10 pmol; 1,0 µL de dNTP 100 mM; 1,5 µL de Magnésio 50 mM, 2,5 µL de Buffer 10x, 17,35 µL de água ultrapura e 0,15 µL de Taq DNA polimerase.

RECENT ACTIVITIES

Tags

Documento similar

TESTE DE DETECÇÃO DE INTERVALOS ALEATÓRIOS DE SILÊNCIO EM TOM PURO EM CRIANÇAS COM HISTÓRIA DE OTITE MÉDIA RECORRENTE
0
0
71
DESENVOLVIMENTO DE BIOSSENSOR BASEADO EM MICROCANTILEVER FUNCIONALIZADO COM BIOMOLÉCULAS PARA A DETECÇÃO DE ALCOOIS DE CADEIA CURTA
0
0
141
DETECÇÃO DE OUTLIERS MULTIVARIADOS EM REDES DE SENSORES
0
0
73
DETECÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE PARVOVÍRUS EM AMOSTRAS FECAIS DE PRIMATAS NÃO HUMANOS EM CATIVEIRO Mariana da Conceição Carrusca
0
0
132
DETECÇÃO DE DANOS CAUSADOS POR BESOURO EM FLORESTAS COM PROCESSAMENTO DE IMAGENS DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE RAIOS X
0
0
6
PROPRIEDADES DO CARVÃO VEGETAL PRODUZIDO COM MADEIRA DE REAÇÃO PROVENIENTE DE ÁRVORES INCLINADAS POR VENTOS
0
0
8
UTILIZAÇÃO DA TRANSFORMADA DE WAVELET PARA DETECÇÃO DE VARIAÇÕES ANORMAIS DE TENSÃO EM SISTEMAS ELÉTRICOS COM GERAÇÃO DISTRIBUÍDA
0
0
178
ELETRODO MODIFICADO COM HEXACIANOFERRATO DE ÓXIDO DE RUTÊNIO PARAA DETECÇÃO SELETIVA DE SULFITO”
0
0
93
UNIVERSIDADE FERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA DETECÇÃO MOLECULAR DO HERPESVÍRUS CANINO TIPO-1 EM CADELAS COM HISTÓRICO DE DESORDENS REPRODUTIVAS NO SUDESTE
0
0
44
DESENVOLVIMENTO E CARACTERIZAÇÃO DE UM NOVO MATERIAL POLIMÉRICO PARA APLICAÇÃO EM BIOSSENSOR ELETROQUÍMICO NA DETECÇÃO DE DERIVADOS FENÓLICOS
0
0
147
DESENVOLVIMENTO DE METODOLOGIAS DE ANÁLISES EM FLUXO COM DETECÇÃO AMPEROMÉTRICA DE MÚLTIPLOS PULSOS
0
0
126
O GENE DA SÍNDROME DO ESTRESSE SUÍNO E SUA RELAÇÃO COM CARACTERÍSTICAS DE IMPORTÂNCIA ECONÔMICA EM SUÍNOS
0
0
71
DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE SISTEMAS DE FLUXO CONTÍNUO DE ALTA SENSIBILIDADE COM DETECÇÃO POTENCIOMÉTRICA
0
0
298
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PATOLOGIAS EM OBRAS PÚBLICAS EM SISTEMA CONSTRUTIVO DRYWALL
0
0
81
ESTUDO DA PATOGENICIDADE E INVESTIGAÇÃO DE CO- INFECÇÃO POR CIRCOVIRUS SUÍNO E TORQUE TENO VÍRUS SUÍNO EM MATERIAL PROVENIENTE DE PORCAS COM PATOLOGIAS REPRODUTIVAS
0
0
76
Show more