LISTA DE EXERCÍCIOS - 3º ANO - CADERNO 1.doc

Full text

(1)

LISTA DE EXERCÍCIOS - 3º ANO CADERNO 1

01) (FUVEST) Os pontos A, B, C e D representam pontos médios dos lados de uma mesa quadrada de bilhar. Uma bola é lançada a partir de A, atingindo os pontos B, C e D, sucessivamente, e retornando a A, sempre com velocidade de módulo constante v1.

Num outro ensaio a bola é lançada de A para C e retorna a A, com velocidade de módulo constante v2‚ e levando o mesmo tempo que o do lançamento

anterior.Podemos afirmar que a relação v1/v2‚ vale:

a) ½ b) 1 c) √2 d) 2 e) 2√2

RESPOSTA: C

02) (FUVEST) Um veículo movimenta-se numa pista retilínea de 9,0 km de extensão. A velocidade máxima que ele pode desenvolver no primeiro terço do comprimento da pista é 15 m/s, e nos dois terços seguintes é de 20 m/s. O veículo percorreu esta pista no menor tempo possível. Pede-se:

a) a velocidade média desenvolvida; b) o gráfico v x t deste movimento.

RESPOSTA: a) 18 m/s b)

03) (FUVEST) Tem-se uma fonte sonora no vértice A de uma pista triangular

eqüilátera e horizontal, de 340 m de lado. A fonte emite um sinal que após ser refletido sucessivamente em B e C retorna ao ponto A. No mesmo instante em que a fonte é acionada um corredor parte do ponto X, situado entre C e A, em direção a A, com velocidade constante de 10 m/s. Se o corredor e o sinal refletido atingem A no mesmo instante, a distância AX é de:

a) 10 m b) 20 m c) 30 m d) 340 m e) 1020 m

(2)

04) (PUCSP) Duas bolas de dimensões desprezíveis se aproximam uma da outra, executando movimentos retilíneos e uniformes (veja a figura). Sabendo-se que as bolas possuem velocidades de 2 m/s e 3 m/s e que, no instante t = 0, a distância entre elas é de 15 m, podemos afirmar que o instante da colisão é

a) 1 s b) 2 s c) 3 s d) 4 s e) 5 s

RESPOSTA: C

05) (CESGRANRIO) Um trem sai da estação de uma cidade, em percurso retilíneo, com velocidade constante de 50 km/h. Quanto tempo depois de sua partida deverá sair, da mesma estação, um segundo trem com velocidade constante de 75 km/h para alcançá-lo a 120 km da cidade?

a) 24 min; b) 48 min; c) 96 min; d) 144 min; e) 288 min.

RESPOSTA: B

06) (FEI) Um carro faz uma viagem de 200km a uma velocidade média de 40km/h. Um segundo carro, partindo 1 hora mais tarde, chega ao ponto de destino no mesmo instante que o primeiro. Qual é a velocidade média do segundo carro?

a) 45 km/h b) 50 km/h c) 55 km/h d) 60 km/h e) 80 km/h

RESPOSTA: B

07) (UDESC) Durante um teste de treinamento da Marinha, um projétil é disparado de um canhão com velocidade constante de 275,0 m/s em direção ao centro de um navio. O navio move-se com velocidade constante de 12,0 m/s em direção perpendicular à trajetória do projétil. Se o impacto do projétil no navio ocorre a 21,6 m do seu centro, a distância (em metros) entre o canhão e o navio é:

a) 516,6 b) 673,4 c) 495,0 d) 322,2 e) 245,0

(3)

08) (ITA) O verão de 1994 foi particularmente quente nos Estados Unidos da América. A diferença entre a máxima temperatura do verão e a mínima no inverno anterior foi de 60 °C. Qual o valor dessa diferença na escala Fahrenheit?

a) 108 °F b) 60 °F c) 140 °F d) 33 °F e) 92 °F

RESPOSTA: A

09) (UEL) Uma escala de temperatura arbitrária X está relacionada com a escala Celsius, conforme o gráfico a seguir.

As temperaturas de fusão do gelo e ebulição da água, sob pressão normal, na escala X são, respectivamente,

a) - 60 e 250 b) -100 e 200 c) -150 e 350 d) -160 e 400

e) - 200 e 300

RESPOSTA: C

10) (CESGRANRIO) Com o objetivo de recalibrar um velho termômetro com a escala totalmente apagada, um estudante o coloca em equilíbrio térmico, primeiro, com gelo fundente e, depois, com água em ebulição sob pressão atmosférica normal. Em cada caso, ele anota a altura atingida pela coluna de mercúrio: 10,0 cm e 30,0 cm, respectivamente, medida sempre a partir do centro do bulbo. A seguir, ele espera que o termômetro entre em equilíbrio térmico com o laboratório e verifica que, nesta

situação, a altura da coluna de mercúrio é de 18,0 cm. Qual a temperatura do laboratório na escala Celsius deste termômetro?

a) 20 °C b) 30 °C c) 40 °C d) 50 °C e) 60 °C

(4)

11) (FUVEST) Um atleta envolve sua perna com uma bolsa de água quente, contendo 600 g de água à temperatura inicial de 90 °C. Após 4 horas ele observa que a

temperatura da água é de 42 °C. A perda média de energia da água por unidade de tempo é:

Dado: c = 1,0 cal/g. °C

a) 2,0 cal/s b) 18 cal/s c) 120 cal/s d) 8,4 cal/s e) 1,0 cal/s

RESPOSTA: A

12) (FUVEST) Adote: calor específico da água: 1,0 cal/g.°C

Um bloco de massa 2,0 kg, ao receber toda energia térmica liberada por 1000 gramas de água que diminuem a sua temperatura de 1 °C, sofre um acréscimo de temperatura de 10 °C. O calor específico do bloco, em cal/g.°C, é:

a) 0,2 b) 0,1 c) 0,15 d) 0,05 e) 0,01

RESPOSTA: D

13)(UNESP) Sob pressão constante, eleva-se a temperatura de certa massa de gelo, inicialmente a 253 K, por meio de transferência de calor a taxa constante, até que se obtenha água a 293 K.

A partir do gráfico responda:

a) Qual é o maior calor específico? É o do gelo ou da água? Justifique.

b) Por que a temperatura permanece constante em 273 K, durante parte do tempo?

(Descarte a hipótese de perda de calor para o ambiente).

RESPOSTA:

a) Da água, pois a variação de temperatura é inversamente proporcional ao calor específico sensível.

(5)

14)(PUCCAMP) Um calorímetro de capacidade térmica 50 cal/°C contém 520 g de gelo a 0 °C. Injeta-se no calorímetro vapor de água a 120 °C, na quantidade necessária e suficiente para fundir totalmente o gelo. A massa de água, em gramas, que se forma no interior do calorímetro vale

Dados:

calor específico da água = 1,0 cal/g°C calor específico do vapor = 0,50 cal/g°C

calor latente de fusão do gelo = 80 cal/g

calor latente de vaporização da água = 540 cal/g

a) 520 b) 584 c) 589 d) 620 e) 700

RESPOSTA: B

15) (FAAP) As garrafas térmicas são frascos de paredes duplas, entre as quais é feito o vácuo. As faces destas paredes que estão frente a frente são espelhadas.

O vácuo entre as duas paredes tem a função de evitar:

a) somente a condução b) somente a irradiação c) a condução e a convecção

d) somente a convecção e) a condução e a irradiação

RESPOSTA: C

16) (PUCMG) Assinale a opção INCORRETA:

a) A transferência de calor por condução só ocorre nos sólidos.

b) A energia gerada no Sol alcança a Terra por radiação.

c) Na transferência de calor por convecção, ocorre transporte de matéria.

d) A transferência de calor por convecção ocorre nos gases e líquidos.

e) Uma barra de alumínio conduz melhor o calor do que uma barra de madeira.

(6)

17) (UNESP) Suponha que num experimento de eletrólise, representado pela figura a seguir, 3 coulombs de carga positiva e 3 coulombs de carga negativa atravessem o plano PP' durante 1 segundo.

A corrente em ampéres indicada pelo amperímetro A será:

a) 0. b) 1. c) 2. d) 3. e) 6.

RESPOSTE: E

18) (UNESP) Mediante estímulo, 2 × 105 íons de K+ atravessam a membrana de uma

célula nervosa em 1,0 mili-segundo. Calcule a intensidade dessa corrente elétrica, sabendo-se que a carga elementar é 1,6 × 10-19 C.

RESPOSTA: i = 3,2 × 10-11 A

19) (UNESP) O gráfico a seguir representa a corrente I que atravessa um resistor de resistência R quando é alimentado por pilhas ligadas em série.

Se a f.e.m de cada pilha (com resistência interna desprezível) é 1,5volts, qual é o valor da resistência R?

(7)

20) (UNESP) Os gráficos na figura a seguir mostram o comportamento da corrente em dois resistores, R1 e R2, em função da tensão aplicada.

a) Considere uma associação em série desses dois resistores, ligada a uma bateria. Se a tensão no resistor R1 for igual a 4 V, qual será o valor da tensão de R2 ?

b) Considere, agora, uma associação em paralelo desses dois resistores, ligada a uma bateria. Se a corrente que passa pelo resistor R1 for igual a 0,30 A, qual será o valor da

corrente por R2 ?

RESPOSTA: a) 8 V b) 0,15 A

21) (UFRS) Quando uma diferença de potencial é aplicada aos extremos de um fio metálico, de forma cilíndrica, uma corrente elétrica "i" percorre esse fio. A mesma diferença de potencial é aplicada aos extremos de outro fio, do mesmo material, com o mesmo comprimento mas com o dobro do diâmetro. Supondo os dois fios à mesma temperatura, qual será a corrente elétrica no segundo fio?

a) i b) 2 i c) i / 2 d) 4 i e) i / 4

RESPOSTA: D

22) ( UFPE) Um fio de diâmetro igual a 2mm é usado para a construção de um equipamento médico. O comprimento da diferença de potencial nas extremidades do fio em função da corrente é indicado na figura a seguir. Qual o valor em Ohms da resistência de um outro fio, do mesmo material que o primeiro, de igual comprimento e com o diâmetro duas vezes maior?

(8)

23) (UNESP) Três resistores de 40 ohms cada um são ligados a uma bateria de f.e.m. (E) e resistência interna desprezível, como mostra a figura.

Quando a chave "C" está aberta, a corrente que passa pela bateria é 0,15A.

a) Qual é o valor da f.e.m. (E)?

b) Que corrente passará pela bateria, quando a chave "C" for fechada?

RESPOSTA: a) 12 V b) 0,20 A

24) No circuito esquematizado, onde i = 0,6 A, a força eletromotriz E vale

a) 48 V b) 36 V c) 24 V d) 12 V e) 60 V

Figure

Updating...

References

Updating...

Download now (8 página)