3. (Enem PPL 2013) A mosca Drosophila, conhecida como mosca-das-frutas, é bastante estudada no meio acadêmico pelos geneticistas. Dois caracteres estão entre os mais estudados: tamanho da asa e cor do corpo, cada um condicionado por gene autossômico. Em s

Livre

2
314
5
1 year ago
Preview
Full text

  EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA Ố 2ở LEI DE MENDEL E INTERAđỏES GÊNICAS

  Assinale a alternativa correta a respeito do heredograma acima.

  lisas;

  300 com pétalas vermelhas e folhas

  rugosas;

  300 com pétalas brancas e folhas

  lisas; e 100 com pétalas brancas e folhas rugosas (

  F2)

  a) Qual é o padrão de herança da cor vermelha da pétala? E qual é o padrão de herança do fenótipo rugoso das fo l h a s ? Justifique.

  b) Qual é a proporção do genótipo duplo-heterozigoto (genótipo heterozigoto para os dois locos gênicos) em F2? Justifique.

  7

  . (Mackenzie 2010)

  a) O indivíduo 1 pode ser homozigoto para o albinismo.

  lisas (

  b) O casal 1X2 tem 50% de probabilidade de ter uma criança destra e normal para o albinismo.

  c) Um dos pais do indivíduo 4 é obrigatoriamente canhoto.

  d) Todos os filhos do casal 6X7 serão albinos.

  e) Os indivíduos 1 e 8 têm obrigatoriamente o mesmo genótipo.

  8

  . (Unicamp 2010) Nos cães labradores, apenas dois genes

  autossômicos condicionam as cores preta, chocolate e dourada da pelagem. A produção do pigmento da cor preta é determinada pelo alelo dominante

  B e a do pigmento

  chocolate, pelo alelo recessivo

  b. O gene E também interfere

  F1) F1 x F1 900 plantas com pétalas vermelhas e folhas

  Cruzamento Descendentes P1 x P2 900 plantas com pétalas vermelhas e folhas

  1

  a) 288 b) 162 c) 108 d) 72 e) 54 4 . (Ufsc 2014) Em uma espécie de mamífero existe um par de genes situados em cromossomos autossômicos não homólogos; cada um dos genes possui dois alelos com relação de dominância entre si. Foi cruzado um indivíduo duplo homozigoto dominante com um duplo homozigoto recessivo, obtendo-se a geração F1. Esta foi entrecruzada e obtiveram -se 352 descendentes. Qual o número esperado destes descendentes que serão machos com o mesmo fenótipo de seus pais.

  . (Fuvest 2012) Em tomates, a característica planta alta é

  dominante em relação à característica planta anã e a cor vermelha do fruto é dominante em relação à cor amarela. Um agricultor cruzou duas linhagens puras: planta alta/fruto vermelho x planta anã/fruto amarelo. Interessado em obter uma linhagem de plantas anãs com frutos vermelhos, deixou que os descendentes dessas plantas cruzassem entre si, obtendo 320 novas plantas. O número esperado de plantas com o fe n ó ti p o desejado pelo agricultor e as plantas que ele deve util i za r n o s próximos cruzamentos, para que os descendentes apresentem sempre as características desejadas (plantas anãs com fru to s vermelhos), estão corretamente indicados em:

  a) 16; plantas homozigóticas em relação às duas características.

  b) 48; plantas homozigóticas em relação às duas características.

  c) 48; plantas heterozigóticas em relação às duas características.

  d) 60; plantas heterozigóticas em relação às duas características.

  e) 60; plantas homozigóticas em relação às duas características.

  2

  . (Mackenzie 2011) A fibrose cística e a miopia são causadas

  por genes autossômicos recessivos. Uma mulher míope e normal para fibrose cística casa-se com um homem normal para ambas as características, filho de pai míope. A primeira criança nascida foi uma menina de visão normal, mas com fibrose. A probabilidade de o casal ter outra menina normal para ambas as características é de a) 3/8. b) 1/4. c) 3/16. d) 3/4. e) 1/8. 3 . (Enem PPL 2013) A mosca Drosophila, conhecida como mosca-das-frutas, é bastante estudada no meio acadêmico pelos geneticistas. Dois caracteres estão entre os mais estudados: tamanho da asa e cor do corpo, cada um condicionado por gene autossômico. Em se tratando do tamanho da asa, a característica asa vestigial é recessiva e a característica asa longa, dominante. Em relação à cor do indivíduo, a coloração cinza é recessiva e a cor preta, dominante. Em um experimento, foi realizado um cruzamento entre indivíduos heterozigotos para os dois caracteres, do qu a l foram geradas 288 moscas. Dessas, qual é a quantidade esperada de moscas que apresentam o mesmo fe n ó ti p o d o s indivíduos parentais?

  5

  Cruzando as plantas de F1, foi obtida a geração F2, cujas frequências fenotípicas são apresentadas no quadro a seguir.

  . (Ufu 2009) Interações gênicas ocorrem quando dois ou mais pares de genes atuam sobre a mesma característica.

  Entre as diversas raças de galinhas, é possível encontrar quatro tipos de cristas: 1. crista noz: é resultado da presença de, no mínimo, dois genes dominantes R e E. 2. crista rosa: é produzida pela interação de, no mínimo, u m R dominante com dois genes e recessivos. 3. crista ervilha: ocorre devido à interação de dois genes r recessivos com, no mínimo, um E dominante. 4. crista simples: ocorre quando o genótipo é birrecessivo,

  rree .

  De acordo com essas informações, faça o que se pede.

  a) A partir do cruzamento de indivíduos de crista noz, ambos duplos heterozigotos, qual é a probabilidade de originar aves de crista rosa?

  b) Determine a proporção genotípica e fenotípica do cruzamento entre as aves com o genótipo RRee x RrEe.

  6

  . (Unicamp 2013) Para determinada espécie de planta, a cor

  das pétalas e a textura das folhas são duas características monogênicas de grande interesse econômico, já que as plantas com pétalas vermelhas e folhas rugosas ati n g e m a l to valor comercial. Para evitar o surgimento de plantas com fenótipos indesejados nas plantações mantidas para fins comerciais, é importante que os padrões de herança dos fenótipos de interesse sejam conhecidos. A simples análise das frequências fenotípicas obtidas em cruzamentos controlados pode revelar tais padrões de herança. No caso e m questão, do cruzamento de duas linhagens puras (homozigotas), uma composta por plantas de pétalas vermelhas e folhas lisas (

  P1) e outra, por plantas de pétalas brancas e folhas rugosas ( P2), foram obtidas 900 plantas.

  na cor do animal, já que controla a deposição de pigme n to n a pelagem. A cor dourada é determinada pelo genótipo ee. Uma fêmea dourada cruzou com um macho chocolate e teve filhotes com pelagem preta e filhotes com pelagem choco l a te , na mesma proporção. Quando essa mesma fêmea dourada cruzou com um macho preto, nasceram oito filhotes sendo u m chocolate, três pretos e quatro dourados. c) A que tipo de herança se refere a característica cor de pele ? Justifique.

  b) Se um dos des cendentes mulatos intermediários se casar com uma mulher branca albina, qual será a proporção esperada de filhos albinos?

  determinada espécie vegetal varia de 150g a 300g. Do cruzamento entre linhagens homozigóticas que produzem frutos de 150g, com linhagens homozigóticas que produzem frutos de 300g, obteve-se uma geração F

  d) é definida por mais de um gene.

  e) é definida por um gene com vários alelos.

  14

  . (Fgv 2012) Um criador de cães labradores cruzou machos

  pretos com fêmeas de mesma cor e obteve filhotes pretos, chocolate (marrons) e dourados (amarelos). Trata-se de um caso de epistasia recessiva associada ao alelo e, que impede a deposição de pigmento no pelo, condicionando pe lagem dourada. O alelo E permite a pigmentação. A coloração preta é condicionada pelo alelo dominante B, e a chocolate, pelo seu alelo recessivo b . A proporção fenotípica esperada para cães pretos, chocolate e dourados, respectivamente, no cruzamento entre um macho preto, EeBb , e uma fêma dourada, eeBb , é

  a) 3 : 1 : 4 b) 9 : 3 : 4 c) 3 : 4 : 1 d) 9 : 4 : 3 e) 4 : 1 : 3

  15

  . (Ufu 2005) O peso dos frutos (fenótipos) de uma

  1 que, autofecundada, originou 7 fenótipos diferentes.

  b) não é herdada e, sim, ambiental.

  Sabendo-se que o peso do fruto é um caso de herança quantitativa, reponda: a) quantos pares de genes estão envolvidos na determ i na çã o do peso dos frutos desta espécie vegetal? b) qual é o efeito aditivo de cada gene?

  c) de acordo com o triângulo de Pascal, qual é a proporçã o d e cada classe fenotípica obtida em F

  2 ?

  16

  . (Unicamp 2006) No ser humano, a ausência de pigm ento

  (albinismo: dd) e a cor da pele (cor branca: aabb; cor negra: AABB) são características autossômicas. Do casamento e n tre um homem e uma mulher negros, nasceu um men i no a l b i n o.

  Do casamento desse rapaz com uma mulher branca, nasceram dois filhos mulatos intermediários e uma filha albina. Com base nesses dados: a) Indique os genótipos de todas as pessoas citadas n o te xto .

  (Use as notações indicadas no texto para identificar os alelos.)

  c) apresenta herança mitocondrial.

  62 Total 1000 Os pesquisadores chegaram à conclusão, a partir da observação da prole, que a altura nessa planta é uma característica que a) não segue as leis de Mendel.

  a) Qual o genótipo da fêmea mãe? Identifique e explique o ti p o de interação gênica observada entre os genes envolvidos.

  63 0,9 245 0,8 375 0,7 255 0,6

  1,0

  Altura da planta (em metros) Proporção da prole

  Gregor Mendel, vários experimentos buscaram testar a universalidade de suas leis. Suponha um desses experimentos, realizado em um mesmo ambiente, em que uma planta de linhagem pura com baixa estatura (0,6 m) foi cruzada com uma planta de linhagem pura de alta estatura (1,0 m). Na prole (F1 ) todas as plantas apresentaram estatura de 0,8 m. Porém, na F2 (F1 x F1) os pesquisadores encontraram os dados a seguir.

  . (Enem PPL 2012) Após a redescoberta do trabalho de

  13

  b) Quais são os genótipos do cão preto (pai) e do seu filhote chocolate? Mostrar como chegou à resposta. 9 . (Ufpb 2012) O aumento da população mundial tem provocado a busca por uma maior produção de alimentos. Dentre as estratégias utilizadas para aumentar a oferta de alimentos, o melhoramento animal, através de cruzamento direcionado, possibilita um ganho de produtividade nas gerações seguintes. Um pequeno pecuarista, de pos se desses conhecimentos, para melhorar seu rebanho com relação à produtividade de leite e ao aumento de porte físico dos animais, selecionou uma vaca de seu rebanho, que tinha po rte médio e produzia 15 litros de leite por dia, e cruzou com um touro de genótipo aaBb. Sabe-se que:

  • Cada alelo B contribui com 10 litros de leite por dia e cada alelo b com 5 litros;
  • O genótipo aa define grande porte; Aa médio porte e AA, pequeno porte. De acordo com essas informações, julgue os itens a seguir relativos aos possíveis resultados desses cruzamentos: ( ) A probabilidade de nascerem indivíduos com porte maior e mais produtivos que a mãe é admissível

  . (Ufg 2014) Em uma dada espécie de abóbora, a interação

  12

  de dois pares de genes condiciona a variação fenotípica dos frutos. Frutos na forma discoide são resultantes da presença de dois genes dominantes. A forma esférica deve -se à presença de apenas um dos dois genes dominantes. Já a forma alongada é determinada pela interação dos d o i s g e n es recessivos. De acordo com as informações, o cruzamento entre uma abóbora esférica duplo homozigota com uma abóbora alongada resulta, na linhagem F1, em uma proporçã o fenotípica de: a) 6/16 alongada. b) 8/16 esférica. c) 9/16 discoide.

  para os dois genes entre si, a probabilidade de obtermo s u m a planta branca é de a) 3/16 b) 4/16 c) 7/16 d) 9/16 e) 12/16 11 . (Uftm 2012) Cães labradores podem apresentar pelagem chocolate, dourada e preta. Essas cores de pelagem são condicionadas por dois pares de alelos. O alelo dominante B determina a produção de pigmento preto e o alelo rece s s i vo b determina a produção de pigmento chocolate. Outro gene, I, determina a deposição de pigmento, enquanto o seu alelo recessivo i atua como epistático sobre os genes B e b, determinando a pelagem dourada. Uma fêmea chocolate foi cruzada com um macho dourado e tiveram três filhotes, u m d e cada cor, como os da foto. O genótipo do macho dourado e o do filhote preto são, respectivamente, a) Bbii e BbIi. b) bbii e BBIi. c) Bbii e BbII.

   cor creme. Cruzando-se plantas heterozigotas

  recessivo, a

   deposição de pigmento. O alelo

  ser brancas, vermelhas ou creme. A cor branca (ausência de deposição de pigmento) é condicionada por alelo recessivo (aa). O alelo A determina a

  . (Ufrgs 2011) As flores de uma determinada planta podem

  10

  ( ) A probabilidade de ocorrer diminuição na produção de leite da prole resultante do cruzamento é de pelo meno s 50%. ( ) A probabilidade de nascerem indivíduos de pequeno porte é de 50%. ( ) A probabilidade de nascer um indivíduo de fenótipo igu a l ao da mãe é de 25%. ( ) A probabilidade de nascerem indivíduos com fenótipo inferior ao da mãe é de 25%.

  d) 16/16 alongada. e) 16/16 esférica.

  d) bbii e bbIi. e) bbii e BbIi.

  GABARITO DE BIOLOGIA

Ố 2ở LEI DE MENDEL E INTERAđỏES GÊNICAS

  1

  a) A fêmea mãe tem o genótipo Bbee. Interação gênica é quando um ou mais genes, localizados ou não no mesmo cromossomo, agem conjuntamente na determinação de uma característica. A interação gênica observada entre os genes envolvidos na determinação da cor da pelagem de labradores é denominada epistasia. Nesse tipo de interação, o gene “e” impede a expressão dos alelos de outro par, ou seja, impede a deposição de pigmento na pelagem, fazendo com que o animal adquira uma coloração dourada. Como esse gene atua apenas se estiver em dose dupla (ee), trata-se de um caso de epistasia recessiva.

  Resposta da questão 8:

  Resposta da questão 7: [D] O heredograma mostra que os indivíduos 6 e 7 são albinos, portanto, deverão ter obrigatoriamente filhos albinos.

  4    .

  2

  2

  1 25%

  1

  b) Alelos: B (vermelha) e b (branca); R (lisa) e r (rugosa) F1: BbRr x BbRr F2: P(BbRr)=

  Resposta da questão 9: V - F - F - V - F.

  a) A cor da flor é determinada por um alelo dominante por ocorrer em todos os descendentes da F1. O fenótipo rugoso é determinado por alelo recessivo, uma vez que não ocorre na F1.

  Resposta da questão 6:

  RE Re rE re Re RREe RRee RrEe Rree Proporção genotípica: 1: 1: 1: 1. Proporção fenotípica: 1 noz: 1 rosa.

  16  b) Pais: RRee x RrEe Filhos:

  3 P(R _ ee)

  16

  16

  16

  b) O cão preto (pai) tem o genótipo BbEe e o seu filhote chocolate tem o genótipo bbEe. Como o pai é preto, deve ter pelo menos um gene dominante de cada lócus (B_E_). Tendo um filho chocolate (bbE_), obrigatoriamente deve ter um gene recessivo b (BbE_). Como teve também quatro filhotes dourados (_ _ee), também deve ter obrigatoriamente um gene recessivo e, sendo seu genótipo, então, BbEe. O seu filhote chocolate, para ter essa cor deverá ter obrigatoriamente dois genes recessivos b e pelo menos um gene E dominante (bbE_). Como sua mãe é dourada (Bbee) ele deverá obrigatoriamente receber um gene recessivo e de sua mãe, ficando assim, com o genótipo bbEe.

  B 10 litros de leite b 5 litros de leite alelos

  1 Filhos : R _ E _ : R _ ee : rrE _ : rree

  16 aaB_;

  16

  16

  4 P aa _ _

  1

  3

   

  16 aabb.

  1

  3

  A pequeno porte a grande porte  

  16 A_bb;

  3

  16 A_B_;

  9

  Filhos:

  [B] Fenótipos Genótipos Branca aa_ _ Vermelha A_B_ Creme A_bb Pais: AaBb x AaBb

  Filhos: 1/8 (12,5%) AaBB - médio porte/ 20 litros de leite; 1/4 (25%) AaBb - médio porte/ 15 litros de leite; 1/8 (12,5%) aaBB - grande porte/ 20 litros de leite; 1/4 (25%) aaBb - grande porte/ 15 litros de leite; 1/8 (12,5%) Aabb - médio porte/ 10 litros de leite; 1/8 (12,5%) aabb - grande porte/ 10 litros de leite; Resposta da questão 10:

  Pais: AaBb x aaBb AB Ab aB ab aB AaBB AaBb aaBB aaBb ab AaBb Aabb aaBb aabb

          

  16

  3

  Resposta da questão 1: [E] Alelos: A (alta) e a (anã)/ V (vermelha) e v (amarela).

  16  Resposta da questão 3:

  1

  16 vvP_ :

  3

  16 V_pp :

  3

  16 V_P_ :

  9

  [B] Alelos: V (asa normal) e v (asa vestigial) P (preta) e p (cinza) Pais: VvPp  VvPp Filhos:

  3 x x 2 2 4

  9 288 162 16  

  Pais: mm Ff x Mm Ff P ( M_F_) = 1 1 3

  Resposta da questão 2: [C] Alelos: m (miopia); M (visão normal); f (fibrose cística); F (normalidade).

  As plantas aaVV sempre produzirão, por autofecundação, descendência anã com frutos vermelhos.

  16  .

  60

  3 x 320

  P (aaV_) =

  Pais: AAVV x aavv F 1 : AaVv F 2 : 9 (A_V_); 3 (a_vv); 3 (aaV_); 1 (aavv).

  16 ppvv P (filhos V_P_ ) =

  Resposta da questão 4: Alelos: A (dominante) e a (recessivo); B (dominante) e b (recessivo) Pais: AABB  aabb F1: AaBb F1  F1: AaBb  AaBb

  3

  P ( ) =

  9

  a) Pais : RrEe x RrEe

  Resposta da questão 5:

  2  

  99

  1 198

  2 P ( A_B_) =

  1

   352 = 198

  9

  16

  9

  16 P(A_B_) =

  1

  16

  3

  16

  3

  16

  16    Resposta da questão 11: [A] Filhos: chocolate

  • – bbIi preto
  • – BbIi dou
  • – Bbii ou bbii

  Resposta da questão 12: [E] fenótipos genótipos discoide A_B_ esférica A_bb ou aaB_ alongada aabb pais: AAbb x aabb gametas Ab ab Filhos 100% Aabb (esféricas)

  Resposta da questão 13: [D] A ocorrência de cinco fenótipos, na proporção de 1:4:6:4:1, indica

que a altura das plantas é uma característica métrica determinada

por dois pares de genes aditivos, transmitidos mendelianamente, por

segregação independente com ausência de dominância.

  [A] Resposta da questão 14: Pais: EeBb  eeBb Filhos:

  EB Eb eB eb eB EeBB EeBb eeBB eeBb eb EeBb Eebb eeBb eebb

3 pretos (1EeBB e 2EeBb): 1 chocolate (Eebb): 4 dourados (1eeBB;

  2eeBb e 1 eeBb).

  Resposta da questão 15: a) 3 pares de genes.

  b) 25g

  c) 1:6:15:20:15:6:1 Resposta da questão 16:

a) Genótipos

  1. Homem negro: Dd AA BB

  2. Mulher negra: Dd AA BB

  3. Menino albino: dd AA BB

  4. Mulher branca: Dd aa bb

  5. Filhos mulatos intermediários: Dd Aa Bb

  6. Filha albina: dd Aa Bb

  b) 50%

  c) Herança quantitativa, onde genes aditivos contribuem com a variação da quantidade de melanina na pele.

Novo documento