UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MESTRADO

0
0
110
2 months ago
Preview
Full text

Catalogação na fonte Universidade Federal de Alagoas Biblioteca Central Divisão de Tratamento Técnico Bibliotecária Responsável: Helena Cristina Pimentel do Vale S586c Silva, Japson Gonçalves Santos

  A categoria tempo de trabalho no capitalismo : pontos de convergência e de divergência no estudo do seu significado para o trabalho / Japson GonçalvesSantos Silva, 2010.98 f. Aos trabalhadores, pela luta multissecular que nos remete a perspectiva de emancipação humana.

AGRADECIMENTOS

  A realização de mais uma etapa na minha vida não seria possível sem o apoio, o incentivo, a paciência, a orientação e a amizade de muitaspessoas. Aos professores do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Alagoas, cujas contribuições, incentivos e críticasforam decisivos para meu crescimento intelectual.

RESUMO JAPSON GONÇALVES SANTOS SILVA¹; GILMAISA MACEDO DA COSTA²

  Atualmente, com o avanço tecnológico, estão em debate idéias como a da perda da centralidade do trabalho e teses como a daredução do tempo de trabalho e sua substituição pela sociedade do tempo livre. Nosso objetivo geral é refletir a impossibilidade do tempo livresubordinado ao capitalismo, tendo em vista que no âmbito do sistema do capital a redução do tempo de trabalho e a criação de um tempo livre para otrabalhador atende as determinações de acumulação definidas pela lógica do capital.

INTRODUđấO

  Na realidade, a preocupação que o capital tem com o trabalhador é no sentido de estudar a melhor forma de sugar o seu tempo de trabalho, com o objetivo deabsorver dele o trabalho excedente que assegure a extração da mais-valia e impor um controle sobre a força de trabalho que lhe permita continuar 10 expandindo e acumulando . No contexto contemporâneo, o processo de subsunção real do tempo de trabalho pelo tempo do capital se reflete no movimento de absorçãoda vida do trabalhador em sua totalidade pelo trabalho alienado, que corrompe o sentido histórico original do trabalho, que é de produção de valores de usovisando atender as necessidades humanas, tornando-se meio de produzir mercadorias exclusivamente para a valorização do capital.

TRABALHO E TEMPO DE TRABALHO EM DEBATE

  A tese de Marx de que o trabalho necessário para produzir uma mercadoria é sempre medido por meio de um correspondente de tempo e queo valor de uma mercadoria deve ser calculado pela duração do trabalho despendido na sua produção levou-o a considerar que o valor que possibilita atroca entre duas mercadorias é medido pelo “tempo de trabalho socialmente necessário” para produzi-las. Todavia, enfatiza Antunes, essa discussão ultrapassa os limites da imediaticidade, uma vez que, [...] a redução da jornada de trabalho configura-se como um pontodecisivo, ancorado no universo da vida cotidiana, para, por um lado,permitir uma reflexão fundamental sobre o tempo, o tempo de trabalho, o autocontrole sobre o tempo de trabalho e o tempo de vida.

CONSIDERAđỏES FINAIS

  Ao analisar o tempo de trabalho no capitalismo procuramos identificar com um olhar crítico as convergências e as divergências que a teoriaclássica e contemporânea apresenta sobre essa categoria, de forma a evidenciar sua contribuição para entender a discussão que gira em torno dotrabalho na atualidade. Autores engajados nadefesa da tese da “perda da centralidade do trabalho” chegam a utilizar o significado da categoria tempo de trabalho como recurso para sintetizar as A maior crítica que podemos fazer ao significado contemporâneo da categoria tempo de trabalho é a de que ele acaba tendo um caráter positivo,quando se pensa que sua redução poderia acarretar em empregos para aqueles que se encontram desempregados.

REFERÊNCIAS

  Controle de Qualidade e Qualidade de Vida: atuais formas de controle do capital sobre o trabalho na reestruturação empresarial brasileira nos anos 1990. Para um novo conceito de Idade Média: tempo, trabalho e cultura no ocidente.- Trad.: Maria Helena de Costa Dias - Lisboa: Editorial Estampa, 1979.

Novo documento

RECENT ACTIVITIES

Tags

Documento similar

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
143
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE SERVIÇO SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
95
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL Roselídia da Costa Farias
0
0
120
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
122
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL PATRÍCIA DE SALES BELO
0
0
137
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
148
Belém 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
108
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
131
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL KARLA DALMASO
0
0
135
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
123
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL FERNANDA IRACEMA MOURA ARNAUD
0
0
227
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
121
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
161
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
143
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL
0
0
120
Show more