O PAPEL DO SISTEMA ORÇAMENTÁRIO NO AVANÇO DO PLANEJAMENTO E DA GOVERNANÇA PÚBLICA NA DIREÇÃO DO ESTADO

0
0
193
2 months ago
Preview
Full text

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA DE PốS-GRADUAđấO EM

  Em seu caráter metodológico, o estudo possui natureza descritiva, com enfoque preponderan-temente qualitativo, o qual foi desenvolvido em nível de conhecimento analítico, realizado a partir de um apanhado bibliográfico e documental, mediante a coleta dedados, no âmbito da amostra selecionada. Os planos inseridosno orçamento apresentam deficiências de transparência e alinhamento, revelando a inexistência de uma agenda comum e perene, que represente um núcleo decomprometimento nacional, nas três esferas de governo.

O PAPEL DO SISTEMA ORÇAMENTÁRIO NO AVANÇO DO PLANEJAMENTO E DA GOVERNANđA PÚBLICA NA DIREđấO DO ESTADO

  Em seu caráter metodológico, o estudo possui natureza descritiva, com enfoque preponderan-temente qualitativo, o qual foi desenvolvido em nível de conhecimento analítico, realizado a partir de um apanhado bibliográfico e documental, mediante a coleta dedados, no âmbito da amostra selecionada. Os planos inseridosno orçamento apresentam deficiências de transparência e alinhamento, revelando a inexistência de uma agenda comum e perene, que represente um núcleo decomprometimento nacional, nas três esferas de governo.

LISTA DE QUADROS

LISTA DE SIGLAS

  De acordo com o Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado (BRASIL, 1995,p.15) “No momento em que o capitalismo e a democracia se tornam dominantes, o Nessa esteira, Bresser-Pereira e Spink (2006) destacam que a partir do capitalismo e da democracia, houve a necessidade de se adotar um novomodelo, que fosse capaz de proteger o patrimônio público da usurpação pela figura do monarca. Contudo, quando o Estado passa a atuar mais ativamente na sociedade – com a expansão de suas funções econômicas e sociais – verifica-seque o mesmo tornou-se autorreferido, moroso, ineficaz e incapaz de prestar os No momento em que o Estado passa a responsabilizar-se pelo provimento de serviços (educação, saúde, etc.), viu-se diante de um dilema.

A função diretiva

  A consecução desse processo demandaria a elaboração de um pacote de decisões, analisando e descrevendo as diversas atividades, com vistas para osobjetivos pretendidos; e em seguida, a tomada de decisões e ações deveriam ocorrer de acordo com esse conjunto de programas, baseando-se no custo-benefício de cada um, criando uma espécie de hierarquia entre eles (DIRSMITH; JABLONSKY, 1979). Como objeto de estudo, elegeu-se o plano plurianual, por ser ele o instrumento formal e comum, que delimita as diretrizes, objetivos e metas dos entespúblicos no médio e longo prazo, para as três esferas de governo, de modo que as leis de diretrizes orçamentárias e as leis orçamentárias anuais são, ou ao menosdeveriam ser, reflexos desse planejamento que se deseja concretizar no quadriênio.

Cadernos MARE da Reforma do Estado, Brasília, n.6, 1995

  O cargo público de livre provimento na organização da administração pública federal brasileira: uma introdução ao estudo da organizaçãoda direção pública na perspectiva de estudos organizacionais. Democracia, avaliação e accountability: a avaliação de políticas públicas como instrumento de controle democrático.

Econ. Apl., Ribeirão Preto, v.11, n.2, abr./jun. 2007

  Governança corporativa: o governo da empresa e o conselho de administração. Cultura da crise e seguridade social: um estudo sobre as tendências da previdência e da assistência social brasileira nos anos 80 e 90.

Managing senior management: senior civil service reform in OECD Member Countries

  Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicada ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. Método de análise do processo de mudança do modelo de gestão com foco em controle para o modelo de gestão com foco emresultados na administração pública tributária.

Opin. Publica, Campinas, v.14, n.1, jun. 2008

  Rio de Janeiro: Zahar, 1978. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

Public Administration Review

  Alcançar o crescimento do investimento, do emprego e da renda;promover o desenvolvimento regional; elevar a qualidade de vida e erradicara pobreza extrema; e, aprimorar a cidadania, promover a paz e osvalores republicanos. ( ) servidores e empregados públicos;excelência na gestão para garantir o provimento de bens e serviços à sociedade;aumento da eficiência dos gastos públicos; estímulo e a valorização da educação, daciência e da tecnologia; erradicação da extrema pobreza no Município.

Novo documento

RECENT ACTIVITIES

Tags

Documento similar

2 O AVANÇO DA ESCRITA, O SURGIMENTO E AVANÇO DO HIPERTEXTO
0
0
14
POLÍTICA DO SILÊNCIO: O FLUXO INFORMACIONAL NO SISTEMA DE ARQUIVOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO
0
0
6
O PAPEL DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO NO PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA
0
0
11
O SENTIDO E O ALCANCE DO PRINCÍPIO DO PLANEJAMENTO NO DIREITO URBANÍSTICO
0
0
96
OS CAMINHOS DA (DES) INFORMAÇÃO NO ESTADO DO MARANHÃO: O PAPEL DA MÍDIA NA DIVULGAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO PÚBLICA :: Brapci ::
0
0
15
O PLANEJAMENTO DA ATIVIDADE ECONÔMICA COMO DEVER DO ESTADO
0
0
258
AS AÇÕES DO AGROHIDRONEGÓCIO, O PAPEL DO ESTADO E AS FORMAS DE CONTROLE DO TRABALHO NO MATO GROSSO DO SUL
0
0
320
AS NOVAS CONFIGURAÇÕES DO ESTADO SOB AS INFLUÊNCIAS DO “TERCEIRO SETOR” NA CONTEMPORANEIDADE: UM ESTUDO SOBRE O PAPEL DO VOLUNTARIADO NO ÂMBITO EMPRESARIAL E ESCOLAR
0
1
245
CONECTA IFMG: PLANEJAMENTO E REDUÇÃO DE RISCOS NA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA ERP EM UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO
0
0
109
O PAPEL DO PLANEJAMENTO DE CARREIRA NO MERCADO ATUAL
0
0
97
MARCOS RÉGIO SILVA DO NASCIMENTO O PLANEJAMENTO, EXECUÇÃO, MONITORAMENTO E CONTROLE ORÇAMENTÁRIO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC
0
0
108
0 PAPEL DOS CONSELHOS DA MICRORREGIÃO DO TABULEIRO NA IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DESCENTRALIZADO E PARTICIPATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
0
0
102
ASPECTOS JURÍDICOS DA GOVERNANÇA DO SISTEMA FINANCEIRO INTERNACIONAL (1945-2009)
0
0
190
O PAPEL DO ESTADO NA FORMAÇÃO DA INDÚSTRIA AERONÁUTICA BRASILEIRA
0
0
48
O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO NA CRISE DO SUBPRIME: UMA ABORDAGEM PÓS-KEYENSIANA
0
0
23
Show more