V EVENTO INSTITUCIONAL DO PIBID

Livre

0
0
6
1 year ago
Preview
Full text

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  

A CONTRIBUIđấO DO PIBID LETRAS/PORTUGUÊS-UENP/CJ PARA A

FORMAđấO E VALORIZAđấO DOCENTE E AS AđỏES DO PROJETO

DE EXTENSÃO “ENSINO SUPERIOR, UENP E VOCÊ: CONHECIMENTO

E (TRANS) FORMAđấOỂ

  Rosiney Aparecida LopesVale², Andressa Ferreira¹, Camila Rarek Ariozo¹, Guilherme da Silva Alves¹, MaryaneHeloyse Alvarenga Barreto¹,

  RodrigoPanichi Bastos¹, Rosiney Aparecida Lopes do Vale (Orientadora)², e- mail: rosineyvale@uenp.edu.br. ¹Bolsista de Iniciação à Docência CAPES.

  Universidade Estadual do Norte do Paraná/Letras-Português, campus Jacarezinho.

  Ensino, Subprojeto Letras/Português-CJ. Palavras-chave: Ensino médio, ensino superior, UENP. Introdução

  É de conhecimento público que os jovens discentes formandos no ensino médio e nos cursos integrados enfrentam dificuldades para realizarem suas escolhas profissionais e ingressarem no ensino superior.

  Tais percalços, se dão por inúmeros fatores, em especial e também preocupante são os relacionados ao desconhecimento dos cursos, da organização e de possibilidades oferecidas pelas instituições públicas que, por vezes, leva os alunos, principalmente, os de renda mais baixa, a nem sequer tentar uma vaga em universidades públicas. Ciente disso, o Subprojeto PIBID Letras Português/CAPES

  • – da Universidade Estadual do Norte do Paraná-UENP, campus de Jacarezinho, a partir de uma pesquisa realizada, em 2014, nas escolas parceiras, na cidade de Jacarezinho, constatou que um número considerável de alunos desconhecia a UENP, ou ainda, não se viam como candidatos a ingressarem nessa Instituição de ensino superior que lhes está tão próxima.

  Assim, diante do referido dado, foi desenvolvido um Projeto de Extensão vinculado ao Subprojeto PIBID Letras Português,uma vez que a equipe de coordenadoras de área e bolsistas de iniciação à docência também executam as ações propostas para este projeto, em conjunto com as ações desenvolvidas no próprio Subprojeto. O objetivo da criação do referido projeto de extensão é a de reverter o quadro descrito anteriormente, promovendo uma ampla divulgação da UENP, de modo que os alunos, especialmente os de escolas públicas, conheçam a Universidade e esclareçam suas dúvidas sobre o que a Instituição pode lhes oferecer. A

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  2014 e, inicialmente, era aplicado apenas nas turmas das escolas parceiras, nas quais os pibidianos atendem às salas de aula do último ano do ensino médio e do ensino integrado, respondendo as Orientações Curriculares para

  o Ensino Médio

  • OCEMs (Brasília, 2006), no que se refere, sobretudo, ao auxílio no desenvolvimento do aluno de competências para continuar seu aprendizado, no caso, na continuação de seus estudos na educação superior.

  Tendo em vista a receptividade do projeto, optou-se por sua ampliação, de modo que mais escolas e discentes, tanto do ensino público como privado, pudessem conhecer melhor a UENP em seus variados aspectos. No corrente ano, o projeto de extensão passou a se chamar:

  

“Ensino superior, UENP e você: conhecimento e (trans)formação” e está

  registrado no Sistema de Controle de pesquisa e Extensão-SECAPEE da UENP sob o número 4234. Neste ano, é coordenado pela professora Rosiney Aparecida Lopes do Vale com a colaboração da professora Marilúcia dos Santos Domingos Striquer (professora participante) e é aplicado pela equipe dos pibianos integrados ao projeto PIBID Letras Português, sendo todos os envolvidos do curso de Letras-Português da UENP-CJ.

  Cumpre destacar que o projeto também visa contribuir para a elevação da procura por determinados cursos ofertados; em particular, os de licenciatura, uma vez que, não é forçoso lembrar, devido ao seu notório desprestígio social, encontram-se, muitas vezes, relegados a um segundo plano ou mesmo descartados por muitos jovens.

  Nesse aspecto, o diálogo sobre licenciatura deflagrado pelos pibidianos com os alunos concluintes do ensino médio é, sem dúvida,uma forma de enaltecer a docência, uma vez que a condição de professores ainda em formação os aproxima e, portanto, favorece a discussão sobre a relevância da atuação do profissional docente para a construção de uma sociedade menos desigual, ainda que esse profissional, não raras vezes, enfrente condições desfavoráveis.

  Ademais, com as ações do projeto é possível levar esclarecimentos para os jovens, bem como oportunizar-lhes uma primeira percepção sobre o universo acadêmico, de modo que isso possa trazer-lhes elementos que os auxiliem nas suas escolhas. Com isso, buscamos, certamente, contribuir com a (trans)formação e o desenvolvimento da comunidade regional.

  Materiais e métodos

  O Projeto de extensão expostocompreende ações diagnósticas e de intervenção. A dinâmica adotada é a seguinte: no início de cada ano letivo, aplica-se um questionário-diagnóstico aos alunos atendidos. Com isso, a equipe tem elementos concretos para compreender quais as necessidades

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  no Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM e no vestibular da UENP, bem como para preparar o trabalho pedagógico e materiais didáticos a serem utilizados em sala de aula. O diagnóstico busca também ser ferramenta para investigação de como a escola está cumprindo a determinação das OCEMs, de preparar os alunos para participarem das duas práticas sociais mencionadas, além de verificar questões relativas ao conhecimento que os alunos têm sobre a UENP, foco desse projeto.

  Para aplicação do Projeto, com base nos nossos objetivos, os locais selecionados para o trabalho de campo, momento em que passamos ao processo de intervenção, foram as escolas que abrigam os terceiros anos do ensino médio, bem como os quartos anos dos cursos integrados dos colégios públicos e particulares das cidades de Cambará, Carlópolis, Jacarezinho, Fartura, Ourinhos e Piraju. A escolha das cidades é decorrente do fato de os pibidianos envolvidos diretamente com o projeto serem seus moradores; lembrando, que não temos recursos financeiros ou mesmo amparos legais para assumirmos a expansão do projeto para outras cidades.

  As ações de intervenção se iniciam com o contato da coordenação do projeto e/ou dos próprios pibidianos, com os diretores e/ou coordenadores das escolas públicas e privadas, a fim de explicarem os objetivos das ações a serem implementadas, bem como a sua forma de execução. Então, solicita-se permissão para que, na escola, em dia e local agendados, os pibidianos apresentem a UENP e incentivem os discentes a cursar nosso ensino superior, em especial, as licenciaturas.

  Assim, conforme combinado é realizada a referida demonstração, através de exibição de slides dos mais variados setores de nossa Universidade: constituição física (os três campi, os Centros e laboratórios, moradia estudantil, etc.), organizacional (Reitoria, Pró-Reitorias, Cursos), acadêmica (número de vagas, programas de ensino, extensão e pesquisa, bolsas acadêmicas, etc.). E, tendo em vista, que o projeto está sendo desenvolvido no período de inscrições abertas para o vestibular 2018, também é realizada a divulgação, instrução, e até mesmo auxílio para tal fim.

  Vale argumentar, ainda,que por meio de uma conversa com os discentes, é realizado um constante incentivo ao ingresso no ensino superior, mostrando-se todos os cursos que oferecemos e, apontando, conforme objetivo do projeto, os cursos de licenciatura, em especial o curso de licenciatura em Letras, como cursos que podem abrir diversos horizontes, no mercado de trabalho, para os nossos egressos.

  Por conseguinte, durante as apresentações, exemplifica-se aos alunos, com fotos de egressos da Universidade, que estes graduados em Letras, por exemplo, além de estarem habilitados para a digna, gratificante e importantíssima carreira de professor, também têm, diante de si, uma gama de outras oportunidades profissionais.

  • – campus Jacarezinho - PR

  03 Jacarezinho

E.E. José Pavan

  03 E.E. Domingos Camerlingo

  03 E.E. Monsenhor José Trombi

  01 E.E. Coronel Marcos Ribeiro

  01 Fartura Colégio Educacional de Fartura

  04 Santo Antônio da Platina C.E. Dr. Ubaldino do Amaral

  03 C.E. Rui Barbosa

  01 Instituto Federal do Paraná

  03 C.E. Luiz Setti

  01 Colégio Elo

  01 C.E. Anésio de Almeida Leite

  01 Carlópolis C.E. Carolina Lupion

  01 O Caminho

  C. E. Angelina Ricci Vezozzo 01 C.E. Lucy Requião de Mello e Silva

  ESTADO MUNICÍPIO UNIDADE ESCOLAR TURMAS ATENDIDAS P A R A N Á Cambará

  QUADRO n. 01 - ESCOLAS ATENDIDAS PELO PROJETO DE EXTENSÃO.

  De agosto até o presente momento, nossa equipe visitou 26 escolas, com o total de 46 turmas atendidas, conforme quadro a seguir:

  Durante as visitas às escolas, os alunos, após as apresentações do Projeto, discutiram sobre as carreiras que pretendem seguir, inclusive manifestando dúvidas e interesse pela licenciatura.

  No geral, verificamos que o resultado das ações do projeto tem sido positivo, na medida em que as escolas com as quais entramos em contato, salvo raras exceções, aderiram à nossa iniciativa e nos auxiliaram em tudo o que foi preciso. Além disso, conforme planejamos, os seus alunos passaram a ter acesso a informações a respeito da UENP e, ainda, das formas de ingresso na Universidade, em especial, do nosso vestibular.

  Resultados e Discussão

  Assim, finalizada a divulgação, os pibidianos respondem às indagações dos adolescentes acerca do tema apresentado.

  Destaca-se também aos discentes, os programas de pesquisa e extensão ofertados pela Universidade como, por exemplo, o PIBID. Nesse momento, é explicado pelos pibidianos que através desse projeto é possível o graduando ter acesso a prática docente supervisionadaantes mesmo de formado. E, ainda, os jovens são incentivados a reconhecerem a relevância social da carreira docente.

  07-11-2017

  • – CEFAR

  02

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  E.E. Prof. José Augusto de

  02 Ourinhos Oliveira E.E. Prof. Josepha Cubas

  01 S E.E. Prof. Pedro Antonio 02 Ã

  Ferraz de Andrade O E.E. Horácio Soares

  04 Colégio Lumen Objetivo

  01 P E.E. Ataliba Leonel

  02 A E.E. CEL. Nhonhô Braga

  01 U E.E. Dr. Joaquim Guilherme

  01 L Piraju

Moreira Porto

O E.E. Maria Gonçalves da

  01 Motta

  E. E. Mônica Bernabé Garrote 01

  E. E. Prefeito Quinzinho

  01 Carmargo Fonte: Confecção dos autores.

  Posto isso, é válido ressaltar que o desenvolvimento do presente projeto também é de suma importância para os professores em formação, na medida em que todo o trabalho realizado agrega experiências e ratifica a certeza de que, embora a desvalorização do docente seja uma realidade histórico-nacional, a UENP, na figura de seus professores, nesse caso, em particular, de seus coordenadores PIBID estão engajados na luta por uma política educacional realmente de qualidade, em todos os níveis de ensino.

  Conclusões

  Após o término do ensino médio, para os jovens o ingresso em um curso superior é, não só uma necessidade mercadológica, mas, sobretudo, a oportunidade para que possam ampliar os seus conhecimentos e melhorar a sua relação com o mundo, com os outros e consigo mesmo.

  Diante disso, entendemos que quanto mais informações pudermos oferecer sobre a educação superior e, em especial, sobre a UENP, que é, sem dúvida, uma Instituição que atua na promoção do desenvolvimento do norte pioneiro, é o melhor caminho para auxiliarmos os jovens nessa decisão que, sem sombra de dúvidas, pode ser uma das mais importantes para sua caminhada para o futuro profissional.

  E, ainda, é de suma importância destacar aos discentes, em que pese as dificuldades enfrentadas, o fato de que vale a pena lutar pela educação e que, mesmo que ela não possa ser responsabilizada pelos problemas que vivenciamos, sem a educação será impossível reverter o quadro de injustiças sociais no qual estamos imersos.

  Nesse sentido, o projeto de extensão “Ensino superior, UENP e você:

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  Universidade, traz informações basilares, principalmente, para os alunos de escolas públicas, os quais, na maioria das vezes, desconhecem, por questões familiares e socioeconômicas, a existência de instituições públicas, bem como descreditam no seu potencial e nas chances que teriam para nelas ingressar.

  Por fim, vale enfatizar que as ações que têm sido fomentadas pelo PIBID, indubitavelmente, têm se revelado fundamentais para a formação docente, viabilizando financeiramente a permanência dos licenciandos na Universidade, bem como proporcionando-lhes a necessária prática de sala de aula, devidamente orientada e supervisionada. No mais, somadas todas essas ações, é incontestável que tais trabalhos devem não apenas continuar, mas serem ampliados.

  Agradecimentos

  À CAPES, às escolas públicas e privadas que nos receberam para aplicação deste Projeto, às Coordenadoras do Subprojeto PIBID Letras Português/CAPES da UENP/CJ, à Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD- UENP) e à equipe de Comunicação e divulgação da UENP, que nos disponibilizou panfletos e cartazes do processo seletivo Vestibular 2018.

  Referências

  BRASÍLIA. Orientações curriculares para o ensino médio. Linguagens, 77 códigos e suas tecnologias / Secretaria de Educação Básica. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. v. 1, 2016. UENP. Edital 057-2017-GR - Processo Seletivo Vestibular 2018. UENP. Edital Gabinete 067-2017 - Retificação do Edital 057/2017 GR Vestibular UENP 2018.

  UENP. Plano de Desenvolvimento Institucional 2012-2017. Jacarezinho, 2012. UENP. Pró-Reitoria de Graduação. Centro de Letras, Comunicação e Artes.

  • – Colegiado de Letras. Projeto pedagógico do curso de graduação em letras licenciatura: habilitações português/espanhol português/inglês. Jacarezinho, 2014.

Novo documento