V EVENTO INSTITUCIONAL DO PIBID

Livre

0
0
6
1 year ago
Preview
Full text

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  

DESENVOLVIMENTO DE AđỏES PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA NA

EDUCAđấO BÁSICA

  1

  1 João Coelho Neto , Simone Luccas , joaocoelho@uenp.edu.br,

  2

  2

  simoneluccas@uenp.edu.Antonella Fernandes , Camila Iorio Marton , Ingrid

  2

  2 Rodrigues Pimentel , JennyferThays dos Reis , Juliana Tais da Silva

  2

  2 Marcomini , Luis Henrique Marques Santana , Luiz Fernando Mendes de

  2

  2

  2 Oliveira , Lyncon Rafael de Oliveira , Maria Eduarda Diniz Ferreira , Maria

  2

  2 Eduarda Fiori Braga , Vanessa Araújo Martins .

1 Universidade Estadual do Norte do Paraná/Centro de Ciências Humanas e da

  Educação e Programa de Pós-Graduação em Ensino

  • – Campus de Cornélio

2 Procópio, Bolsistasde Iniciação a DocênciaPIBID/UENP

  Ensino, Subprojeto de Matemática – Campus de Cornélio Procópio Palavras-chave: Ensino, Matemática, PIBID. Introdução

  O ensino da Matemática busca desenvolverações que contribuam para o ensino e a aprendizagem do conhecimento matemático integrando dinamicamente professores e alunos. Para tanto, mobiliza aspectos epistemológicos, didático-metodológicos, bem como axiológicos, por meio de pesquisas, desenvolvimento de materiais e recursos facilitadores da prática pedagógica em sala de aula, entre outros.

  Fiorentini (1995, p.2) aborda que:

  O estudo das relações/interações que envolvem a tríade aluno- professor-saber matemático é hoje reconhecido como um dos principaisprojetos da investigação em Educação Matemática. Embora o papel da investigação seja elucidar aspectos da dinâmica dessa tríade,tal elucidação tem como eixo fundamental a transformação qualitativa, ainda que nem sempre imediata ou direta, do ensino/aprendizagem da Matemática.


  A sustentação que os aspectos supracitados proporcionam é de suma importância para a promoção de uma formação inicial e continuada adequada ao hodierno contexto educacional. Nesse sentido, e especificamente tratando da didática, Souza e Peres (2016) relatam a importância do estudo dessa área na formação de professores nos cursos de Licenciaturas em Matemática.

  Nos cursos de licenciatura muito tem se discutido sobre a didática empregada para a formação de professores, principalmente se tratando de cursos de disciplinas especificas como o de Matemática.

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  Neste contexto, nos últimos tempos tem tomado força as disciplinas de didática, voltadas para a formação de professores, para romper com o empirismo presente em muitas escolas, o que ao longo do tempo tornou o ensino dos conteúdos matemáticos pouco chamativos para os alunos .

  Nessas discussões há uma preocupação tanto com o domínio do conteúdo dos futuros professores, quanto às metodologias que irão empregar durante suas aulas (SOUZA; PERES, 2016, p.2).

  Dessa forma, ações de ensino que possibilitem o uso de novos e diferentes recursos didáticos são positivas, tanto para o auxiliar o processo de aprendizagem dos licenciandos, quanto para mostrar-lhes como usar múltiplas possibilidades didáticas em suas futuras aulas.

  Com base, nessas articulações o objetivo desse trabalho é: apresentar ações que estão sendo desenvolvidas com bolsistas/alunos do Programa de Iniciação a Docência de um curso de Matemática de uma universidade pública do norte do Estado do Paraná.

  Este artigo foi dividido em quatro seções: a primeira seção, aponta o objetivo desse trabalho, tão bem como a contextualização do ensino da Matemática na formação do futuro professor; na segunda seção, os encaminhamentos metodológicos; na terceira seção, as ações do projeto em desenvolvimento; na quarta e última seção, considerações acerca do projeto e seus trabalhos futuros.

  Materiais e métodos

  Nessa seção são descritas partes das ações desenvolvidas pelo subprojeto Matemática do campus de Cornélio Procópio, do Programa de Iniciação a

1 Docência .

  Este projeto do PIBID visa:

  [...] o aperfeiçoamento e a valorização da formação de professores para a educação básica.O programa concede bolsas a alunos de licenciatura participantes de projetos de iniciação à docência

1 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). O programa oferece

  

bolsas de iniciação à docência aos alunos de cursos presenciais que se dediquem ao

estágio nas escolas públicas e que, quando graduados, se comprometam com o exercício

do magistério na rede pública. O objetivo é antecipar o vínculo entre os futuros mestres e

as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o Pibid faz uma articulação entre a

educação superior (por meio das licenciaturas), a escola e os sistemas estaduais e

municipais (BRASIL, 2016, p.1).

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  desenvolvidos por Instituições de Educação Superior (IES) em parceria com escolas de educação básica da rede pública de ensino.Os projetos devem promover a inserção dos estudantes no contexto das escolas públicas desde o início da sua formação acadêmica para que desenvolvam atividades didático-pedagógicas sob orientação de um docente da licenciatura e de um professor da escola (BRASIL, 2017, p.1).

  Os encontros entre os bolsistas

  • – alunos, supervisores e coordenadores ocorrem semanalmente, a fim de planejar, organizar e realizar as ações previstas, as quais envolvem:

   O desenvolvimento de materiais didáticos manipuláveis a serem utilizados como recursos metodológicos para o ensino de conteúdos matemáticos, tão bem como, propostas de atividades didáticas que podem ser utilizados posteriormente por licenciandos e professores da Educação Básica;  A supervisão e orientação da elaboração do material por parte dos supervisores e coordenadores do Projeto;  Articulação teórica entre os diversos campos da Matemática, bem como com demais áreas do conhecimento;  Discussão e análise dos documentos oficiais (municipais, estaduais e nacionais) sobre o ensino da Matemática na Educação Básica. Na próxima seção são descritas partes das ações desenvolvidas por este subprojeto do Pibid.

  Resultados e Discussão

  Nessa seção são apresentadas as ações que estão sendo desenvolvidas pelo subprojeto de Matemática, do Programa de Bolsas de iniciação a Docência, do campus de Cornélio Procópio da Universidade Estadual do Norte do Paraná.

  O Quadro 1, apresenta as ações em processo de finalização.

  Quadro 1 – Apresentação das propostas em finalização NÍVEL DE CONTEÚDO PROPOSTA ENSINO

  Ensino Utilização de planilha eletrônica a fim de auxiliar na Juros

  Fundamental contextualização do conteúdo de Juros Compostos Compostos II e Médio para o ensino de Matemática Financeira.

  Desenvolvimento de materiais manipuláveis para o Ensino Médio Probabilidade ensino de Probabilidade.

  Ensino Desenvolvimento de materiais manipuláveis para o Geometrias Fundamental ensino da Geometria Espacial.

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  Desenvolvimento de materiais manipuláveis para auxiliar a compreensão dos princípios aditivos Ensino Equação do multiplicativos e, também, ajudar na efetivação das

  Fundamental 1º. Grau operações elementares (Adição, Subtração, Multiplicação e Divisão). Desenvolvimento de um material manipulável com

  Ensino Médio Estatística questões estatísticas a fim de contextualizar o conteúdo apresentado.

  

Fonte: Coelho Neto; Luccas (2016, p.3)

  No Quadro 2, são apresentadas as ações em andamento do subprojeto em questão.

  Quadro 2 – Apresentação das propostas em andamento NÍVEL DE OBJETIVO CONTEÚDO PROPOSTA ENSINO

  Analisar os conteúdos de equação do 2°grau disponibilizados nos livros de didáticos elaborados com autores e anos diferentes, para que

  Livros e Análise seja feita uma comparação com os documentos

  EducaçãoBásica Documental conteúdos exigidos nos documentos oficiais oficiais, e por meio dessa análise verificar se os livros didáticos suprem com essa necessidade que estão sendo previstas nesses documentos. Mapear por meio de uma Revisão Sistemática as revistas de classificações A1, A2, B1 e B2 da Plataforma Sucupira, contidas nos quadriênios a partir de 2013 a 2016, no intuito de encontrar artigos que contenham a unidade de contexto de equações do segundo grau, aliados

  Revisão com a metodologia de ensino Plataforma EducaçãoBásica Sistemática voltados para Educação Matemática.

  Sucupira O mapeamento foi feito através da leitura dos escopos das revistas que apresentados títulos voltados para o ensino e matemática. Após a escolha das revistas, buscou-se artigos desta unidade de contexto.

  No qual, lemos os resumos e as palavras chaves para dar

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  acordo com o mapeamento, não encontramos artigos que atendessem os critérios estabelecidos, destacando o pouco uso de equações do segundo grau em artigos de ensino.

  EducaçãoBásica Revisão Sistemática

  Banco de teses e dissertações do

  IBICT (Instituto Brasileiro de Informações em Ciência e Tecnologia)

  Realizar um levantamento referencial e uma análise sistemática de literatura com o banco de teses e dissertações do

  IBICT (Instituto Brasileiro de Informações em Ciência e Tecnologia), referentes ao conteúdo de Equações do 2°Grau. O trabalho tem como Referencial Teórico Documentos oficiais da Educação (PCN, DCE), entre outros. Das dissertações e teses pesquisadas no IBICT, em uma análise mais completa, apenas 5 delas completa os requisitos do trabalho.

  

Fonte: Os autores.

  As ações do Quadro 1, já estão em processo de finalização e fechamento dos materiais, enquanto que do Quadro 2 estão em fase de desenvolvimento e avaliação pelos participantes.

  Conclusões

  As ações realizadas pelos bolsistas têm como objetivo essencial contribuir para a formação efetiva dos licenciandos, mostrando-lhes a viabilidade do uso de recursos didáticos e sequências de atividades fundamentados teoricamente, ambos articulados e coerentes com as indicações dos documentos oficiais que orientam o âmbito educacional.

  Estes procedimentos são vislumbrados como possibilidades eficazes de ações desenvolvidas pelos bolsistas alunos, supervisores e coordenadores, com vistas à utilização e implementação dos mesmos na Educação Básica, oportunizando aos envolvidos nesse processo o contato com os saberes da prática educativa de sua futura profissão, além de oferecer aos alunos da Educação Básica condições para uma aprendizagem diferenciada.

  Agradecimentos

  07-11-2017

  • – campus Jacarezinho - PR

  Agradecemos a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) pelo auxílio financeiro do projeto, a Universidade Estadual do Norte do Paraná e as escolas parceiras.

  Referências BRASIL. Pibid - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. 2017.

  Disponível em: http://www.capes.gov.br/educacao-basica/capespibid/pibid. Acesso em: 07 set. 2017.

PIBID BRASIL.

  • – Apresentação. 2016. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pibid.

  Acesso em: 20 ago. 2017. COELHO NETO, Joao; LUCCAS, Simone. Desenvolvimento de Materiais Didáticos para o Ensino da Matemática: proposta de Intervenção. In: II Encontro de Integração: Pesquisa, Internacionalização, Extensão e Cultura - I Seminário do Programa de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID., 2016, Cornélio Procópio.

  II Encontro de Integração: Pesquisa, Internacionalização, Extensão e Cultura, I Seminário do Programa de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID.. -: -, 2016. v. 1. p. 1-4.

  FIORENTINI, Dario. Alguns modos de ver e conceber o ensino da matemática Zetetiké, v. 3, n. 1, 1995. no Brasil p. 1-38.

  SOUZA, Gênifer Silva; DE CARVALHO PERES, Thalitta Fernandes. Contribuições da Teoria Desenvolvimental para a formação docente na construção do conceito de área e perímetros. In: Anais do Congresso de

  Ensino, Pesquisa e Extensão da UEG (CEPE)(ISSN 2447-8687). 2017.

Novo documento