WESSLEN NICÁCIO DE MENDONÇA MELÂNIA

0
0
117
2 months ago
Preview
Full text

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS – UFAL FACULDADE DE LETRAS – FALE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS – UFAL FACULDADE DE LETRAS – FALEPROGRAMA DE PốS-GRADUAđấO EM LETRAS E LINGUễSTICA - PPGLL

WESSLEN NICÁCIO DE MENDONÇA MELÂNIA ERA UMA VEZ 1889..

WESSLEN NICÁCIO DE MENDONÇA MELÂNIA ERA UMA VEZ 1889... História e construção literária em “Pequena história da República”

  História e construção literária em “Pequena história da República”Maceió – Alagoas Dissertação apresentada como requisito obrigatório para obtenção de título de Mestreem Estudos Literários pelo Programa de Pós- graduação em Letras e Linguística daUniversidade Federal de Alagoas. Roberto Sarmento Lima Maceió – Alagoas Catalogação na fonte Universidade Federal de Alagoas Biblioteca Central Divisão de Tratamento Técnico Bibliotecária Responsável: Fabiana Camargo dos Santos M517e Melânia, Wesslen Nicácio de Mendonça.

AGRADECIMENTOS

  Compreender esse relato como trabalhomenor de linguagem por não apresentar aspectos da vida pessoal do autor ou porque não se coaduna com a visão comum que se tem do autor de Vidas secas (socialista convicto quedenuncia as mazelas da sociedade voltando seu olhar para o pobre e o necessitado contra o burguês e o capitalista) não se constitui em análise literária objetiva, de acordo com nossaperspectiva. Por isso a ironia pode ter formas e funções extremamente diversificadas, em que há pelo menos dois graus de evidência:um primeiro, em que o dito irônico quer ser percebido como tal, e um segundo – caso da ironia humoresque -, em que o objetivo é manter aambiguidade e demonstrar a impossibilidade de estabelecimento de um sentido claro e definitivo.

REFERÊNCIAS

  Graciliano Ramos e o desgosto de ser criatura. Os militares e a República: um estudo sobre cultura e ação política.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. A criação do texto literário. In: ______. Flores da escrivaninha: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 1990, p.100-110

  A análise da narrativa: o texto, a ficção e a narração. Tradução de Alípio Correia de Franca Neto.

Novo documento

RECENT ACTIVITIES

Tags

Documento similar

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CURSO DE DIREITO LARISSA XIMENES MENDONÇA MONTENEGRO
0
0
65
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE HUMANIDADES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO ISMAEL LOPES MENDONÇA
0
0
195
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA AGRÍCOLA ALFREDO MENDONÇA DE SOUSA
0
0
48
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUCSP MAURITÂNIA ELVIRA DE SOUSA MENDONÇA
0
0
267
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP SANDRA ANDRÉIA MENDONÇA SOARES
0
0
102
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA RILDO DE MENDONÇA NOGUEIRA
0
0
86
FACULDADE DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO MARIA HELOISA DE MENDONÇA NUNES
0
0
95
TERMO DE APROVAÇÃO RICHARD CAMPOS MENDONÇA INFLUÊNCIA DA MARCA NO PROCESSO DE FORMAÇÃO DOS PREÇOS
0
0
42
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIOECONOMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL NADJA MARGOTTI MENDONÇA
0
0
72
HELISSA DE OLIVEIRA MENDONÇA MOREIRA
0
0
60
METODOLOGIA PARA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE SISTEMAS DE DRENAGEM URBANA EDUARDO CONCESSO MENDONÇA
0
0
193
ANDRÉA MENDONÇA DE MOURA
0
0
366
MIRIAM CÁSSIA MENDONÇA PONDAAG TESE DE DOUTORADO
0
0
234
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA GABRIELLY BEVILAQUA MENDONÇA
0
0
48
TRABALHO DE PROJETO ESCALONAMENTO DE PROVAS DE AVALIAÇÃO: UMA APLICAÇÃO TIAGO MIGUEL MENDONÇA DUARTE
0
0
48
Show more