Feedback

Território Quilombola

Alimentação e ambiente alimentar no território do programa Academia da Saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais

... conceito de território no contexto da Atenção à Saúde. 1.3 O território na atenção à saúde No âmbito da saúde, o termo território começou a ser amplamente utilizado a partir da implantação da Estratégia da Saúde da Família como base das ações desenvolvidas na Atenção Primária (OLIVEIRA & FURLAN, 2008). Muito além de ser um espaço delimitado, o território ... Alimentar no Programa Academia da Saúde Um dos fatores cruciais presentes nos estudos que avaliam a influência do espaço na ocorrência dos eventos em saúde é o conceito de território adotado. O território pode ser analisado de várias maneiras. A relevância dessas avaliações para a saúde está relacionada às hipóteses de estudo (DIEZ ROUX, 2001; DIEZ ROUX & MAIR, ... Enfermagem Bruna Vieira de Lima Costa ALIMENTAÇÃO E AMBIENTE ALIMENTAR NO TERRITÓRIO DO PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE DE BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS Belo Horizonte 2015 Alimentação e Ambiente Alimentar no Programa Academia da Saúde Bruna Vieira de Lima Costa ALIMENTAÇÃO E AMBIENTE ALIMENTAR NO TERRITÓRIO DO PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE DE BELO HORIZONTE, MINAS
 0  2  188

O Bairro Zumbi na Perspectiva de Território Negro e Lugar de Práticas Culturais Afro-Brasileiras em Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo

... bairro Zumbi como território negro e lugar de práticas culturais afro-brasileiras ........................................................................................................45 3.1 O território ...........................................................................................................45 3.2 Ocupação do bairro Zumbi :território negro..........................................................48 ... PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA 1 SILVIA DE SOUZA DIAS O BAIRRO ZUMBI NA PERSPECTIVA DE TERRITÓRIO NEGRO E LUGARDE PRÁTICAS CULTURAIS AFRO-BRASILEIRAS EM CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM, ESPÍRITO SANTO. VITÓRIA 2014 SÍLVIA DE SOUZA DIAS 2 O BAIRRO ZUMBI NA PERSPECTIVA DE TERRITÓRIO NEGRO E LUGAR DE PRÁTICAS CULTURAIS AFRO-BRASILEIRAS EM CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM, ... II. Universidade Federal do Espírito Santo. Centro de Ciências Humanas e Naturais. III. Título. CDU: 93/99 SILVIA DE SOUZA DIAS 4 O BAIRRO ZUMBI NA PERSPECTIVA DE TERRITÓRIO NEGRO E LUGAR DE PRÁTICAS CULTURAIS AFRO-BRASILEIRAS EM CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM, ESPÍRITO SANTO. Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em História do
 0  7  90

Firma e território: três ensaios sobre inovação em ambientes periféricos

... como heterogêneo e fragmentado. Embora a unidade de análise seja a firma, o território está presente nos três artigos que são desenvolvidos nessa tese, que possui o intuito de explorar três dimensões da relação entre firma e território. No primeiro artigo, são abordados os territórios nacionais periféricos de duas economias de industrialização tardia, ... ................................................................................................. .131 xii RESUMO Esta tese apresenta três artigos que exploram diferentes dimensões da relação entre firma e território. No primeiro artigo, “Condicionantes da inovação tecnológica na Argentina e no Brasil”, são abordados os territórios nacionais periféricos de duas das três mais importantes economias latino-americanas, Brasil e Argentina, que ... Region. 1. INTRODUÇÃO 1 Esta tese trata a firma e o território como componentes indissociáveis da inovação. Buscase avançar no entendimento das inter-relações existentes entre as particularidades do processo inovador em países de industrialização tardia e os limites impostos pelo seu território, que é freqüentemente caracterizado como heterogêneo
 0  6  174

Justiça seja feita: direito quilombola ao território

... titulação dos territórios quilombolas, em três estados brasileiros: Maranhão, Minas Gerais e Rio de Janeiro. This paper focuses attention on the impact of the quilombola movement in the public space and the conflicts faced by quilombola communities linked to different social actors, economic and / or state concerning the titling process of quilombolas ... Ruralista; quilombola movement, black social movements. 11 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1- Modo como surge uma articulação nacional quilombola do local para o nacional ............ 199 Quadro 1- Tipos públicos ligados à questão quilombola ............................................ 69 Quadro 2- Áreas quilombolas estudadas e luta pelo território ... ........ 1.1.1. Definindo identidade quilombola ............................................................................................... 1.1.2. Definindo direito quilombola, cidadania efetiva e territorialidade quilombola ......................... 1.1.3. Os impedimentos para a efetivação da titulação ao território quilombola: a herança da ―cidadania
 0  4  350

Juventude quilombola: projetos de vida, sonhos comunitários e luta por reconhecimento

... 90 CONTRIBUIÇÕES PARA PENSAR A COMUNIDADE QUILOMBOLA DE BARRO PRETO 3 JUVENTUDE E JUVENTUDES: OS JOVENS QUILOMBOLAS DE 99 BARRO PRETO 3.1 ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A JUVENTUDE DE/EM 102 COMUNIDADES QUILOMBOLAS 3.2 OS JOVENS QUILOMBOLAS DA COMUNIDADE DE BARRO 105 PRETO 3.3 JUVENTUDES NO PLURAL: SONHOS E PERCEPÇÕES DE 114 JOVENS QUILOMBOLAS DE BARRO PRETO 4 ... Diretrizes e Bases da Educação MEC – Ministério da Educação MG – Minas Gerais N„GOLO – Federação das Comunidades Quilombolas de Minas Gerais NuQ – Núcleo de Estudos de Populações Quilombolas e Tradicionais OBEDUC – Observatório de Educação Quilombola e Indígena OJB – Observatório da Justiça Brasileira PBA – Programa Brasil Alfabetizado PCT‟s – Povos ... que se autorreconheceu quilombola. Todas apontando para relações de poder, conflitos, relações com o entorno, com a cultura, com o território, com a paisagem construída, paisagem natural, enfim, com o meio ambiente que envolve essa comunidade e, ao mesmo tempo, com os resultados de uma mobilização que gerou a certificação do território no ano de 2006,
 0  11  207

Mulheres quilombolas e culturas do escrito: voz e letra na comunidade quilombola do Mato do Tição/MG

... FaE Programa de Pós-Graduação em Educação Mulheres Quilombolas e Culturas do Escrito: Voz e Letra na Comunidade Quilombola do Mato do Tição/MG MARIA RAQUEL DIAS SALES FERREIRA Belo Horizonte 2016 MARIA RAQUEL DIAS SALES FERREIRA Mulheres Quilombolas e Culturas do Escrito: Voz e Letra na Comunidade Quilombola do Mato do Tição/MG Dissertação de Mestrado ... modos de participação das mulheres quilombolas na cultura escrita, é importante compreendermos as maneiras como elas se entendem enquanto Quilombolas do Mato do Tição e os modos como se dão as oralidades nessa comunidade. A partir daí, levantamos as seguintes questões: como essas mulheres agenciam sua cultura e a cultura quilombola por meio da linguagem? ... importantes para os estudos no campo da cultura escrita, já que, em decorrência de um processo de luta pela terra e pelo reconhecimento quilombola, marcado também por processos de exclusão e estigma racial, as quilombolas e os quilombolas passam a interagir com o escrito em diferentes situações da prática cotidiana, o que pode reformular as significações
 0  4  231

Parceiros em lavouras comunitárias e agricultores familiares agroecológicos: um estudo comparativo entre agricultura familiar em território de agricultura tradicional de Minas Gerais e agricultura agroecológica do centro de Rondônia

... 42 Capítulo 2 Agricultura Familiar em Territórios de Comunidades Tradicionais e de Fronteira 2.1 Agricultura em Áreas Tradicionais 2.2 A Formação das Comunidades de Senhora dos Remédios 2.3 Processo de Ocupação do Território do Centro/Leste do Estado de Rondônia 2.4 Os Projetos de Colonização em Rondônia 2.5 O Território de Comunidades Estudadas em ... AGRICULTURA FAMILIAR EM TERRITÓRIO DE AGRICULTURA TRADICIONAL DE MINAS GERAIS E AGRICULTURA AGROECOLÓGICA DO CENTRO DE RONDÔNIA Minas Gerais – Brasil Agosto – 2010 Cristiano Torres do Amaral 2 PARCEIROS EM LAVOURAS COMUNITÁRIAS E AGRICULTORES FAMILIARES AGROECOLÓGICOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AGRICULTURA FAMILIAR EM TERRITÓRIO DE AGRICULTURA ... desenvolvimento rural. Esses contrastes no campo estão presentes tanto nas comunidades de agricultores camponeses dos territórios de agricultura tradicional quanto de fronteira. Neste contexto, esta pesquisa apresenta uma análise entre comunidades de dois territórios que possuem significativa participação de comunidades de agricultores familiares/camponeses com
 0  2  146

Práticas de letramento no contexto digital: usos da leitura e da escrita no telecentro de uma comunidade quilombola

... dados.....................................................................60 Capítulo 4 – Comunidade quilombola: um lugar para a pesquisa ..........................65 4.1 Selecionando um local: uma comunidade quilombola. .............................................65 4.2 Comunidades quilombolas no Norte de Minas.........................................................66 4.3 ... o perfil das comunidades quilombolas do norte de Minas Gerais e da comunidade quilombola pesquisada. O processo de entrada em campo e as negociações pra ganhar acesso ao campo de pesquisa também serão discutidos nesse capítulo. No quinto capítulo, apresento o processo de imersão no campo, as tradições e religiosidade na comunidade quilombola. Analiso ainda ... meio de inclusão digital. Palavras-chave: Práticas de leitura e escrita – telecentro – comunidade quilombola – inclusão digital. ABSTRACT This research analyzes reading and writing practices in the use of computers and the internet in a telecenter in a quilombola community located north of Minas Gerais / Brazil. Aspects such as literacy will be observed
 0  6  237

Análise paramétrica de chaminés solares visando à otimização de desempenho em climas típicos do território brasileiro.

... otimização de desempenho em climas típicos do território 165 brasileiro Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 163-182, jan./mar. 2017. Análise paramétrica: materiais e métodos Realizou-se, através de análises paramétricas, uma previsão de desempenho de chaminés solares para os climas típicos do território brasileiro. As análises consistiram ... exemplo. Este artigo tem por objetivo investigar o potencial de chaminés solares para promover a ventilação natural em edificações de baixa altura, localizadas em climas típicos do território brasileiro. Para isso, realizou-se uma análise dos efeitos da variação de diferentes parâmetros geométricos e construtivos do sistema para uma cidade representativa ... Solar chimney. Parametric analysis. NEVES, L. de O.; da SILVA, F. M. da. Análise paramétrica de chaminés solares visando à otimização de desempenho 163 em climas típicos do território brasileiro. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 163-182, jan./mar. 2017. ISSN 1678-8621 Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. http://dx.doi.org/10.1590/s1678-86212017000100130 Ambiente
 0  5  20

Redes sociais, capital social e governança ambiental no Território Portal da Amazônia.

... utilizamos esta abordagem para mapear e mensurar o capital social de grupos de atores envolvidos na governança ambiental do Território Portal da Amazônia, localizado na Amazônia brasileira. O Território Portal da Amazônia Um território pode ser definido como um espaço físico, geograficamente delimitado, cujas fronteiras são estabelecidas por critérios ... diálogo entre atores e municípios que não são captadas pela delimitação do Território. Na medida em que a fronteira de um Território da Cidadania serve como fator restritivo para incentivos aos municípios e para atuação de políticas públicas, é possível questionar a delimitação do Território, na medida em que tal delimitação não corresponde às relações ... Amazônia. No caso demonstrado, uma redefinição do Território Portal da Amazônia pode se fazer necessária, abrindo possibilidades para repensar o conceito de Território da Cidadania. Um segundo ponto se refere às possíveis relações entre o fortalecimento da rede de diálogo e a efetividade de políticas públicas no Território. O exemplo demonstrado sugere que
 0  4  12

Reação francesa às ameaças de Cabanos e Bonis no território litigioso entre o Brasil e a Guiana Francesa (1836-1841).

... 160 Reação francesa às ameaças de Cabanos e Bonis no território litigioso entre o Brasil e a Guiana Francesa (1836 1841)1 French reaction to the menace from Cabanos and Bonis within the litigious territory between Brazil and French
 0  3  36

A Amazônia e a formação do Estado Imperial no Brasil: unidade do território e expansão de domínio.

... do Brasil, os territórios da Corte e da província do Rio de Janeiro estariam na mesma situação de serem contestados pelo governo inglês”, com o “mesmo direito com que contestam e usurpam os territórios nacionais no Norte”. Neste aspecto, Pereira de Vasconcelos evocava o princípio da não interferência nos negócios internos relativos ao território do ... coincidência entre o território do Brasil no período colonial e no período pósindependência, nem ao menos conferindo ao território nacional uma existência ou configuração pré-nacional embrionária. A necessidade de delimitar as áreas de fronteira, reconfigurando esses espaços, e a necessidade de assegurar a soberania brasileira no território amazônico, ... polícia de Demerara teriam avançado os limites do território brasileiro e demarcado a colônia de Demerara nas cabeceiras do rio Correntino, serra de Aracahy. Este evento havia permitido à Inglaterra ampliar os limites de possível ocupação territorial da Guiana inglesa para 76.000 milhas quadradas, quando o seu território nunca teria compreendido mais que
 0  3  12

Viver e trabalhar em território ocupado: a Palestina e seu povo.

... Ana Maria Maciel Montenegro VIVER E TRABALHAR EM TERRITÓRIO OCUPADO: a Palestina e seu povo1 CADERNO CRH, Salvador, v. 20, n. 49, p. 135-149, Jan./Abr. 2007 Ana Maria Maciel Montenegro* A Farouk Mardam-Bey Desde 1967, os Territórios Palestinos – a Cisjordânia,2 a Faixa de Gaza e a parte leste da cidade de ... abstenções, o Plano de Divisão da Palestina: 55% de seu território eram, assim, atribuídos a Israel – embora o Comitê Especial das Nações Unidas para a Palestina (UNSCOP10) pleiteasse a criação simultânea de um enclave internacional em Jerusalém, e de um Estado Árabe, que se estenderia sobre apenas 43% do território da Palestina histórica. A proposta, que ... insuficiência de forças para que se mantenha uma tropa nessas localidades (p. 40). O desmembramento organizado de um território cuja população tornava-se, assim, majoritariamente refugiada, conduziu – dir-se-ia inexoravelmente – aos Territórios Ocupados. Assim, tratar hoje da questão do controle exercido por Israel sobre o trabalho dos palestinos e
 0  6  15

Gestão social dos territórios da cidadania: o zoneamento ecológico-econômico como instrumento de gestão do território noroeste de Minas Gerais.

... gestão do território, orientar organismos governamentais e não governamentais na intervenção social no âmbito municipal, orientar contratos entre iniciativas privadas e governos, bem como servir de referência para ações judiciais de caráter público. Portanto, serve de base para a gestão social do território, tendo em vista que o Programa Territórios ... em prática os princípios norteadores da gestão social mencionados acima. Sabemos que os Conselhos de Desenvolvimento dos Territórios (CODETER) possuem informações socioeconômicas dos Territórios da Cidadania agrupadas no Atlas dos Territórios Rurais, publicado em 2004 pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que reuniu amplo conjunto de variáveis ... nas suas demandas. Assim, com base nessa categorização, a gestão social do território da Cad. EBAPE.BR, v. 9, nº 3, artigo 3, Rio de Janeiro, Set. 2011 p. 727-747 Gestão social dos territórios da cidadania: o zoneamento ecológicoeconômico como instrumento de gestão do território noroeste de Minas Gerais José Roberto Pereira Patrícia Aparecida
 0  4  24

Saúde coletiva, território e conflitos ambientais: bases para um enfoque socioambiental crítico.

... dependência dos sistemas e tecnologias perigosos, com riscos para a saúde dos trabalhadores e das populações no entorno. A expansão irresponsável de fronteiras em territórios outrora ocupados por indígenas, quilombolas e camponeses, dentre outros, leva à desestruturação das relações sociais, organizações comunais e modos de vida tradicionais dessas populações. ... violentamente desorganizadas, inclusive com assassinatos, para que esses territórios se integrem à economia capitalista globalizada, que desterritorializa as relações socioeconômicas locais e as reterritorializa a partir de novos códigos e signos. Dinâmicas territoriais homogeneizadoras formam um território -mundo18 que impõe, sob uma lógica mercantil, novos ... além e admite a coexistência de vários tipos de território dependendo dos fundamentos ligados ao controle e/ou apropriação do espaço, sejam eles políticos, econômicos e culturais, cada qual com uma dinâmica própria. Dessa forma, um mesmo espaço pode conter diversas territorialidades que podem envolver territórios temporários, permanentes, intermitentes,
 0  2  10

Saúde, meio ambiente e território: uma discussão necessária na formação em saúde.

... sociedade. Identificar as potencialidades e dificuldades de um determinado território, numa ótica estrutural, física e cultural, e, a partir dessa análise e observação compreender as barreiras impostas pela dinâmica do território, é fundamental no enfrentamento de problemas e necessidades. As vivências em territórios na Estratégia de Saúde da Família permitem práticas ... de outros segmentos3. A concepção de território no campo da Saúde ganha maior relevância a partir do processo de descentralização da década de 1990, quando responsabiliza o gestor municipal pela Saúde de seus munícipes e direciona a reorganização da atenção básica baseada em espaços geográficos, considerados territórios dinâmicos, pois envolvia ... processo. Tal perspectiva caracteriza uma concepção de território no setor Saúde que delimita uma população, vivendo em tempo e espaço determinados, com necessidades e problemas de saúde com um perfil demográfico, epidemiológico, administrativo, tecnológico, político, social e cultural, que o caracteriza como um território em permanente construção4. A formação
 0  2  10

Território, intersetorialidade e escalas: requisitos para a efetividade dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

... Projeto enquanto valores e objetivos; da análise dos interesses dos atores e de seu potencial de ação sobre o território, relativo à go- Projeto Território Capacidade de gestão Governabilidade Figura 1. Triângulo de Governo e Território. vernabilidade; e de seus meios e modo de gestão, que se voltam para a ampliação da Capacidade de ... implementação: Agenda 21, Territórios/Cidades Saudáveis8,18, assim como ferramentas propostas na consulta global para tanto, como a Matriz de Análise de Consistência de Valores Estruturantes e de Implementação dos ODS19. A abordagem da governança e as tecnologias de gestão estratégica e avaliação apresentadas são produtos da pesquisa “Territórios Sustentáveis, ... inscrição da práxis humana, expressão, sobre determinado território, das práticas sociais nele desenvolvidas, do poder sobre o espaço28,29. Evidentemente, tanto o Projeto como a Territorialidade pressupõem a existência de sujeitos individuais ou coletivos, portadores de projetos e atores sobre o território. Construtores de territorialidades30. Portanto,
 0  4  14

'Batedores da ciência' em território paulista: expedições de exploração e a ocupação do 'sertão' de São Paulo na transição para o século XX.

... ‘Batedores da ciência’ em território paulista ‘Batedores da ciência’ em território paulista: expedições de exploração e a ocupação do ‘sertão’ de São Paulo na transição para o século XX Trailblazers of science in the São ... cidades, algumas delas até batizadas em homenagem aos homens públicos que ajudaram a viabilizar a ocupação deste território: Presidente Prudente, Presidente Bernardes, Presidente Venceslau, Presidente Epitácio. Ou seja, quase a metade do território paulista foi ocupada após o início das ações da CGG. Por sua vez, a comparação entre as fotos panorâmicas ... 2008. Resumo Este artigo apresenta e discute a participação da Comissão Geográfica e Geológica de São Paulo, fundada em 1886, na cartografia e nos levantamentos de recursos naturais do território paulista a fim de viabilizar sua exploração econômica e ocupação agrícola, industrial e urbana. Coube à ciência e à técnica uma participação decisiva nesse processo,
 0  2  15

Telégrafos e inventário do território no Brasil: as atividades científicas da Comissão Rondon (1907-1915).

... Telégrafos e inventário do território no Brasil Telégrafos e inventário do território no Brasil: as atividades científicas da Comissão Rondon (1907-1915) Telegraphs and an inventory of the territory of Brazil: the scientific ... Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro Telégrafos e inventário do território no Brasil infra-estrutura de transportes e de comunicação entre as províncias parecia, à época, a mais apropriada garantia da agregação de populações tidas como dispersas e da integridade física do território. Com isso, em 1854, foi criada a Companhia Estrada de Ferro ... foi tudo”. O objetivo dessa Comissão era ligar ao Rio de Janeiro os territórios do Amazonas, do Acre (região cedida ao Brasil pela Bolívia em tratado de 1903), do alto Purus e do alto 784 História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro Telégrafos e inventário do território no Brasil Juruá, na fronteira com o Peru, e por intermédio
 0  3  32

Território e saúde: o estudo de Antônio Pimentel sobre o Planalto Central.

... Janeiro Território e saúde v.15, n.3, p.865-881, jul.-set. 2008 871 Moema de Rezende Vergara 872 História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro Território e saúde v.15, n.3, p.865-881, jul.-set. 2008 873 Moema de Rezende Vergara 874 História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro Território e ... Janeiro Território e saúde v.15, n.3, p.865-881, jul.-set. 2008 877 Moema de Rezende Vergara 878 História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro Território e saúde v.15, n.3, p.865-881, jul.-set. 2008 879 Moema de Rezende Vergara 880 História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro Território e ... Território e saúde FONTES Território e saúde: o estudo de Antônio Pimentel sobre o Planalto Central * Territory and health: Antônio Pimentel’s study on the Central Plateau Moema de Rezende
 0  3  17

Relíquias sagradas e a construção do território cristão na Idade Moderna.

... aos restos de seus mártires. Não jazia unicamente no território o caráter divino, que aproximava céu e terra no local de sepultamento dos santos e mártires, mas também no próprio corpo do santo, já que era ele o artefato que consagrava o território como porta divina. E uma das formas de consagrar novos territórios para a fé cristã podia justamente acontecer ... terras: os mortos e a ocupação do território luso-brasileiro, séculos XVI e XVII”,desenvolvido na FAU/USP entre 2002 e 2006 com apoio de bolsas de pesquisa da Cátedra Jaime CortesãoInstituto Camões e da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da USP. E-mail: . 11 Do ponto de vista técnico, a ocupação física de um território préexistente tratava-se ... desdobravase em uma série de desafios bastante mais complexos: o reconhecimento desse território na memória e na história cristã, sua inserção em uma perspectiva de futuro alinhada com a escatologia cristã, a criação de mecanismos de tradução dos significados religiosos da ocupação do território junto aos habitantes nativos, a promoção de uma coesão social em
 0  4  40

Alterações morfológicas e hemodinâmica tardias no território esplênico de pacientes com esquitomosse mansônica hepatoesplênica pós-anastomose esplenorrenal distal . (Estudo com ultra-som Doppler).

... esofágicas pois, idealmente, reduziria a pressão venosa no território cardiotuberositário sem alterar o fluxo mesentérico-portal. Entretanto, as mudanças que esta operação provoca no território esplênico não foram totalmente esclarecidas. Objetivo - Avaliar alterações morfológicas e hemodinâmicas tardias no território esplênico decorrentes da anastomose esplenorrenal ... ARQGA / 1039 ARTIGO ORIGINAL / ORIGINAL ARTICLE ALTERAÇÕES MORFOLÓGICAS E HEMODINÂMICAS TARDIAS NO TERRITÓRIO ESPLÊNICO DE PACIENTES COM ESQUISTOSSOMOSE MANSÔNICA HEPATOESPLÊNICA PÓS-ANASTOMOSE ESPLENORRENAL DISTAL. (Estudo com ultra-som Doppler) Azzo WIDMAN1, Ilka Regina Souza ... No.4 out./dez. 2002 Arq Gastroenterol 217 Widman A, Oliveira IRS, Speranzini MB, Cerri GG, Saad WA, Gama-Rodrigues J. Alterações morfológicas e hemodinâmicas tardias no território esplênico de pacientes com esquistossomose mansônica hepatoesplênica pós-anastomose esplenorrenal distal. (Estudo com ultra-som Doppler) INTRODUÇÃO CASUÍSTICA
 0  2  5

Gerenciamento de pneumáticos inservíveis: análise crítica de procedimentos operacionais e tecnologias para minimização, adotadas no território nacional.

... o gerenciamento de pneumáticos inservíveis no território nacional, após a instituição das Resoluções CONAMA retro mencionadas. A pesquisa bibliográfica realizada possibilitou avaliar a evolução dos procedimentos de manejo, diagnosticando a situação atual do gerenciamento desses resíduos sólidos especiais, no território nacional, as suas interfaces com ... Comunitária da UFSCar C573gp Cimino, Marly Alvarez. Gerenciamento de pneumáticos inservíveis: análise crítica de procedimentos operacionais e tecnologias para minimização, adotadas no território nacional / Marly Alvarez Cimino. -- São Carlos : UFSCar, 2004. 178 p. Dissertação (Mestrado) -- Universidade Federal de São Carlos, 2004. 1. Resíduos sólidos. 2. Gestão ... TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA URBANA Gerenciamento de Pneumáticos Inservíveis: Análise Crítica de Procedimentos Operacionais e Tecnologias para Minimização, Adotados no Território Nacional. MARLY ALVAREZ CIMINO Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos, como parte dos requisitos
 1  17  192

O ensino de geografia na educação quilombola: experiência na Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Antônia Socorro da Silva Machado - Comunidade Negra Paratibe,PB

... 4 GRÁFICO 5 Estudantes quilombolas por idade (2012) Reconhecimento da construção predial/residencial pelos estudantes quilombolas (2012) Estudantes quilombolas e não quilombolas do turno da tarde (2012) Entrevistas semiestruturadas realizadas por ano escolar (2012). Grupos étnico-raciais entre os estudantes (2012) Estudantes quilombolas que foram vítimas ... compreender o que são e quem são essas comunidades quilombolas e seus habitantes, entre outros? Por que será que alguns segmentos da elite brasileira, muitas vezes racistas, se incomodam com o que escolas em territórios quilombolas podem construir no pensar desses jovens quilombolas, uma vez sabendo que a pedagogia quilombola norteia um olhar antirracista e ... contribuições da Geografia Escolar para uma educação quilombola trata da relação Escola e Comunidade Quilombola que envolve duas realidades, tanto o contexto das tensões curriculares do ensino-aprendizagem, quanto os conflitos e contradições resultantes das questões étnico-raciais em um território quilombola urbanizado. Para construir essa narrativa,
 0  5  199

Cooperativismo e território: questões sobre a COAPECAL em Caturité-PB

... relacionadas diretamente ao desmembramento de parte do território de um município vizinho, Boqueirão, ocorrido na segunda metade dos anos de 1990. Assim, para entender o processo de formação do território de Caturité, município sede da COAPECAL, se faz necessário resgatar o processo de produção do território de Boqueirão. No tocante ao município de Boqueirão ... reestruturação do território municipal. Hoje sua atuação, estimulada pela integração ao Programa Fome Zero, extrapola os limites municipais e regionais, estendendo-se por ampla área do território paraibano e já alcançando outros estados do Nordeste. Estes e outros aspectos relativos à dinâmica da COAPECAL e de seus impactos sobre o território serão abordados ... chegarmos ás nossas considerações finais sobre a influência dessa cooperativa na formação do território de Caturité. 20 CAPÍTULO 1 - COOPERAÇÃO, COOPERATIVISMO E TERRITÓRIO: BREVE ABORDAGEM TEÓRICO-CONCEITUAL A abordagem sobre cooperação, cooperativismo e território realizada neste capítulo tem a pretensão de ir além de uma revisão da literatura,
 0  4  128

Documento similar