Rume Doenças Tratamento

Análise e gerenciamento de impactos ambientais no tratamento de esgoto doméstico mediante avaliação de ciclo de vida

... NO TRATAMENTO DE ESGOTO DOMÉSTICO MEDIANTE AVALIAÇÃO DE CICLO DE VIDA Katia Gonçalves Gutierrez Belo Horizonte 2014 ANÁLISE E GERENCIAMENTO DE IMPACTOS AMBIENTAIS NO TRATAMENTO DE ESGOTO DOMÉSTICO MEDIANTE AVALIAÇÃO DE CICLO DE VIDA Katia Gonçalves Gutierrez Katia Gonçalves Gutierrez ANÁLISE E GERENCIAMENTO DE IMPACTOS AMBIENTAIS NO TRATAMENTO ... de ACV em sistemas de tratamento de esgoto ......................................... 20 2.5.1 Tratamento de esgoto doméstico no Brasil......................................................... 20 2.5.2 O esgoto doméstico e as suas diferenças regionais ............................................ 21 2.5.3 A escolha por um sistema de tratamento de esgoto ... arte no uso de avaliação do ciclo de vida (ACV) em sistemas de tratamento de esgoto (continua) ..........................................................24 Tabela 3.1 – Resumo das hipóteses, dos parâmetros de verificação e .....................................29 Tabela 5.1 – Sistemas de tratamento de esgoto doméstico recorrentes em municípios do Brasil e
 0  3  129

Aplicação da função intensidade no delineamento de clusters de doenças no Estado de Minas Gerais.

... estudo das áreas adjacentes ao cluster detectado, por possibilitar atribuição de critérios de ações no controle de doenças em cada região de acordo com sua plausibilidade de pertencer ao cluster. 1.2.1 Escolha das doenças O controle de doenças de qualquer natureza é de suma importância para a população. Para que esse controle ocorra de uma forma mais ... análise de possíveis mudanças no perfil das enfermidades. Nesse sentido, o estudo das quatro doenças escolhidas (diabetes, dengue, hipertensão e tuberculose) mostra-se relevante para a sociedade, pois são doenças com alto percentual de presença na população. As doenças escolhidas para compor o banco de dados são consideradas sérios problemas para a população ... saúde pública. O diabetes mellitus e a hipertensão arterial são considerados doenças crônicas e o seu controle e tratamento dependem do comportamento do indivíduo em relação ao seu estilo de vida: 3 alimentação saudável, prática de atividade física, controle do peso. Essas doenças são responsáveis por elevadas taxas de gastos hospitalares, sendo assim
 0  3  59

Aplicação de técnicas estatísticas para avaliação de desempenho e confiabilidade de estações de tratamento de água

... desempenho e a confiabilidade, de estações de tratamento de água a partir de dados secundários. 2.2 Específicos Os objetivos específicos desta pesquisa são:  Avaliar o desempenho das estações de tratamento agrupadas por tecnologia de tratamento (e por porte;  Avaliar o desempenho individual de estações de tratamento, considerando o atendimento a padrões ... individual das diversas estações de tratamento, considerando o atendimento a padrões de potabilidade e metas de qualidade para a água tratada; estudo comparativo do desempenho das diversas tecnologias de tratamento analisadas; análise comparativa do desempenho das ETAs, em função do porte; análise de confiabilidade das estações de tratamento. A comparação de ... ........................................................................23 4.3 Tratamento estatístico preliminar ...........................................................24 4.4 Avaliação de desempenho das ETAs .....................................................26 4.4.1 Avaliação de desempenho das estações de tratamento agrupadas por tecnologia de tratamento e porte ..............................................................................26
 1  7  110

Avaliação da eficácia e tolerabilidade do ômega 3 e ácido fólico no tratamento de pacientes com zumbino

... realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico 33 TABELA 12 - Análise univariada para THI com o tratamento ômega 3 + ácido fólico dos 15 pacientes que realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico........................................................................... 34 TABELA 13 - Frequência do CGI-I dos 15 pacientes que realizaram o tratamento ... dos 15 pacientes que realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico.................. 30 GRÁFICO 5 - Perfil do CGI-I para cada paciente dos 15 pacientes que realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico......................... 35 GRÁFICO 6 - Perfil com alisamento do CGI-I dos 15 pacientes que realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico......................... ... realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico................... 28 TABELA 7 - Descrição do número de pacientes com informação para cada variável resposta por momento dos 15 pacientes que realizaram o tratamento com ômega 3 + ácido fólico........................... 28 TABELA 8 - Descrição do THI por semana dos 15 pacientes que realizaram o tratamento
 0  2  59

Avaliação da eficácia e tolerabilidade do uso de óvulos vaginais contendo metronidazol e nitrato de miconazol no tratamento de vaginites

... albicans84. Pacientes com candidíase vulvovaginal complicada requerem tratamento mais agressivo para conseguir-se alívio dos sintomas46. Essas infecções respondem bem ao tratamento com azólicos comumente usados para tratamento da candidíase não complicada, mas requerem período mais longo de tratamento, como o uso tópico por 14 dias ou repetição da dose do ... 9º-10º e no 22º dia após o tratamento. ... ..............55 Tabela 5 - Evolução das avaliações do esfregaço cérvico-vaginal antes (basal), no 9º-10º e no 22º dia após o tratamento? ??…………………………………................56 Tabela 6 - Evolução das avaliações microbiológicas do conteúdo vaginal antes (basal), no 9º-10º e no 22º dia após o tratamento? ??…………………………...............57 SUMÁRIO 1 ... dia após o tratamento? ??………………………………………............…………....52 Tabela 2 - Evolução das alterações físicas genitais indicativas de vulvovaginite antes (basal), no 9º-10º e no 22º dia após o tratamento? ??……............……………......53 Tabela 3 - Evolução das características físicas do corrimento genital antes (basal), no 9º-10º e no 22º dia após o tratamento? ??……………..…………..................54
 0  3  73

Avaliação da qualidade de vida dos adolescentes em tratamento oncológico no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais

... qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS). Os instrumentos para a avaliação da QVRS têm sido utilizados com muita frequência em Oncologia Pediátrica para avaliação de pacientes sobreviventes de câncer após o tratamento. Entretanto, a aplicação destes instrumentos para a avaliação da QVRS de pacientes em tratamento é limitada até o momento (NATHAN et al., ... mais fácil participar de um tratamento ou de outro (EISER e MORSE, 2001). Os tratamentos de doenças crônicas podem afetar diretamente a QV das crianças pela necessidade de comparecer ao hospital para as consultas ou para realização de procedimentos dolorosos. Além disso, pode haver efeitos indiretos da doença ou do seu tratamento sobre a aparência ... Pediátrica durante o tratamento oncológico. Casuística Instrumento Patologia Participantes Momento da Conclusões / Comentários abordagem 83 pacientes em QOLCC Neoplasias da infância Pacientes e Qualquer fase do Avaliação por terceiros (proxy-report) pode se útil quando a tratamento e 58 cuidadores tratamento criança
 0  8  140

Avaliação do acesso supratentorial infraoccipital no tratamento das lesões do espaço incisural posterior: estudo anatômico e clínico

... SUPRATENTORIAL INFRAOCCIPITAL NO TRATAMENTO DAS LESÕES DO ESPAÇO INCISURAL POSTERIOR: ESTUDO ANATÔMICO E CLÍNICO TESE DE DOUTORADO Faculdade de Medicina Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte – Minas Gerais Brasil 2006 Marcelo Magaldi Ribeiro de Oliveira AVALIAÇÃO DO ACESSO SUPRATENTORIAL INFRAOCCIPITAL NO TRATAMENTO DAS LESÕES DO ESPAÇO ... similaridades na sua apresentação clínica, prognóstico, apresentação radiológica e tratamento. São tumores de crescimento lento e os pacientes apresentam maior sobrevida quando comparados aos pacientes com gliomas de alto grau. A conduta correta envolve diagnóstico preciso, tratamento dos sintomas e ressecção cirúrgica associada ou não a terapia adjuvante. ... supratentorial infraoccipital approach, posterior incisural space. INTRODUÇÂO OLIVEIRA, Marcelo Magaldi Ribeiro de. AVALIAÇÃO DO ACESSO SUPRATENTORIAL INFRAOCCIPITAL NO TRATAMENTO DE LESÕES DO ESPAÇO INCISURAL POSTERIOR: ESTUDO ANATÔMICO E CLÍNICO. Belo Horizonte,2006. 98 p. / Tese (doutor) – Universidade Federal de Minas Gerais – -----Faculdade
 0  2  108

Avaliação dos resultados imediatos do biofeedback no tratamento da incontinência anal e de seu impacto na qualidade de vida dos pacientes

... FISI antes e depois do tratamento. ..............................................................32 GRÁFICO 9 – Dimensão de estilo de vida do FIQL antes e depois do tratamento. .........33 GRÁFICO 10 – Dimensão do comportamento do FIQL antes e depois do tratamento. ..34 GRÁFICO 11 – Dimensão da depressão do FIQL antes e depois do tratamento. ...........34 ... impacto na qualidade de vida dos pacientes (FIQL) após tratamento com biofeedback........................................................................................37 TABELA 6 – Associação entre a causa e a gravidade da incontinência (FISI) e o impacto na qualidade de vida dos pacientes (FIQL) após o tratamento com biofeedback............38 TABELA 7 ... de vida dos pacientes (FIQL) após o tratamento com biofeedback.........................................................................................38 TABELA 8 – Associação entre o número de sessões de biofeedback e a gravidade da incontinência (FISI) e o impacto na qualidade de vida dos pacientes (FIQL) após o tratamento com biofeedback..........................................................................................39
 0  5  12

Avaliação do tempo entre a detecção e o tratamento cirúrgico do câncer de mama no hospital das clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais

... e o tratamento cirúrgico da doença seja de até 90 dias. Neste estudo, o limite foi ultrapassado em 483 pacientes (94,2%). Conclusões: Esforços devem ser empreendidos no sentido de diminuir os atrasos desde a detecção até o tratamento do câncer de mama para diminuir a morbimortalidade relativa à doença. Palavras chave: Câncer de mama. Atraso no tratamento. ... CÂNCER DE MAMA ................................... 20 1.4 TRATAMENTO CIRÚRGICO DO CÂNCER DE MAMA....................................... 20 1.5 ATRASO NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA....................................... 21 1.5.1 ATRASO ENTRE A DETECÇÃO, DIAGNÓSTICO PATOLÓGICO E O INÍCIO DO TRATAMENTO CIRÚRGICO DO CÂNCER DE MAMA........................................ ... associadas à radioterapia (FISHER et al., 2002). 1.5 ATRASO NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA 1.5.1 ATRASO ENTRE A DETECÇÃO, DIAGNÓSTICO PATOLÓGICO E O INÍCIO DO TRATAMENTO CIRÚRGICO DO CÂNCER DE MAMA Ainda existe pouca informação para indicar o intervalo de tempo ideal entre o diagnóstico e o tratamento do câncer de mama (CAPLAN; HELZLSOUER, 1992). Entretanto,
 0  3  67

Avaliação motora de pacientes portadores de doenças neuromusculares: um estudo longitudinal

... de Doenças Neuromusculares do Hospital das Clínicas – UFMG. 15 3 ARTIGO I DOENÇAS NEUROMUSCULARES E INSTRUMENTOS DE MEDIDA (ARTIGO DE REVISÃO) Resumo O presente estudo é uma revisão bibliográfica sobre as doenças neuromusculares mais comuns na infância e os instrumentos de medida úteis na avaliação dos pacientes portadores dessas doenças. As doenças ... dissertação seguirá o esquema: 1. Considerações iniciais 2. Objetivos 3. Artigo I - Doenças neuromusculares e instrumentos de medida 4. Artigo II - Avaliação motora em pacientes com doenças neuromusculares:um estudo longitudinal 5. Considerações finais RESUMO As doenças neuromusculares (DNM) são afecções de origem genética ou adquirida que podem ... para o tratamento da DMD5. Desta forma, ressalta-se a importância dos estudos e desenvolvimento de instrumentos de medidas para avaliar de forma mais objetiva a função motora tanto para acompanhar individualmente os pacientes como também para avaliar a resposta aos tratamentos que estão surgindo. 3.2 Revisão da literatura 3.2.1 Semiologia das doenças
 0  2  88

Comparação entre o uso de incisões relaxantes limbares e lentes intraoculares tóricas no tratamento do astigmatismo corneano pré-existente na facoemulsificação

... INTRAOCULARES TÓRICAS NO TRATAMENTO DO ASTIGMATISMO CORNEANO PRÉ-EXISTENTE NA FACOEMULSIFICAÇÃO Orientador: Prof. Doutor Joel Edmur Boteon Faculdade de Medicina Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte – MG 2013 Giuliano de Oliveira Freitas COMPARAÇÃO ENTRE O USO DE INCISÕES RELAXANTES LIMBARES E LENTES INTRAOCULARES TÓRICAS NO TRATAMENTO DO ... relaxantes limbares e lentes intraoculares tóricas no tratamento do astigmatismo corneano pré-existente na facoemulsificação. OBJETIVO: Comparar o uso de incisões relaxantes limbares (IRL) e lentes intraoculares (LIO) tóricas, tanto em termos não-vetoriais quanto vetoriais, pelos métodos de Alpins e Thibos, no tratamento do astigmatismo corneano pré-existente ... favoravelmente ao grupo LIO tórica. A equação de regressão linear entre VApós/pré e %Sucesso constitui-se em instrumento matemático validado para avaliação do sucesso da cirurgia do astigmatismo em termos gerais. DESCRITORES Facoemulsificação. Astigmatismo. Tratamento. Lente intraocular. Modelo linear. ! ABSTRACT 12 TITLE: Comparison between the
 0  2  146

Doença periodontal e lesões orais na população HIV/aids do centro de referência, controle e tratamento da polícia militar de Minas Gerais

... Academia Americana de Periodontia (AAP), em 1999. A Classificação das Doenças e Condições Periodontais, de 1999 (Armitage, 1999), divide as DP em: 1) Gengivites: doenças inflamatórias infecciosas não destrutivas, circunscritas aos tecidos gengivais, classificadas em dois subgrupos: • doenças gengivais induzidas pela placa dental, que podem ser modificadas ... Odontológico, dos colegas e auxiliares. Ao Dr. José Ivany e a todos do Centro de Referência, Controle e Tratamento HIV/AIDS do Hospital Militar da PMMG. Obrigada Estelamar, Félix e Maia! À Juliana e demais auxiliares pela contribuição na coleta dos exames e tratamento dos pacientes. À Nattalice, Letícia, Rafaela, pela organização do banco de dados. Ao ... INTRODUÇÃO 2 REVISÃO DA LITERATURA 2.1 DOENÇAS PERIODONTAIS 2.2 DIAGNÓSTICO DA DOENÇA PERIODONTAL 2.2.1 PROFUNDIDADE DE SONDAGEM 2.2.2 PERDA DE INSERÇÃO CLÍNICA 2.2.3 SANGRAMENTO À SONDAGEM 2.2.4 NÍVEL DE PLACA MICROBIANA 2.2.5 CRITÉRIOS PARA DEFINÇÃO DE DOENÇA PERIODONTAL 2.3 A DOENÇA HIV/AIDS 2.4 ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS 2.5 DOENÇAS PERIODONTAIS NA INFECÇÃO
 0  3  170

Impacto da má oclusão e do tratamento ortodôntico na qualidade de vida de adolescentes

... Avaliar o impacto da má oclusão e do tratamento ortodôntico com aparelho fixo na qualidade de vida de adolescentes. Avaliar a percepção de pais e cuidadores com relação ao impacto da má oclusão e do tratamento ortodôntico com aparelho fixo na qualidade de vida de adolescentes. Avaliar o impacto da má oclusão e do tratamento ortodôntico com aparelho ... perto. Por que não os substitui por vastos horizontes? Bruce Chatwin Resumo Impacto da má oclusão e do tratamento ortodôntico na qualidade de vida de adolescentes O objetivo do presente estudo foi avaliar o impacto da má oclusão e do tratamento ortodôntico com aparelho fixo na qualidade de vida de adolescentes e seus familiares. A apresentação ... (Barbosa e Gavião, 2009). Existe interesse da comunidade científica em avaliar o impacto do tratamento das diversas alterações bucais na qualidade de vida dos indivíduos jovens e de seus pais e familiares (Ramos-Jorge et al., 2007; Malden et al., 2008). Por exemplo, o tratamento de lesões de cárie severas em crianças está associado a uma melhora significativa
 0  1  143

Influência da taxa de aquecimento do tratamento térmico final da microestrutura e textura do aço inoxidável ferrítico AISI 430 estabilizado ao nióbio

...  Avaliar a evolução da microestrutura e textura através de interrupções no tratamento de recozimento final com diferentes taxas de aquecimento.  Investigar a relação entre microestrutura, textura e o grau de estriamento.  Determinar a influência da taxa de aquecimento do tratamento térmico final na microestrutura, textura de recristalização, no coeficiente ... 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica, Materiais e de Minas. Daniella Gomes Rodrigues “INFLUÊNCIA DA TAXA DE AQUECIMENTO DO TRATAMENTO TÉRMICO FINAL NA MICROESTRUTURA E TEXTURA DO AÇO INOXIDÁVEL FERRÍTICO AISI 430 ESTABILIZADO AO NIÓBIO” Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação ... produção nas propriedades finais e nas condições de acabamento após a conformação do produto final. Neste trabalho pretende-se estudar a influência da taxa de aquecimento do tratamento térmico final na evolução da microestrutura e textura de recristalização, e avaliar a correlação da textura e microestrutura desenvolvidas com as propriedades mecânicas
 0  3  156

Internações hospitalares por doenças isquêmicas docoração, pelo SUS em Belo Horizonte: acesso, características e desfechos

... escolha das internações por doenças isquêmicas do coração, como modelo, nesta avaliação, justifica-se por sua relevância na morbidade e mortalidade hospitalar no país e em Belo Horizonte. Além do vasto conhecimento existente sobre a etiologia, fisiopatologia, epidemiologia, diagnóstico, tratamento e fatores de risco para estas doenças, sabe-se, também ... PATRÍCIA ALVES EVANGELISTA INTERNAÇÕES HOSPITALARES POR DOENÇAS ISQUÊMICAS DO CORAÇÃO, PELO SUS EM BELO HORIZONTE: ACESSO, CARACTERÍSTICAS E DESFECHOS BELO HORIZONTE 2005 PATRÍCIA ALVES EVANGELISTA INTERNAÇÕES HOSPITALARES POR DOENÇAS ISQUÊMICAS DO CORAÇÃO, PELO SUS EM BELO HORIZONTE: ACESSO, CARACTERÍSTICAS E DESFECHOS DISSERTAÇÃO ... Coronariana, outros procedimentos invasivos referentes à doença isquêmica (angioplastia e revascularização miocárdica), procedimentos relativos a outras doenças do aparelho circulatório, e procedimentos relativos a outras doenças não referentes ao aparelho circulatório); permanência (dentro da permanência máxima prevista: até 14 dias para IAM e até oito dias para
 0  2  107

Itinerário diagnóstico e terapêutico das famílias e dos pacientes com doenças órfãs

... Terapêutico das Famílias e dos pacientes com doenças Órfãs. Nele são apresentados os resultados e análise das entrevistas realizadas com mães de pacientes com doenças raras. Esta pesquisa teve como objetivo geral conhecer a trajetória dos pais e familiares de crianças portadoras de doenças raras em busca por diagnóstico e tratamento. Os objetivos específicos ... qualidade de vida das pessoas com doenças raras quase não existe. As famílias vivem diadia a dificuldade para obtenção do diagnóstico e após vencida esta etapa, a grande barreira está na obtenção de tratamento por meio de medicamentos, equipamentos e cuidados especializados contínuos. Palavras-chave: Doenças raras, doenças órfãs, Sistema Único de Saúde, ... definição para doenças raras, também conhecidas como doenças órfãs, mas segundo critérios europeus são doenças com incidência de até 5 casos para cada 10000 habitantes e que possuam como características clínicas o fato de serem crônico-degenerativas, debilitantes e de colocarem a vida em risco (Stolk, Willemen e Leufkens, 2006). A maior parte das doenças raras
 0  8  80

Ligadura elástica múltipla no tratamento da proctopatia actínica hemorrágica crônica: estudo piloto

... é a regra após a interrupção do tratamento. Portanto, mesmo que tais medicações se mostrem eficazes, é necessária uma técnica de tratamento que proporcione alívio dos sintomas por um período mais prolongado ou definitivo. 2.4.1.2 Oxigenioterapia hiperbárica A idéia de se utilizar a oxigenioterapia hiperbárica para o tratamento da PACH ocorreu após ... Wilde RESUMO 7 INTRODUÇÃO. A proctopatia actínica (PA) ocorre em até 20% dos pacientes submetidos a tratamento radioterápico para neoplasias malignas da pelve. Dentre todas as manifestações da PA, a retorragia é a mais freqüente, não havendo consenso sobre qual a melhor forma de tratamento. Várias técnicas endoscópicas foram descritas, porém nenhuma pode ser considerada ... pacientes não responderam ao procedimento e foram encaminhados ao tratamento com o plasma de argônio. A média de hemoglobina dos cinco pacientes acompanhados por 180 dias aumentou de 10,36g/dL para 12,6g/dL [p < 0,05 IC 95% (-3,878; 8 -0,642)]. O escore de Chutkan era 3,38 antes do tratamento, alcançando 2,0 após 30 dias e 0,6 após 180 dias do procedimento.
 0  8  83

I CONSENSO BRASILEIRO DE TRATAMENTO MULTIDISCIPLINAR DE METÁSTASE HEPÁTICA COLORRETAIS MÓDULO 2: MANEJO DAS METÁSTASES RESSECÁVEIS.

... receber obrigatoriamente tratamento cirúrgico do primário antes do início do tratamento sistêmico, mas serve de alerta para manter acompanhamento clínico rigoroso destes casos11. Quanto à abordagem inicial dos casos assintomáticos, no que pese a ausência de dados prospectivos e randomizados na literatura, o consenso assinala que o tratamento sistêmico inicial ... droga. A utilização de outros esquemas de tratamento sistêmico associado à ressecção de metástases hepáticas também já foi investigada. À semelhança dos anticorpos anti-EGFR (Cetuximabe), o uso de Irinotecano não se associou ao ganho de sobrevida em relação ao tratamento padrão30. A extrapolação de dados para tratamento da doença micrometastática na ... hemotransfusão) como parâmetros para indicação de tratamento cirúrgico do tumor primário como abordagem inicial9. A utilização de próteses endoluminais parece alternativa viável de paliação dos sintomas obstrutivos mais com o objetivo de realização de operação programada que como forma de alívio de sintomas durante todo o tratamento sistêmico10. Para os tumores
 0  24  5

Como abordar os efeitos de um tratamento ofertado em um serviço de psicanálise no âmbito público.

... num modelo tangente à experiência do tratamento, favorece a abordagem dos seus efeitos sem a descaracterização da experiência. Assim, num recorte do tempo de tratamento, podemos formalizar os efeitos de algo referente à especificidade do tratamento, ao seu “meio”. Elisa não percebe alterações em seu quadro com o tratamento anterior, chegando a criticar ... nosso caminho do meio com o tratamento psicanalítico, independente do contexto, pretende-se uma experiência subjetiva que cause um reposicionamento no paciente frente à desordem de que se queixa. Espera-se, com o tratamento, uma responsabilidade inédita do sujeito, responsabilidade pelo seu modo de sofrer e de amar. Para tanto, o tratamento requer arte e ... leva Elisa ao retorno e à continuidade do tratamento, como também ao questionamento quanto à sua parte na desordem de que se queixa, revelando um importante efeito na direção do que se espera com um tratamento psicanalítico, isto é, implicação e responsabilidade no mal-estar de que se queixa. Com esse “novo” tratamento, referido por Elisa como melhor
 0  6  15

Documento similar


Feedback