Feedback

Exílio Planetário

Cícero e a retórica do exílio: as figuras de repetição

... UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE LETRAS Marco Antônio da Costa Cícero e a retórica do exílio: as figuras de repetição Belo Horizonte 2013 Marco Antônio da Costa Cícero e a retórica do exílio: as figuras de repetição Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em Estudos Literários da Faculdade de Letras ... tradução, para o português, das trinta e quatro cartas produzidas durante o exílio do orador. Finalmente, a terceira parte constitui-se de um capítulo sobre figuras e outro que contém a análise dos dados da pesquisa. Palavras-chave: Cícero, figuras de repetição, epistolografia antiga, exílio. ABSTRACT This dissertation deals with the use of figures of repetition ... emprego de figuras de repetição feito por Cícero em sua correspondência de exílio. Este estudo justifica-se não só pela relevância da correspondência de Cícero, mas também pela inexistência, no Brasil, de um estudo específico do conjunto de cartas que ele escreveu durante o seu exílio com a consequente apresentação de uma tradução portuguesa das mesmas.
 0  4  141

O CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL COMO FERRAMENTA INDISPENSÁVEL AO ESTUDO DE MODELOS DE FÍSICA MECÂNICA E AS LEIS DO MOVIMENTO PLANETÁRIO

... 54 4.1.1 Considerações Iniciais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54 4.1.2 Leis de Newton . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 55 4.1.3 Movimento Planetário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 4.2 Segunda Lei de Kepler . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 71 4.3 Terceira Lei de Kepler . . ... modelos matemáticos capazes de denir conceitos físicos de Movimento, Trabalho e Energia para que no nal seja possível, através deles, abordar as Leis de Kepler do movimento planetário. xiv Capítulo 1 Preliminares Neste capítulo será apresentado um breve resumo de alguns conceitos do Cálculo Diferencial e Integral que serão utilizados no decorrer
 0  2  95

O exílio e o retorno do imigrante na obra de Julia Alvarez/Yolanda García

... uma vez que o exílio implica novos fatores culturais, sociais e políticos que passam a atuar sobre seu comportamento. Seu olhar muda não apenas em relação ao local de origem, mas curiosamente também em relação ao novo espaço e à nova condição em que se encontra, uma vez que a efetiva experiência do exílio também é contrastada com a idéia de exílio por ... tanto do ponto de vista social quanto econômico e psicológico. Reflito sobre a experiência no exílio, apontando o que ocorre com o indivíduo que se vê forçado a deixar sua terra natal. As visões de Edward Said, Stuart Hall e Julia Kristeva sobre o estrangeiro, o exílio e o sentimento de displaçamento tiveram um papel relevante na condução de minha discussão. ... brasileiro para ler e se interessar por assuntos dessa natureza, como é o caso dos livros de Alvarez, em que a imigração e o exílio são temáticas quase sempre presentes. O segundo capítulo analisa as experiências da família García no exílio. Procurei fazer um levantamento dos elementos de identificação cultural, como os aspectos físicos das personagens;
 0  2  171

A ironia na obra de Cristina Peri Rossi :: ditadura, exílio e depois

... (POSLIT) A ironia na obra de Cristina Peri Rossi: ditadura, exílio e depois Janaína Aguiar Mendes Galvão Belo Horizonte Fevereiro / 2007 PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com Janaína Aguiar Mendes Galvão 2 A ironia na obra de Cristina Peri Rossi: ditadura, exílio e depois Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação ... Haydée Ribeiro Coelho, existe a necessidade de considerar as produções durante o período do exílio de escritores e intelectuais latino-americanos, numa investigação que busque abarcar a criação e a investigação dos mesmos. Para grande parcela dos intelectuais, o exílio representou trabalho, produção, construção de uma nova ordem, alargamento de fronteiras ... 95 PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com 10 INTRODUÇÃO Cristina Peri Rossi nasceu em Montevidéu em 1941 e vive em Barcelona desde 1972, quando do seu exílio. Sua primeira obra foi publicada em 1963 e, desde então, produziu um número bastante expressivo de títulos em prosa e poesia. É formada em Literatura Comparada e exerceu
 0  2  98

Modernismo, socialismo e exílio: Alexander Altberg no Rio de Janeiro da Era Vargas (1930-1945)

... GERAIS ESCOLA DE ARQUITETURA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO Modernismo, socialismo e exílio Alexander Altberg no Rio de Janeiro da Era Vargas (1930-1945) BELO HORIZONTE 2014 LISZT VIANNA NETO 2 Modernismo, socialismo e exílio: Alexander Altberg no Rio de Janeiro da Era Vargas (1930-1945) Dissertação de mestrado apresentada ... XII. 8 RESUMO O exílio de arquitetos europeus nas Américas é um dos principais eventos da história da arquitetura moderna no século XX. Essa pesquisa aborda a trajetória de Alexander Altberg, arquiteto berlinense imigrado para o Rio de Janeiro em 1931, exaluno da Bauhaus e proeminente arquiteto Arthur Korn, como um estudo de caso do processo de exílio. No ... dissertação acompanham nosso recorte espaçotemporal, se dividindo em ordem cronológica da seguinte maneira: a outra metade desta introdução, intitulada “História e exílio? ??, analisará o fenômeno do exílio no século XX e contextualizará a trajetória de Altberg no amplo quadro da “diáspora” de arquitetos de língua alemã para a América Latina. O primeiro capítulo
 0  4  199

Onde fica o meu país?: O exílio e a migração na ficção pós-apartheid de Nadine Gordimer

... literatura do exílio e a literatura migrante. A primeira parte do Capítulo 1, cujo título – “Aquele precário reino do exílio? ?? – foi tomado de empréstimo a Edward Said,2 é voltada para esta revisão bibliográfica, seguida de algumas reflexões que buscam situar a obra e a vida de Nadine Gordimer diante da experiência e da possibilidade de exílio. Como ... distinção entre a diáspora e o exílio, John Durham Peters segue um caminho que acaba por criar algumas confluências e divergências entre os conceitos de Darko Suvin e os de James Clifford. Segundo Peters (1999, p. 19), “o exílio sugere um banimento doloroso ou punitivo da terra natal”. Além disto, seja voluntário ou involuntário, “o exílio geralmente implica ... o autor tenta traçar uma forma de diferenciar o exílio da diáspora. Segundo Peters, o contraste-chave com a diáspora está na ênfase desta sobre relações laterais e descentradas entre os dispersados. O exílio sugere um pesar (pining) pela ausência do lar; a diáspora sugere redes entre os compatriotas. O exílio pode ser solitário, mas a diáspora é sempre
 0  2  274

Trabalho psíquico do exílio: o corpo à prova da transição.

... dois termos — luto e exílio — devido às diferenças entre a realidade externa dos objetos referidos e Ágora (Rio de Janeiro) v. XVIII n. 2 jul/dez 2015 273-288 TRABALHO PSÍQUICO DO EXÍLIO: O CORPO À PROVA DA TRANSIÇÃO 279 seus diferentes destinos pulsionais, sobretudo no que se refere às vicissitudes espaço-temporais. No exílio, como na perda, ... arcaicos do psiquismo, e nos revelam Ágora (Rio de Janeiro) v. XVIII n. 2 jul/dez 2015 273-288 TRABALHO PSÍQUICO DO EXÍLIO: O CORPO À PROVA DA TRANSIÇÃO 275 a presença de um hiato espaço-temporal fundamental na experiência de exílio de tais sujeitos. O quadro sintomatológico geral desses indivíduos — oriundos da Colômbia, Panamá, Nicarágua, ... de reassentamento remete a uma situação estruturante e ansiogênica face à condição do exílio? Se nos propomos a estudar tal causalidade mediante a escuta clínica, devemos também nos debruçar sobre a tarefa de descrevê-la metapsicologicamente: I) o que está em jogo no exílio como algo que pode ou não ser recomposto psiquicamente, dando origem a novos destinos;
 0  4  16

Maternidade do exílio. Quando o deslocamento favorece a fertilidade.

... mãe rival do Édipo, que foi a princípio colocada de lado — desalojada com o exílio? — pudesse ser aqui reencontrada. O processo de gestação oferece a possibilidade de uma nova ligação materna, favorecendo assim uma aproximação com a (terra) mãe. Uma dolorosa gestação na terra do exílio Por outro lado, a análise do discurso das mulheres entrevistadas ... no deserto e condenados à morte, Agar e Ismael serão, contudo, ouvidos por Deus e salvos do perigo. Este episódio do Antigo Testamento permite entrever como, desde a Gênese, o exílio, a fertilidade e a maternidade estão ligados de maneira irredutível. Esta intrincação originária aponta o deslocamento e a fertilidade como sendo acontecimentos universais, ... perigosas para o sujeito. À imagem das personagens bíblicas Sara e Agar, a pesquisa denominada “Os efeitos subjetivos do deslocamento em mulheres migrantes”4 mostra a maneira como o exílio é suscetível de produzir consequências singulares na capacidade da mulher de procriar em terra estrangeira. Consideraremos, assim, os cruzamentos e os “descruzamentos” entre
 0  3  13

Será possível acabar de uma vez por todas com o exílio? "O xale", de Cynthia Ozick.

... Tradução Será possível acabar de uma vez por todas com o exílio? “O xale”, de Cynthia Ozick* Max Kohn Psicanalista, membro do Espace Analytique e da Maison de la Mère et de l’Enfant, em Paris. Diretor de estudos da Universidade de Paris-Diderot – Paris 7. Tradução de Pedro Henrique Bernardes Rondon Resumo: O exílio, do francês antigo essil, que provém do ... There’s no lost paradise from where we were exiled — our childhood, for instance. Keywords: Shawl, child, exile, infantile, homeland. Poderemos acabar com o exílio de uma vez por todas? O exílio, do francês antigo essil, proveniente do latim exsillum, significa a expulsão de alguém de sua pátria, com proibição de retornar; é a obrigação de residir ... 91-99 Será possível acabar de uma vez por todas com o exílio? “O xale”, de Cynthia Ozick 99 mais infernal. Em todo caso, enquanto há desejo, há esperança. Não fiquem sonhando com o paraíso. Vivam suas vidas de casal aqui e agora, com todas as suas insatisfações, e desejem o próprio exílio. Não se pode ficar suspirando pelo paraíso, sentindo-se
 0  2  9

Moagem de pós de carbeto de silício em moinho planetário.

... 392 Cerâmica 51 (2005) ) 392-397 Moagem de pós de carbeto de silício em moinho planetário (Planetary milling of silicon carbide powders) M. A. P. dos Santos1, C. A. Costa2 1Grupo de Materiais, Instituto de Pesquisas da Marinha - IPqM, R. Ipirú s/n, Ilha ... 2Programa de Engenharia Metalúrgica e de Materiais, COPPE - UFRJ, CP 68505 Rio de Janeiro, RJ 21945-970 Resumo Pó de alfa carbeto de silício (α-SiC) foi cominuído em moinho planetário durante os períodos de tempo de ½, 2, 4 e 6 h. A velocidade de rotação foi de 300 rpm, o meio de moagem foi álcool isopropílico e os corpos moedores foram esferas de ... métodos mecânicos que produzem pós submicrométricos e nanométricos são comumente classificados de moagem de alta energia e alguns equipamentos típicos empregados são moinho a jato, planetário e atritor. Esses processos têm sido utilizados tanto em escala laboratorial como industrial [3, 4]. Resumidamente, o processo de moagem a jato ocorre através da colisão
 0  2  6

Exílio: uma história em três dimensões.

... (São Paulo) Exílio: uma história em três dimensões Exile: one history in three dimensions _________________________________________________________________________________________ Heloisa PAULO Universidade de Coimbra, Coimbra, Portugal. Contato: heloisapaulo25@gmail.com Resumo: No século XX, a ascensão dos regimes fascistas leva ao exílio opositores ... estabelecidas no exílio. Tomando como ponto de partida o caso português, este trabalho pretende ressaltar alguns pontos importantes para a elaboração de biografias de exilados, tendo-se em conta a necessidade de cruzamento dos três espaços citados, a releitura da historiografia já produzida e os problemas da “memória oficial”. Palavras-chave: biografias; exílios; ... seja, Arganil e São João do Campo. Em segundo, as experiências vivenciadas antes do exílio, no caso o passado de Jaime de Morais como governador da Índia Portuguesa e o seu relacionamento com os canécos, como eram conhecidos os goeses. (PAULO, 05/2013). Em terceiro, a vida no exílio e o quadro de relações estabelecidas, como a inserção dos exilados no Brasil
 0  6  16

António de Spínola no exílio: a estadia no Brasil.

... 1975 as instalações da VARIG em Lisboa foram inclusivamente alvo de um atentado, com o arremesso de granadas explosivas. (CARVALHO, 2009, p. 104-109). O exílio e a criação do MDLP A experiência de exílio foi uma realidade difícil para António de Spínola. No espaço de pouco mais de um ano, o general passara de verdadeiro “herói nacional”, protagonista ... (São Paulo) v.33, n.1, p. 66-96, jan./jun. 2014 ISSN 1980-4369 74 António de Spínola no Exílio: a estadia no Brasil Numa entrevista concedida ao correspondente da agência EFE, no Rio de Janeiro, no início de agosto de 1975, Spínola declarou: o exílio para mim tem-se revelado precioso como período de reflexão sobre a experiência vivida e muito ... a estadia no Brasil foi um período igualmente relevante no seu percurso biográfico, e a sua análise permite acompanhar a atividade política desempenhada pelo general durante o exílio e, de igual modo, trazer alguma luz adicional a um período particularmente delicado das relações entre Portugal e o Brasil. Neste texto procura-se, por conseguinte, cruzar
 0  6  31

Terra Prometida, exílio e diáspora: apontamentos e reflexões sobre o caso judeu.

... questão. Assim, o exílio refere a indivíduos, enquanto a diáspora é uma categoria distintiva de coletividades. Segundo o autor, o exílio nasceu antes que a diáspora como categoria analítica e como fenômeno social. Finalmente, com o intuito de distinguir ambas as categorias, Tölölyan (2006, p. 196, tradução minha) assinala: Enquanto o exílio e a diáspora ... judaísmo sobre Terra Prometida, exílio e diáspora. Por último, tentarei descrever as mudanças ocorridas nos últimos anos entre diferentes segmentos judeus da diáspora em seu relacionamento com o Estado de Israel e com as sociedades hospedeiras como consequência de um marcado processo de dessionização. Palavras-chave: diáspora, exílio, Israel, judaísmo. Abstract: ... a concepção de judaísmo do célebre crítico literário: a verdadeira missão dos judeus deve encontrar-se no exílio; “os judeus devem ser hóspedes entre os gentios, estrangeiros que vivem como refugiados, desassossegados e despossuídos” porque só no exílio os judeus seguiram os valores dos profetas bíblicos e foram a vanguarda cultural e a consciência moral
 0  5  22

Exílio escravista: Hercule Florence e as fronteiras do açúcar e do café no Oeste paulista (1830-1879).

... http://dx.doi.org/10.1590/1982-02672016v24n0201 Exílio escravista: Hercule Florence e as fronteiras do açúcar e do café no Oeste paulista (1830-1879)1 Rafael de Bivar Marquese2 RESUMO: O artigo investiga a trajetória do artista e inventor Antonie Hercule Romuald Florence (1804-1879) na sociedade escravista brasileira do século XIX, procurando examinar os fundamentos do “sentimento de exílio? ?? ... pesar e inspirações estéreis. Eis as reflexões que faço em meu deplorável exílio9 . Para os padrões oitocentistas, Hercule Florence viveu muito. Ele faleceu aos 75 anos e, com exceção de uma breve viagem a Mônaco, em 1855, todo esse tempo foi passado em Campinas. O sentimento do exílio anotado em 1838 marcaria toda a longa trajetória desse artista-inventor ... escravista da sociedade brasileira oitocentista. E é neste último ponto, creio, que se encontram os verdadeiros fundamentos do exílio de Hercule Florence. O argumento central que pretendo desenvolver neste artigo é que seu sentimento do exílio se deveu às vivências na sociedade escravista de fronteira na qual ele se enraizou e às escolhas que tomou ao longo
 0  6  42

Brasileiros no exílio: Argel como local estratégico para a militância política (...

 0  25  263

Documento similar