Cor Marrom

Uma avaliação sobre características espaço-temporais baseadas em invariantes de cor para reconhecimento de ações

... invariância de cor. Em tal abordagem, robustez à geometria de iluminação, intensidade de iluminação e reexão specular partiu do modelo de reexão dicromática. Neste contexto, o presente trabalho possue três contribuições principais. Primeiro, estendemos o detetor de esquinas espaço-temporais para incorporar informação de cor (utilizando o sistema de cor RGB-normalizado) ... are easily identied if information on their corners are retained, but not if corners are removed and only lines (edges) are kept (see Figure 2.2 for an illustrative example), stressing the importance of corners and junctions to visual recognition. Indeed, experimental results have proved the eectiveness of corner-based local features to applications ... UMA AVALIAÇÃO SOBRE CARACTERÍSTICAS ESPAÇO-TEMPORAIS LOCAIS BASEADAS EM INVARIANTES DE COR PARA RECONHECIMENTO DE AÇÕES FILLIPE DIAS MOREIRA DE SOUZA UMA AVALIAÇÃO SOBRE CARACTERÍSTICAS ESPAÇO-TEMPORAIS LOCAIS BASEADAS EM INVARIANTES DE COR PARA RECONHECIMENTO DE AÇÕES Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciência
 0  3  104

"Bastaria ao poema apenas a cor da minha pele?": imagens do arquivo literário afro-brasileiro de Paulo Colina

... culturais, 19 indiretamente relacionados à questão racial. Como se percebe, há um corpo a transitar pelo poema, cuja pele é visível, porém indeterminada. De aparição intermitente, esse corpo escrito deixa-se confundir com o corpo da escrita, explicitado por meio da metalinguagem. É o corpo a corpo anunciado pelo título do poema. A questão que encerra o poema possui, ... dilemma becomes a central matter in many of Colina‟s texts. It has been summarized by the author in the final verses of his poem “Corpo a corpo” (Body-to-body) which lends the title to this thesis: “bastaria ao poema apenas/ a cor da minha pele?” (would it be sufficient for the poem/ my skin color alone?). Aiming at critically dealing with different manifestations ... literatura: fronteiras”, partimos do poema “Corpo a corpo”, de onde retiramos os versos acima referidos, para interrogar as relações entre dados biográficos, comumente vistos pela crítica como extraliterários, e a literatura propriamente dita. Nosso objetivo principal no capítulo inicial é o de notar o que ocorre quando os limites convencionais entre
 0  2  167

Detecção de incêndios ambientais utilizando persistência espaço-temporal, segmentação por cor e sub-amostragem de vídeo

... 18 2.9 Func¸o˜ es de equiparac¸a˜o das cores CIE RGB e CIE XYZ . . . . . . . . . . 19 2.10 Transformac¸a˜o do espac¸o de cores RGB para o espac¸o de cor CIE XYZ . 20 2.11 Transformac¸a˜o do espac¸o de cores RGB para o espac¸o de cor CIE Lab . . 22 2.12 Transformac¸a˜o do espac¸o de cores RGB para o espac¸o de cor CIE Luv . . 22 2.13 Objetos de ilusa˜o ... representac¸a˜o ela ira´ usar, isto e´, escala de cinza ou cores, nas quais diversas codificac¸o˜ es podem ser utilizadas, como por exemplo, nu´ mero de tonalidades de cinza, ou sistemas de cores diferentes, cada um com sua codificac¸a˜o espec´ıfica. 2.2.1 Percepc¸a˜o das cores e espac¸os de cores A cor pode ser definida como uma sensac¸a˜o subjetiva vivenciada ... modelo de composic¸a˜o de cores por adic¸a˜o, em que a soma de cores prima´rias (vermelho, verde e azul) produz cores intermedia´rias (ciano, amarelo e magenta). Aplicac¸o˜ es que envolvem materiais refletivos, como papel, banners e outros, utilizam o modelo subtrativo em que a subtrac¸a˜o de cores intermedia´rias produz as cores prima´rias, na˜o sendo
 0  4  126

Espodumênio brasileiro natural e tratado: um estudo dos centros de cor e coloração artificial

... sua cor. Através da correlação dos resultados obtidos por meio de técnicas como absorção óptica, fotoluminescência e ressonância paramagnética eletrônica (EPR), podemos caracterizar devidamente a cor de uma amostra e identificar os elementos ou centros de cor intrínsecos responsáveis pela cor. Pode-se então desenvolver modelos para explicar as cores ... 67 69 Resumo O presente trabalho teve como propósito correlacionar as cores em variedades de espodumênio gema, oriundas de Minas Gerais, com seus causadores (centros de cor) a fim de estabelecer modelos seguros para esses centros de cor e sugerir tratamentos para a melhoria e variação da cor dessas gemas. Foram estudadas as variedades amarela, verde ... transições na faixa óptica. Atualmente considera-se mais adequado utilizar o termo centros de cor para definir tanto impurezas cromóforas quanto os centros intrínsecos responsáveis pela cor nos cristais. Enfim, a cor nas gemas depende do número de coordenação do centro de cor – e sua interação com a rede cristalina – e simetria e, no caso de impurezas cromóforas,
 0  3  77

Laboratório de cor: paradigmas do estudo da cor na contemporaneidade

... plásticas, este estudo da cor pode se aplicar, em maior ou menor grau, aos outros campos das artes plásticas. Em termos gerais, não se trata de definir o que é a cor nem criar uma teoria da cor. Teoria da cor é um termo incorreto de se usar, quando estudamos a cor como uma disciplina de uma academia ou escola de arte. Existem teorias das cores. Na arte, uma ... a cor na arte na história ocidental; Jacqueline Lichtenstein, com A cor eloquente (1994) e a série A Pintura: textos essenciais (2004); Michel Pastoureau, historiador das cores e medievalista, com o Dicionário das cores do nosso tempo (1997) e Preto: história de uma cor (2011); Cromofobia, de David Batchelor (2007), artista britânico e estudioso da cor, ... Albuquerque LABORATÓRIO DE COR: PARADIGMAS DO ESTUDO DA COR NA CONTEMPORANEIDADE Belo Horizonte 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE BELAS ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES Laboratório de cor: paradigmas do estudo da cor na contemporaneidade Marcelo Albuquerque Belo Horizonte 2013 Marcelo Albuquerque Laboratório de cor: paradigmas
 0  3  254

Mineralogia, tipologia e causas de cor de espodumênios da Província Pegmatítica Oriental do Brasil e química mineral de NB-tantalatos da mina da Cachoeira (Minas Gerais)

... unidade geotectônica denominada Orógeno Araçuaí. O propósito deste trabalho foi estudar vários corpos pegmatíticos em que ocorrem diferentes tipos e variedades de espodumênio, a fim de definir seus aspectos químicos e causas de cor, além de comparar tais ocorrências na Província Pegmatítica Oriental do Brasil. As lavras estudadas foram: Chapadinha (Itinga), ... ótica, foi possível estabelecer que a componente amarela da cor desses espodumênios é causada pelo íon Fe3+. Em relação ao ambiente pegmatítico em que os espodumênios ocorrem, a maioria dos corpos estudados possui como rocha hospedeira os xistos, ou seja, são algo distantes do granito fonte. Tais corpos podem ser classificados como grandes, ou seja, de ... DE TRABALHO 2.1 Objetivos O propósito deste trabalho é estudar o mineral em vários corpos pegmatíticos em que ocorrem os diferentes tipos e variedades de espodumênio, com o fim de definir suas características, comparar tais ocorrências e discutir sobre suas causas de cor na Província Pegmatítica Oriental do Brasil. De tal modo, o estudo pretendeu estabelecer
 0  6  129

Interferências do fator cor da pele na percepção térmica de transeuntes.

... pessoas que declararam ter cor da pele branca, 277 de cor parda, 139 de cor preta, com ainda 5 indivíduos que se declararam indígenas e 3 asiáticos (cor amarela), perfazendo o total de 985 transeuntes. Comparativamente à distribuição demográfica levantada para o IBGE, embora haja o mesmo ordenamento por classes raciais (população de cor de pele branca mais ... temperatura entre cor da pele escura e clara é de praticamente o dobro para pessoas com cor mais escura. Interessantemente, embora haja diferenças entre a sensibilidade da pele em partes diversas do corpo, essas diferenças se reduzem com o aumento da radiação incidente: quanto maior o ganho térmico, menor se tornam as diferenças intracorporais. Em situação ... ocorrem durante o tempo de vida de um organismo, de modo a reduzir o estresse fisiológico ocasionado por alterações no estresse térmico 1 no clima natural (TOCHIHARA et al., 2012). Do ponto de vista fisiológico, a regulação térmica do corpo ocorre em diversos campos, incluindo a percepção e a transmissão da informação de ganho ou perda de calor do corpo
 0  6  14

Sociabilidade juvenil, cor, gênero e sexualidade no baile charme carioca .

... lá, você vai ver que a maioria é tudo de cor, da cor, sabe, branco não tem, tipo assim como se você for numa praia. Lá (no Charme) frequentam as pessoas escuras, mas, eu acho, não deveriam fazer assim, aquele lugar é só pra gente que é da cor, eu acho que não deveria ser assim. Mas, assim, a grande maioria é da cor, tipo praia, você vai lá, não tem só ... nesse contexto há uma uniformidade em relação à cor preta/negra, dificilmente encontrada em outros espaços de lazer, como o funk e o samba. Tal característica sugere uma configuração que desafia a visão da ausência de espaços de lazer homogêneos em termos de cor/ raça no cenário nacional. A dimensão da cor relacionada à construção de identidades sociais ... explicar direito. (Solano, 21 anos) Esse depoimento revela as mudanças na auto-classificação da cor que podem ocorrer ao longo de vida, em função de fatores conjunturais. Pode ser dito que um dos elementos que influenciam essas variações diz respeito à incorporação dos discursos de políticas de afirmação de identidades sociais. Quer dizer, o relato
 0  4  22

Autodeclaração de cor e/ou raça entre escolares paulistanos(as).

... da cor: mais de 90% dos que se identificam como de cor branca na pergunta fechada tinham se declarado da mesma cor na pergunta aberta e entre os de cor amarela esta percentagem é de quase 84%. Entre as pessoas que se classificaram como de cor preta na pergunta fechada, mais de 44% tinham se declarado da mesma maneira na pergunta aberta, 31% como de cor ... expressões que sugerem um entendimento de cor no “sentido literal” e não como metáfora para raça como, por exemplo, nas respostas: [minha cor é] ? ?cor de pele”, “rosa”, “bege”, ? ?marrom? ??, “saumão” (sic), “café com leite” e “clara” 774 Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 132, set./dez. 2007 Autodeclaração de cor e/ou raça... (Carvalho, 2005, p.81). ... variaram entre nove e 21 anos. As aplicações ocorreram em três escolas estaduais da região norte da cidade de São QUADRO 3 AS TRÊS VERSÕES DO QUESTIONÁRIO SOBRE COR E/OU RAÇA Perguntas comuns Qual a sua idade? Versão 1 1) Qual a sua cor? 2) A cor que melhor identifica você é... 3) O que você entende por cor Sexo Versão 2 Qual a sua raça? A raça
 0  4  41

Vítimas da cor: homicídios na região metropolitana de São Paulo, Brasil, 2000.

... homicídio reside no município de ocorrência, continua registrando os homicídios ocorridos na capital com município de residência da vítima ignorado como homicídios de residentes no Município de São Paulo. De acordo com a Fundação Seade 16, em 2000, 99,1% dos homicídios de residentes na Região Metropolitana de São Paulo ocorreram na própria re- gião, ... municípios e a capital subdividida em 96 distritos). Para a população, de acordo com o critério do IBGE, a raça /cor é autodenominada pelo entrevistado entre cinco categorias pré-codificadas (branca, preta, amarela, parda e indígena); para a vítima de homicídio, por sua vez, a raça /cor é atribuída pelo médico legista entre as cinco categorias acima citadas. O ... Homens com baixa escolaridade e jovens, negros e não-negros, apresentaram a mesma probabilidade de serem assassinados. De acordo com Beato Filho et al. 23, os homicídios ocorrem em regiões assoladas pelo tráfico de drogas e, de acordo com Zaluar 4, as vítimas fatais da violência não são pessoas estranhas ao crime, mas os próprios jovens pobres aliciados
 0  6  8

Cor, gênero e classe: dinâmicas da discriminação entre jovens de grupos populares cariocas.

... afro-descendentes. Assim, para a corrente integracionista, a particularidade cultural da idéia de mistura e do continuum de cores – traduzida pela convivência e integração de diferentes grupos de cor – tem um ―valor negociável‖ e deve ser preservada como um conjunto de práticas e valores internalizados como legítimos. Para a corrente igualitarista, a ênfase ... Quer dizer, a experiência decorrente do ―problema da cor? ?? na sociedade nacional varia segundo a maior ou menor presença de marcas fenotípicas e de que modo elas são contrabalançadas com outros aspectos como instrução, polidez, elegância, entre outros. A constante sobreposição e a estreita correlação entre categorizações de cor e classe, registradas nas ... 4) incorporação de projetos sociais desenvolvidos na Fundação Oswaldo Cruz; 5) perspectiva de comparação com o estudo de Monteiro (2002) desenvolvido com jovens da favela de Vigário Geral. Foi acordado que os nomes dos projetos não seriam divulgados, mas os representantes das quatro organizações tiveram acesso aos resultados do estudo. 303 Cor,
 0  4  29

Diferenciais dos fatores de risco de Doenças Crônicas não Transmissíveis na perspectiva de raça/cor.

... doenças crônicas não transmissíveis segundo raça/ cor. Estudo transversal com dados de inquérito telefônico com 45.448 adultos. Foram calculadas as Razões de Prevalencia dos fatores de risco de doenças crônicas segundo raça /cor. Após ajustes realizados segundo escolaridade e renda, persistiram diferenças de raça /cor. Entre mulheres pretas, pardas e homens ... autorreferência da raça /cor do entrevistado, comparável ao questionário utilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)4, o que possibilita analises referente à este quesito. Este estudo tem como objetivo analisar as diferenças entre as prevalências de fatores de risco de doenças crônicas não Transmissíveis, segundo raça cor branca, preta ... Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), nas 27 cidades em 2012. Este estudo apresenta estimativas relativas à população branca (raça /cor autodeclarada branca) e à população raça /cor autodeclarada preta e parda. O Plano de amostragem adotado para a seleção da amostra é apresentado detalhadamente em outra publicação27. No entanto,
 0  3  14

Masculinidade, raça/cor e saúde.

... à Saúde – CID-10. A taxa de mortalidade específica por sexo e raça /cor foi calculada pelo número de óbitos por grupos de causas e raça /cor específica, dividido pela população de raça /cor específica multiplicada por 100 mil. No atestado de óbito há cinco variáveis para designar a cor da pele, as quais se baseiam nas categorias do IBGE – negro, pardo, ... salientar que a cor nos dados populacionais é auto-referida pelo entrevistado, enquanto, no atestado de óbito, quem define raça /cor é um profissional de saúde. Portanto, ao calcular as taxas, pode ocorrer “erro” difícil de ser mensurado. Será analisada, neste trabalho, a mortalidade dos negros em relação aos brancos, pois pode haver dúvidas sobre a cor de um ... mortality profile of black and white men as registered in the death certificates emitted by the State of São Paulo in the year 1999. Rates of mortality were analyzed according to basic causes, according to the groups of ICD-10 [The International Statistical Classification of Diseases and Related Health Problems], and to the race/color: black and white. This
 0  5  10

Alteração da cor da madeira de teca por tratamento térmico.

... resultados das análises estatísticas das variáveis de cor com distribuição normal dos dados são apresentados na Tabela 1. Os valores médios obtidos para todas as variáveis de cor da madeira antes e após os tratamentos térmicos são apresentados na Tabela 2. De acordo com os resultados obtidos para a cor original da madeira de teca, o alburno está classificado ... neste estudo, o espaçamento tem efeito sobre a formação da cor original da madeira de teca, ocorrendo variações entre cerne e alburno. A variação da cor original da madeira pode estar relacionada às condições de crescimento, as quais afetam a taxa de crescimento da árvore. Esses resultados corroboram com o estudo de Thulasidas  et  al. (2006), os quais ... solúveis que afetaram sua cor natural e seu comportamento durante o tratamento. Floresta e Ambiente 2014; 21(4):521-534 Alteração da Cor da Madeira de Teca... 533 4. CONCLUSÕES O espaçamento afetou a cor original da madeira de teca antes e após o tratamento térmico. O aumento da temperatura intensificou a alteração da cor da madeira de teca. A
 0  4  14

Efeitos da radiação gama na cor, capacidade antioxidante e perfil de ácidos graxos em amendoim (Arachis hypogaea L.).

... radiações gama na cor, fenólicos totais, atividade antioxidante e perfil de ácidos graxos em amendoim (Arachis hypogaea L.). Os cultivares IAC-Tatu ST e IAC-Runner 886 foram submetidos a radiações gama com doses de 5,0; 7,5; 10,0; e 15,0 kGy e armazenados em temperatura ambiente. Não foram verificadas diferenças significativas na cor dos amendoins IAC-Tatu ... irradiador tipo Gammacell da Nordion, no Centro de Energia Nuclear na Agricultura – CENA/USP, em Piracicaba - SP, cuja taxa de dose foi de 0,635 kGy/hora. 3.2 Análise de cor As análises de cor foram conduzidas utilizando- se colorímetro Minolta e expressas as medidas em L* (luminosidade), a*, e b*. Os valores de a* e b* foram utilizados para cálculo do ... mL/minuto. 4 Resultados e discussão 4.1 Análise de cor As Tabelas 1 e 2 mostram os dados para luminosidade (L), croma (C) e ângulo Hue (Hº) para os dois cultivares de amendoim analisados. Para o cultivar IAC Tatu-ST, nenhum dos tratamentos ocasionou diferença significativa em nível de 5%, para nenhum dos parâmetros de cor estudados. No cultivar IAC-Runner 886
 0  2  5

Efeito do armazenamento à baixa temperatura (-4 ºC) na cor e no teor de acidez da farinha de trigo.

... as alterações de cor durante o armazenamento são proporcionais à cor inicial da farinha de trigo. Contudo, não foram observadas correlações significativas entre acidez e cor da farinha, o que pode ter ocorrido pelo armazenamento à baixa temperatura (–4 °C). Segundo Silva, Borges e Ferreira (1999), os efeitos das reações químicas e bioquímicas que ocorrem ... carotenoides. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, xx(x): x-x, xxx.-xxx. xxxx x Avaliação da cor e acidez de farinha de trigo 3.3 Correlação entre parâmetros de cor e teor de acidez A Tabela 1 mostra a análise de correlação entre os parâmetros de cor (L*, a* e b*) e acidez de lipídios. Através da análise destes coeficientes, verificou-se ... maturação da farinha durante a estocagem, é esperada uma mudança na sua cor (POMERANZ, 1974). A legislação brasileira (BRASIL,  2005) estabelece que a farinha de trigo deva apresentar cor branca, com tons leves de amarelo, marrom ou cinza, conforme o trigo de origem. Por outro lado, a cor dependerá também do tempo de armazenamento, que tem influência sobre
 0  3  5

Influência das condições de armazenamento sobre os pigmentos cárneos e a cor do salame italiano fatiado.

... pronunciada do que aquelas sem barreira à luz. No salame, os pigmentos nitrosos correspondem à mioglobina nitrosa (NOMB, cor rosa) e metamioglobina nitrosa (NOMetMb, cor marrom) . O pigmento NOMetMb se forma quando ocorre oxidação do pigmento NOMB [18]. Os maiores índices de cor vermelha (Figuras 1 e 2) foram obtidos nas fatias que estavam acondicionadas ... efeitos que ocorreram a 10 °C (Figura 1), porém com maior intensidade. Tal fato indica que um pequeno aumento na temperatura (5 °C) acelera as reações que conduzem à perda da cor vermelha no produto. Fato marcante ocorreu nas duas temperaturas estudadas para as amostras acondicionadas na embalagem 4 (↓Luz ↓O2), em que uma perda significativa na cor vermelha ... índice de cor encontrada por CAVANAGHI & NOGUEIRA [5], durante os 32 dias de armazenamento (Figura 1). A 15 °C, apenas as fatias que estavam nas embalagens 1 e 3 mantiveram-se dentro da faixa de cor supracitada, durante os 32 dias de armazenamento (Figura 2). Tal fato indica que a temperatura e o oxigênio, principalmente, exercem influência sobre a cor vermelha
 0  4  8

As redes de solidariedade da cor: o caso dos compadres Manoel e Lauriano.

... na repressão aos ajuntamentos da “gente de cor? ?? 20. Havia um incitamento à ação e ao enfrentamento das questões específicas da “gente de cor? ??, exemplificado, por exemplo, em periódicos como “O Homem de Cor? ?? e “O Brasileiro Pardo”. O trabalho de Ivana Stolze Lima analisa os periódicos da época e o lugar da ? ?cor? ?? na trama das identidades, ressaltando ... conjuntura de acirramento das tensões entre pardos e brancos. A maior parte desses crimes corresponde a lançamentos nos livros de Rol dos Culpados HISTÓRIA, SÃO PAULO, v. 25, n. 1, p. 147-169, 2006 157 AS REDES DE SOLIDARIEDADE DA COR sem que exista o processo correspondente18. Assim, são escassas as informações que poderiam nos colocar em terreno ... interpretar a participação dos “homens de cor? ?? nas lutas travadas na Corte durante o processo de aprofundamento da Independência no final dos anos 1820 e início dos anos 1830 demonstram como particularmente esse período caracterizou-se por uma crescente manifestação de uma “consciência” das questões relativas à cor e à condição dos pardos, crioulos e
 0  2  23

Do caranguejo vermelho ao Cristo cor-de-rosa: as campanhas educativas para a prevenção do câncer no Brasil.

... Do caranguejo vermelho ao Cristo cor- de-rosa NOTA DE PESQUISA Do caranguejo vermelho ao Cristo cor- de-rosa: as campanhas educativas para a prevenção do câncer no Brasil From red crab to pink Christ statue: cancer prevention education campaigns ... caranguejo vermelho ao Cristo cor- de-rosa: as campanhas educativas para a prevenção do câncer no Brasil. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, supl.1, jul. 2010, p.253-263. Resumo As campanhas de prevenção do câncer no Brasil são um aspecto importante da história do controle da doença. Os materiais produzidos no decorrer dessa história são ... educação sanitária, no início dos anos 1940, expressam as transformações ocorridas na saúde pública no período. As ações em saúde tiveram maior abrangência e incluíram o combate a várias doenças, entre elas o câncer. Foram também criados os Serviços Nacionais de Saúde, que incorporavam a nova organização do Departamento Nacional de Saúde. O objetivo
 0  4  11

Cor triatriatum sinister and secondary pulmonary arterial hypertension in a dog.

... edema pulmonar. Como ocorre aumento na resistência no leito pulmonar, ocorre aumento da pressão no tronco da artéria pulmonar, levando a um quadro de hipertensão arterial pulmonar e cor pulmonale (Kittleson, 1998). Os achados de exame físico variam perante o diagnóstico de cor triatriatum dexter ou sinister. Animais com diagnóstico de cor triatriatum sinister ... renal. Figura 1. Imagem macroscópica de coração de cão, demonstrando membrana fibromuscular (seta) subdividindo o átrio esquerdo em duas câmaras, inferior e superior, caracterizando cor triatriatum sinister. AE representa o átrio esquerdo com cor triatriatum sinister e VE representa o ventrículo esquerdo. Figura 2. Corte histológico transversal (A) e ... pulmonares. Quando essa absorção não ocorre, não há incorporação da circulação pulmonar no átrio esquerdo, gerando uma membrana que separa o átrio esquerdo em duas cavidades (teoria da máincorporação). Outra teoria refere-se a um crescimento anormal do septum primum (teoria da má-septação). Há também uma teoria em que o corno direito do seio venoso do embrião
 0  5  5

Biomassa de Rubrivivax gelatinosus na criação de frangos de corte: desempenho animal e cor dos produtos.

... pigmentos carotenoides, substâncias que possuem a capacidade de conferir cor aos alimentos e proteger contra reações oxidativas. Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito da biomassa de R. gelatinosus adicionada à alimentação de frangos de corte sobre o desempenho animal e a cor de carne e pele. Duzentos pintos machos Cobb 500 foram distribuídos ... Portanto, a intensidade de cor amarela e/ou vermelha pode ser controlada pela concentração e pelo tipo de xantofilas na dieta (Chen e Yang, 1992; Lai et al., 1996). Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito da biomassa de R. gelatinosus, adicionada à alimentação de frangos de corte, sobre o desempenho animal e a cor dos produtos, tendo em ... dietas experimentais ocorreu após a constatação de que os animais das diferentes parcelas estavam todos nas mesmas condições de desenvolvimento (não eram significativamente distintos quanto aos parâmetros zootécnicos). (branco absoluto). O valor de C representa a saturação das cores numa escala de 0 (cinza, branco ou negro) a 100 (cores puras e intensas).
 0  3  8

Cor triatriatum em paciente adulta acompanhada durante a gestação.

... Caso Cor Triatriatum em Paciente Adulta Acompanhada durante a Gestação Clinical Follow-up of a Pregnant Woman with Cor Triatriatum Rogério Tasca, Manuela Gonçalves Tasca, Paulo Artur Amorim, Isabel Cristina do Nascimento, Orlando Carlos Glória Veloso, Carlos Scherr Ecodoppler Exames Cardiológicos, Hospital Pan Americano - Rio de Janeiro, RJ Cor ... cardiopatia rara que pode causar obstrução no átrio direito3. Relato do Caso Sexo feminino, branca, 34 anos, grávida de quatro Palavras-chave Coração triatriado, Cor triatriatum, cardiopatias congênitas, adulto, gravidez. Correspondência: Rogério Tasca • Rua Souza Lima, 325/801 - 22081-010 – Rio de Janeiro, RJ E-mail: tasca@cardiol.br Artigo recebido em 09/04/06; ... superior e inferior em relação ao primeiro exame (máximo 7.8 mm Hg e médio 3.4 mm Hg.). A gravidez ocorreu e56 Tasca e cols. Cor triatriatum em paciente acompanhada durante a gestação Relato de Caso Fig. 1 - Eletrocardiograma. Fig. 3 - Corte apical quatro câmaras revelando membrana (seta) dividindo o AE em uma câmara inferior conectada
 0  5  3

Incidência comparativa da apendicite aguda em população miscigenada, de acordo com a cor da pele.

... evidenciada para os pacientes de outras cores de pele e à estabelecida na literatura como limite de ocor rência da apendicite, que é de 28 anos. Parece haver f atores, talvez genéticos, relacionados à cor da pele que são responsáveis pela prevalência da apendicite aguda em pessoas leucodérmicas. As diferenças entre as cores de pele não podem ser atribuídas ... de nossa população impossibilita considerações étnicas, porém é pertinente a classif icação de acordo com a cor da pele. A localização do Estado de Minas Gerais faz com que ele seja o mais representati vo no que concer ne à distribuição populacional por cor de pele. Em estudo epidemiológico prévio, v erificou-se que o padrão populacional dos pacientes Trabalho ... Endereço para correspondência – Dr. Andy Petroianu – Av.Afonso Pena, 1626 – ap. 1901 – 30130-005 – Belo Horizonte, MG. E-mail: petroian@medicina.ufmg.br 24 Arq Gastroenterol v. 41 – no. 1 – jan./mar. 2004 Petroianu A, Oli veira-Neto JE, Alberti LR. Incidência comparativa da apendicite aguda em população miscigenada, de acordo com a cor da pele do
 0  5  3

Proteinas do liquido cefalorraqueano: II. Valores normais das frações proteicas obtidas por eletroforese (variações ligadas a cor, sexo e idade).

... mulheres e crianças. Os coeficientes de correlação obtidos, assim como as verificações de significância destas correlações acham-se na tabela 3; pela análise desta tabela observa-se que em crianças não existem correlações significantes, no proteinograma, com a idade; em homens e em mulheres há correlação positiva, estatisticamente significante, ... absolutos, há correlação positiva, estatisticamente significante, entre idade e taxas das globulinas α2, β, τ, γ, tanto de homens como de mulhe­ res. Em homens, ainda foram observadas correlações significantes entre idade e as frações pré-albumina e albumina, e em mulheres foi significante a correlação entre idade e globulinas av Estas correlações significantes ... observada nos homens correlação positiva significante entre idade e> globulinas ^ (em percentagem), r (em percentagem), pré-albumina e albumina (estas últimas em valores absolutos)f e nas mulheres correlação positiva significante entre idade e globulinas a (em mg/100 ml). Na tabela 3 também se encontram os coefi- 1 cientes de correlação de Pearson,
 0  7  16

Variações da cor preta e negra na pintura de Eduardo Sued.

... Variações da cor preta e negra na pintura de Eduardo Sued Marcela Rangel palavras-chave: Eduardo Sued; pintura brasileira; cor; tinta preta; campo cromático Eduardo Sued transforma o pigmento preto de sua paleta física em campos cromáticos em suas pinturas. Ele costuma diferenciar a cor preta da cor negra. Diz que o preto torna-se ... suas reflexões a respeito da arte e das cores do que seu sentimento em relação ao mundo. O estado emocional pode sim influenciar a escolha de uma cor, mas não determina o andamento da obra. Suas indagações sobre o preto e o negro já foram documentadas em diversas ocasiões. Ele costuma diferenciar a cor preta da cor negra, diz que o preto caminha para ... mesmo essa vivência através das cores, em suas diferenças de luminosidades, saturações e silêncios.” Ibidem, p. 22-23. Ou: “Não se trata de uma correspondência entre uma escala musical qualquer e as cores, de tal modo que pudéssemos construir uma espécie de escala cromática, menos ainda da audição de sons através das cores. Isto mostraria, por certo,
 0  3  18

Documento similar


Feedback