Concentrações Hepáticas

Caracterização molecular de comunidades bacterianas de rejeitos siderúrgicos com diferentes concentrações de zinco

... de rejeitos siderúrgicos com diferentes? ?concentrações? ? de zinco        ORIENTADA: FLAVIANE ALVARENGA PINHEIRO  ORIENTADORA: ANDRÉA MARIA AMARAL NASCIMENTO  CO‐ORIENTADOR: EDMAR CHARTONE DE SOUZA         BELO HORIZONTE    Abril – 2010      Caracterização molecular de comunidades bacterianas  de rejeitos siderúrgicos com diferentes? ?concentrações? ? de zinco            Dissertação  ... Bibliográficas.......................................................................................... 43     Resumo   O  processo  siderúrgico  gera  700  Kg  de  rejeitos  por  tonelada  de  aço  e  esses  rejeitos  possuem  altas  concentrações? ? de  metais  indesejáveis,  que  dificultam  sua  reciclagem,  com  sérias  conseqüências  econômica e ambiental. A remediação feita através de microrganismos tem sido utilizada para tentar  ... recuperação de diversos metais, além de ser menos agressiva ao ambiente. A análise filogenética do  gene  de  rRNA  16S  das  comunidades  bacterianas  de  dois  rejeitos  siderúrgicos  com  diferentes  concentrações? ? de  zinco,  lama  fina  (LF,  2,3%)  e  estação  de  tratamento  de  efluentes  da  galvanização  (ETEG,  25‐50%),  revelou  a  ocorrência  de  cinco  filos:  Proteobacteria, 
 0  2  47

Marcadores inflamatórios solúveis como preditores de alteraçõeshistologicas hepáticas e resposta terapêutica na infecção crônica pelovírus da hepatite C

... INFLAMATÓRIOS SOLÚVEIS COMO PREDITORES DE ALTERAÇÕES HISTOLÓGICAS HEPÁTICAS E RESPOSTA TERAPÊUTICA NA INFECÇÃO CRÔNICA PELO VÍRUS DA HEPATITE C Alexandre Sampaio Moura Belo Horizonte 2008 ALEXANDRE SAMPAIO MOURA MARCADORES INFLAMATÓRIOS SOLÚVEIS COMO PREDITORES DE ALTERAÇÕES HISTOLÓGICAS HEPÁTICAS E RESPOSTA TERAPÊUTICA NA INFECÇÃO CRÔNICA PELO VÍRUS ... preditores de alterações histológicas hepáticas e resposta terapêutica na infecção crônica pelo vírus da hepatite C”, Belo Horizonte, MG, 2002 2007…………………………………………….. 40 Diagrama do momento da coleta de amostras de plasma para análise da associação entre níveis de mediadores inflamatórios solúveis e alterações histológicas hepáticas na infecção crônica pelo ... biópsia hepática............................................... 61 5.3.1 Mediadores inflamatórios solúveis e alterações histológicas hepáticas. ............ 61 5.3.2 Fatores clínico virológicos e alterações histológicas hepáticas. ........................ 67 5.3.3 Análise multivariada dos fatores associados com atividade necro inflamatória hepática................................................................................................... 70 5.3.4
 0  3  131

Perfil eletroforético de proteínas e concentrações de leptina, insulina e IGF-I do plasma seminal de tourinhos Gir-Leiteiros na peripuberdade

... Insulina.................................................................. 2.2.1.1.1 Determinação das concentrações de IGF-I....................................... 2.2.1.1.2 Determinação das concentrações de Leptina.................................... 2.2.1.1.3 Determinação das concentrações de Insulina................................... 2.3 Análise estatística............................................................................................... ... VETERINÁRIA Colegiado dos Cursos de Pós-Graduação PERFIL ELETROFORÉTICO DE PROTEÍNAS E CONCENTRAÇÕES DE LEPTINA, INSULINA E IGF-I DO PLASMA SEMINAL DE TOURINHOS GIRLEITEIROS NA PERIPUBERDADE Fernando Andrade Souza Belo Horizonte 2011 Fernando Andrade Souza Perfil eletroforético de proteínas e concentrações de leptina, insulina e IGF-I do plasma seminal de tourinhos ... (2010)..................................................................................... Correlação de Pearson e Spearman entre as concentrações de IGF-I no plasma seminal e os picos protéicos com afinidade à heparina (Martins, 2010)......................... Correlação de Pearson e Spearman entre as concentrações de IGF-I no plasma seminal e a densidade óptica das bandas protéicas em gel SDS-PAGE..........................
 0  5  115

Características construtivas e funcionais das agulhas de radiofrequência bipolares resfriadas para reduzir o sangramento nas ressecções hepáticas.

... utilização nas ressecções hepáticas mostraram média de 87 minutos, tamanho médio da incisão abdominal de 14 cm e sangramento médio de 58 ml. Nenhum paciente do grupo inicial recebeu transfusão de sangue ou derivados. Conclusão - As agulhas de radiofrequência bipolares resfriadas são viáveis e reduzem o sangramento nas ressecções hepáticas. ABSTRACT - Background ... publicação: 22/03/2011 Aceito para publicação: 19/04/2011 HEADINGS - Bipolar Hepatectomy. Bleeding. radiofrequency. RESUMO - Racional - Para diminuir o sangramento em ressecções hepáticas diversas opções tecnológicas têm sido divulgadas, dentre elas a radiofrequência. A intenção dos vários métodos é evitar o clampeamento vascular, fazer menor dissecção hepática ... ABCDDV/785 Técnica ABCD Arq Bras Cir Dig 2011;24(2): 173-175 CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS E FUNCIONAIS DAS AGULHAS DE RADIOFREQUÊNCIA BIPOLARES RESFRIADAS PARA REDUZIR O SANGRAMENTO NAS RESSECÇÕES HEPÁTICAS Construction of radiofrequency cold bipolar needles and its functional aspects to reduce the bleeding in hepatic resections José Artur SAMPAIO, Fábio Luiz WAECHTER, Thiago
 0  2  3

DEFICIÊNCIA NAS CONCENTRAÇÕES SÉRICAS DE VITAMINA B12, FERRO E ÁCIDO FÓLICO DE OBESOS SUBMETIDOS À DIFERENTES TÉCNICAS BARIÁTRICAS.

... 2016;29(Supl.1):62-66 DEFICIÊNCIA NAS CONCENTRAÇÕES SÉRICAS DE VITAMINA B12, FERRO E ÁCIDO FÓLICO DE OBESOS SUBMETIDOS À DIFERENTES TÉCNICAS BARIÁTRICAS Diante das graves repercussões clínicas decorrentes de carências nutricionais a curto, médio e longo prazo o presente estudo objetivou avaliar a deficiência nas concentrações séricas de vitamina B12, ... μg/dl;###
 0  43  5

Análise de fatores clínicos e histopatológicos em metástases hepáticas de adenocarcinoma colorretal.

... 241 ABCD Arq Bras Cir Dig 2007;20(4):241-4 Artigo original AnÁLISE DE FATORES CLÍnICOS E hISTOPATOLÓGICOS EM METÁSTASES hEPÁTICAS DE ADEnOCARCInOMA COLORRETAL Analysis of clinical and histopathological factors in adenocarcinoma colorectal cancer liver metastases Jefferson Cláudio MURAD, Ulysses ... Jr. U, Corbett CE, Rawet V, Ferreira VA, Puglise V, Massad E, Saad WA, Cecconello I, Habr-Gama A, Gama-Rodrigues J. Análise de fatores clínicos e histopatológicos em metástases hepáticas de adenocarcinoma colorretal. ABCD Arq Bras Cir Dig 2007;20(4):241-4 RESUMO - Racional - O câncer colorretal inclui-se entre as primeiras neoplasias malignas mais freqüentes ... ultrapassado somente pelo câncer de pulmão. Freqüentemente ocorrem metástases e o agravamento da doença levando à morte Objetivo - Avaliar se a ressecção cirúrgica radical das metástases hepáticas com margem de segurança superior a 10 mm promove maiores índices de sobrevivência e quais os fatores que podem auxiliar no prognóstico. Métodos – Análise retrospectiva
 0  6  4

Conservação de hepáticas na Mata Atlântica do sudeste do Brasil: uma análise regional no Estado do Rio de Janeiro.

... conservação dos táxons de hepáticas da Mata Atlântica do estado do Rio de Janeiro, após quatro anos da primeira análise realizada por Costa et al. (2005a), identificando o grau de ameaça da flora de hepáticas nesse importante ecossistema e fornecendo subsídios para a política de conservação no estado. Histórico dos estudos sobre a flora de hepáticas do estado do ... estudos briológicos no país. A primeira flora de hepáticas do Brasil foi realizada por Gradstein & Costa (2003) onde estão citadas 367 espécies de hepáticas para o estado do Rio de Janeiro. Posteriormente, Costa et al. (2005a,b) elaboraram o primeiro checklist de briófitas para o estado, onde citam 333 espécies de hepáticas, e a primeira análise da diversidade ... restritos a essas áreas. Figura 2. Número de espécies de hepáticas ameaçadas por cinturão altitudinal da Mata Atlântica do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. 920 Costa & Santos: Conservação de hepáticas na Mata Atlântica do sudeste do Brasil: uma análise regional... Figura 3. Número de espécies de hepáticas ameaçadas do Estado do Rio de Janeiro, Brasil,
 0  5  10

DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO EM PÓ ADICIONADA AO DILUENTE ACP-103® NA CONSERVAÇÃO DO SÊMEN SUÍNO.

... Diferentes concentrações de gema de ovo em pó adicionada ao diluente acp-103® na conservação do sêmen suíno 243 DOI: 10.1590/1089-6891v17i217643 MEDICINA VETERINÁRIA DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO EM PÓ ADICIONADA AO DILUENTE ACP-103® NA CONSERVAÇÃO DO SÊMEN SUÍNO DIFFERENT ... crioprotetoras. Este trabalho teve por objetivo testar diferentes concentrações de gema de ovo em pó (GOP), adicionada ao diluente água de coco em pó (ACP103®), e verificar qual mantém melhor a viabilidade espermática. Foram diluídos 36 ejaculados em ACP-103®, acrescidos de diferentes concentrações de GOP (0%, 1%, 3%, 5% e 7%) e conservados a 17 °C. ... móveis. Os diluentes acrescidos da gema de ovo nas concentrações de 3, 5 e 7% mostraram-se mais eficientes na manutenção da motilidade espermática que nos demais tratamentos (P
 0  16  9

QUALIDADE DO SÊMEN DE TAMBAQUI (Colossoma macropomum) CRIOPRESERVADO EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO.

... criopreservado em diferentes... 267 DOI: 10.1590/1089-6891v17i225386 MEDICINA VETERINÁRIA QUALIDADE DO SÊMEN DE TAMBAQUI (Colossoma macropomum) CRIOPRESERVADO EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO QUALITY OF TAMBAQUI (Colossoma macropomum) SEMEN CRYOPRESERVED IN DIFFERENT CONCENTRATIONS OF EGG YOLK João Paulo Silva Pinheiro1 Liliane Veras ... Portanto, busca-se a associação ideal entre esses elementos com o intuito de garantir uma boa qualidade seminal pós-descongelação(8-10). Diluentes mais complexos com diferentes concentrações de íons podem fornecer maior nutrição e proteção aos espermatozoides, como o Ringer modificado para peixes, composto por NaCl, KCl, NesapHerCmOá3tiecaC(1a1C-13l)2., ... diluente Ringer é eficaz quanto à cinética espermática pós-descongelação, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da associação do diluidor Ringer + DMSO com diferentes concentrações de gema de ovo sobre a taxa de motilidade e velocidade dos espermatozoides de tambaqui após a criopreservação. Material e Métodos Este trabalho foi aprovado pelo
 0  3  7

Antóceros e hepáticas dos Estados de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe, Brasil, depositados no Herbário SP.

... is a new record for Brazil. Key words: Anthocerotophyta, Marchantiophyta, new records RESUMO - (Antóceros e hepáticas dos Estados de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe, Brasil, depositados no herbário SP). Durante o estudo de antóceros e hepáticas depositados no herbário Maria Eneyda P. Kauffmann Fidalgo (SP) foram identificados 197 táxons de Anthocerotophyta ... Hoehnea 38(3): 429-481, 10 fig., 2011 Antóceros e Hepáticas dos Estados de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe, Brasil, depositados no Herbário SP Olga Yano1, Denilson Fernandes Peralta1,2 e Juçara Bordin1 Recebido: 18.02.2010; ... área de 712.682,29 km2. A região Nordeste foi historicamente pouco coletada e estudada em relação às briófitas. Desde a década de 1980, houve um grande avanço nos estudos de hepáticas nos Estados da Bahia e Pernambuco. Os principais trabalhos foram: Pôrto & Yano (1985), Yano & Andrade-Lima (1987), Yano et al. (1987), Pôrto & Grolle (1987), Pôrto (1990),
 0  4  53

Efeitos de diferentes concentrações de nitrogênio no crescimento de Aechmea blanchetiana (Baker) L.B. Sm. cultivada in vitro.

... maior número de folhas nas maiores concentrações de nitrogênio (concentração entre 1,78 e 30 mM). Provavelmente, nas duas espécies de bromeliáceas estudadas, as maiores concentrações de nitrogênio proporcionaram a manutenção das folhas mais velhas por maior tempo nas plântulas, diferentemente daquelas cultivadas nas concentrações menores com menor número ... em folhas, caule e raízes, e acondicionada individualmente em sacos de papel “Kraft” e secas Tabela 1. Concentrações dos íons e suas respectivas fontes utilizados nos meios de cultura Murashige & Skoog (MS) modificados em função das diferentes concentrações de nitrogênio (7,5; 15; 30; 60 e 120 mM) no crescimento de Aechmea blanchetiana in vitro. Íons ... comprimento dos brotos com o aumento da concentração de nitrogênio (concentrações entre 20 e 60 mM). Russowski & Nicoloso (2003) trabalhando com Pfaffia glomerata verificaram que o crescimento em altura das brotações das plântulas foi maior na concentração usual do meio MS, decrescendo nas maiores concentrações, segundo regressão quadrática. Gomes & Shepherd
 0  4  8

Fontes e concentrações de águas de fumaça na germinação de sementes e no vigor de plântulas de tomate.

... outros produtos e alguns destes podem, em concentrações altas como 1:1.000, ser responsáveis pelo decréscimo no vigor (Van Staden et al., 2004). Nas concentrações maiores ou igual a 1:25, a germinação (sem distinção entre plântulas normais e anormais) foi superior a 90%, sem diferenças significativas entre as concentrações, independente da matéria-prima ... da água de fumaça, acusando diferença significativa entre o controle e 17 concentrações. A segunda variável foi o “comprimento da raiz” que acusou diferença entre o controle e 10 concentrações. Esta última foi vantajosa pela maior facilidade e objetividade na sua avaliação. As concentrações que causaram efeito positivo e significativo nas diversas variáveis ... ARRUDA YMBC; FERRAZ IDK; ALBUQUERQUE MCF. 2012. Fontes e concentrações de águas de fumaça na germinação de sementes e no vigor de plântulas de tomate. Horticultura Brasileira 30: 293-299. Fontes e concentrações de águas de fumaça na germinação de sementes e no vigor de plântulas de tomate Yêda Maria
 0  8  7

Armazenamento refrigerado de morango submetido a altas concentrações de CO2.

... associada com altas concentrações de dióxido de carbono. Os morangos foram selecionados, resfriados e armazenados a 10°C em mini-câmaras herméticas, onde foram aplicadas as distintas concentrações de CO2 (0,03, 10, 20, 40 e 80%) combinadas com 20% de O2. Os morangos foram avaliados a cada 2 dias até se tornarem impróprios para o consumo. As concentrações ... fisiológicas. Atmosferas com elevadas concentrações de CO2 (maiores que 20%) podem ocasionar danos aos morangos, como o desenvolvimento de “off-flavor”, perda na coloração da polpa e de aroma (Brackmann et al., 2001). Estudos realizados por Ke et al. (1993) reportam que concentrações de 20 a 30% de CO2 em morangos acarretaram aumento nas concentrações de acetaldeído ... de agentes patogênicos. Para o armazenamento de morango, elevadas concentrações de CO2 foram eficientes na redução de perdas causadas por patógenos, principalmente por Botrytis cineria (Van der Steen et al., 2002). Brackmann et al. (2001), estudando atmosfera controlada com diferentes concentrações de CO2 (0, 10, 15 e 20%), observaram que a combinação
 0  4  7

Efeito da carga de frutos e concentrações salinas no crescimento do meloeiro Cultivado em substrato.

... nutrientes adequados para a planta, em todas as concentrações salinas estudadas, conseqüentemente, uma produ- 352 Hortic. bras., v. 26, n. 3, jul.-set. 2008 Efeito da carga de frutos e concentrações salinas no crescimento do meloeiro cultivado em substrato ção de MF e MS semelhantes. Deve-se ter em conta que as concentrações salinas avaliadas neste ... avaliar o efeito do número de frutos por planta e de concentrações salinas em solução nutritiva recirculante, no crescimento do meloeiro cultivado em ambiente protegido e em substrato de casca de arroz crua, durante os meses de fevereiro a maio de 2003. Três números de frutos por planta (2, 3 e 4) e três concentrações salinas da solução nutritiva (1,9; ... com maior eficiência, mesmo em concentrações mais baixas (Gálvez & Peil, 2000). Resultado semelhante foi encontrado por Bachi (2004), para a mesma cultura em substrato de casca de arroz, em que a solução nutritiva menos concentrada (CEi = 1,9 dS m-1) não limitou o crescimento e a produtividade das plantas. As maiores concentrações salinas tenderam
 0  4  6

Crescimento e teor de óleo essencial de mentas com diferentes concentrações de potássio na solução nutritiva.

... MANFRON PA; GARCIA DC; SINCHAK SS. 2007. Crescimento e teor de óleo essencial de mentas com diferentes concentrações de potássio na solução nutritiva. Horticultura Brasileira 25: 230-237. Crescimento e teor de óleo essencial de mentas com diferentes concentrações de potássio na solução nutritiva1 Tânea MB Garlet2; Osmar S Santos3; Sandro LP Medeiros3; ... var. citrata) em quatro soluções hidropônicas com diferentes concentrações de K (276; 414; 552 e 690 mg L-1) e idades das plantas. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, com cinco repetições, tendo os tratamentos fatorial para cada espécie: 4x6, 4x7 e 4x8, sendo quatro concentrações de K e idades da planta determinadas semanalmente ... hastes do que de folhas, o contrário ocorrendo com M. x gracilis que, além disso, apresentou maior produção equivalente de óleo por hectare, na concentração mais baixa de K. As concentrações de K sugeridas para favorecer o crescimento de Mentha em cultivo hidropônico encontram-se na faixa entre 276 e 414 mg L-1. ABSTRACT Growth and essential oil content
 0  4  8

Qualidade da carne de fêmeas suínas alimentadas com diferentes concentrações de ractopamina na dieta.

... fêmeas suínas alimentadas com diferentes concentrações de ractopamina na dieta, não foi observada diferença (P>0,05) entre as amostras para os parâmetros de sabor, textura e aceitação geral (Tab. 3). Tabela 3. Análise sensorial das amostras do músculo Longissimus de fêmeas suínas alimentadas com diferentes concentrações de ractopamina nas dietas Ractopamina, ... Campus de Lajes, SC  RESUMO Analisaram-se as qualidades física, química e sensorial, bem como o perfil de ácidos graxos da carne de fêmeas suínas alimentadas com dietas com concentrações crescentes de ractopamina. Foram utilizadas 468 fêmeas, com peso inicial de 84,77±7,20kg, alojadas em 36 baias e alimentadas com dietas contendo 0, 5, 10 ou 15mg ... ser acentuado pela maior adição do produto (Ramos e Silveira, 2002), limitando, assim, sua inclusão em dietas para suínos. Assim, objetivou-se avaliar os efeitos do uso de concentrações crescentes de ractopamina na dieta sobre as características físicas e sensoriais e sobre o perfil de ácidos graxos da carne de fêmeas suínas. MATERIAL E MÉTODOS O
 0  5  8

Inibidor da ECA e concentrações do peptídeo natriurético do tipo B, em idosos com insuficiência cardíaca.

... referência inferiores a 1,4 mg/dl. As concentrações plasmáticas do peptídeo natriurético B foram analisadas por imunoensaio fluorescente, utilizando-se equipamento Biosite Diagnostic (Triage BNP Test - Biosite, San Diego, CA, USA), capaz de quantificar concentrações entre 5 e 1300 pg/ml, com valores de referência < 100 pg/mL. Concentrações superiores a 1300 ... final de oito meses, as concentrações plasmáticas do PNB foram 67,4% menores em relação à condição basal. No início do estudo e dois meses após a administração de 10 mg de quinapril, todos os pacientes apresentavam concentrações plasmáticas acima dos valores de referência (> 100 pg/ml). Ao longo do estudo, a normalização dessas concentrações ocorreu ... consequentemente, as concentrações plasmáticas do PNB. No tratamento da IC, reduções nas concentrações plasmáticas do PNB, quando detectadas por análises seqüenciais no mesmo paciente, se correlacionam com melhora dos sintomas, aumento da capacidade funcional, redução da taxa de desfechos clínicos e melhor prognóstico. Por outro lado, concentrações plasmáticas
 0  4  8

Hepatectomia laparoscópica no tratamento das metástases hepáticas.

... procedimento em metástases hepáticas. DESCRITORES – Neoplasias hepáticas. Metástase neoplásica. Hepatectomia. Laparoscopia. INTRODUÇÃO Nos últimos decênios as ressecções hepáticas tornaramse o método de eleição para o tratamento curativo das metástases hepáticas. As principais indicações para a ressecção de metástases hepáticas são as de origem ... tecnologia nas ressecções hepáticas. Atualmente vivenciou-se o crescimento exponencial das indicações da videocirurgia nas ressecções hepáticas em diversos centros(1, 4, 5). O objetivo do presente trabalho foi descrever a experiência inicial e resultados imediatos da hepatectomia laparoscópica maior no tratamento de metástases hepáticas. MÉTODOS Quatro ... LAPAROSCÓPICA NO TRATAMENTO DAS METÁSTASES HEPÁTICAS Marcel Autran C. MACHADO, Fabio F. MAKDISSI, Felipe A. Rocha de ALMEIDA, Manoel LUIZ-NETO, Antonio Cavalcanti de A. MARTINS e Marcel C. C. MACHADO RESUMO – Descreve-se experiência inicial e resultados imediatos da hepatectomia laparoscópica no tratamento de metástases hepáticas em quatro pacientes. Uma
 0  4  3

Efeito protetor de antagonista das gliproteínas IIb/IIa nas alterações hepáticas e pulmonares secundárias à isquemia e reperfusão do fígado em ratos.

... GASTROENTEROLOGIA EXPERIMENTAL / EXPERIMENTAL GASTROENTEROLOGY ARQGA/1313 EFEITO PROTETOR DE ANTAGONISTA DAS GLICOPROTEÍNAS IIb/IIIa NAS ALTERAÇÕES HEPÁTICAS E PULMONARES SECUNDÁRIAS À ISQUEMIA E REPERFUSÃO DE FÍGADO EM RATOS Leonardo F. CANEDO, Marcel Autran C. MACHADO, Ana M. M. COELHO, Sandra N. SAMPIETRE, Telesforo BACCHELLA ... um evento comum e responsável por considerável morbidade e mortalidade. Objetivo - Avaliar efeitos de inibidor da glicoproteína IIb/IIIa, cloridrato de tirofiban, nas alterações hepáticas e pulmonares da lesão de isquemia e reperfusão de fígado de ratos. Método -Vinte e três ratos Wistar divididos em três grupos: laparotomia (n = 6), isquemia e reperfusão ... Avaliação pulmonar foi realizada pelo teste do azul de Evans e pela dosagem tecidual da mieloperoxidase no parênquima pulmonar. A oxidação e fosforilação mitocondrial das células hepáticas também foram avaliadas. Resultados - O grupo tratado com cloridrato de tirofiban apresentou menores níveis de aminotransferases, assim como alterações histológicas menos
 0  7  6

O uso do grampeador vascular nas ressecções hepáticas.

 0  2  4

Hipertensão portal esquistossomótica: influência do fluxo sangüíneo portal nos níveis séricos das enzimas hepáticas.

... ARQGA / 1085 ARTIGO ORIGINAL / ORIGINAL ARTICLE HIPERTENSÃO PORTAL ESQUISTOSSOMÓTICA: influência do fluxo sangüíneo portal nos níveis séricos das enzimas hepáticas Antonio ALVES Jr.1, Dercílio Alves FONTES1, Valdinaldo Aragão de MELO1, Marcel Cerqueira C. MACHADO2, Josilda Ferreira CRUZ1 e Egmond Alves Silva SANTOS1 RESUMO ... Gastroenterol 203 Alves Jr. A, Fontes DA, Melo VA, Machado MCC, Cruz JF, Santos EAS. Hipertensão portal esquistossomótica: influência do fluxo sangüíneo portal nos níveis séricos das enzimas hepáticas sangüínea, permitindo o cálculo do fluxo sangüíneo. Desta forma, obteve-se um exame de simples execução, baixo custo e não-invasivo, apresentando-se bastante útil ... estas se tornam lábeis às mudanças de sua perfusão. Já os pacientes com HPE têm, geralmente, a arquitetura lobular e a função hepática mantidas, sendo as alterações vasculares hepáticas e do sistema porta os aspectos fundamentais mais expressivos na fisiopatologia da HPE(9, 23). Estes aspectos transformam a HPE num bom modelo para estudo da fisiologia
 0  3  6

Fístulas arteriovenosas intra-hepáticas transtumorais (diagnóstico, importância e propostas de tratamento).

... com visualização da circulação portal. (Tempo tardio) 1. Fisiopatologia As fístulas arteriovenosas transtumorais intrahepáticas podem ser agrupadas, conforme sua origem em: arterioveno portais (casos 1 e 2) e em arterioveno hepáticas Figura 3c – Arteriografia seletiva da artéria hepática pós-introdução de Lipiodol®: retenção do Lipiodol® (seta ... CERRI****** RESUMO – Achados angiográficos de quatro pacientes portadores de tumor hepático com fístula arteriovenosa transtumoral intra-hepática (duas arterioveno portais e duas arterioveno hepáticas) . Concomitantemente, é mostrado o resultado após embolização com cianoacrilato (Histoacryl®) em um paciente e após introdução de Lipiodol® em dois. São comentadas as ... irregular ao tratamento e complicações pulmonares. Apesar do Lipiodol® atravessar a fístula arteriovenosa e se alojar nos ramos terminais da veia porta ou no pulmão, através das veias hepáticas, não há contra-indicação para o tratamento quimioembólico, mas se torna conveniente a oclusão prévia da artéria nutriente desta comunicação mediante o uso de cianoacrilato
 0  5  7

Comportamento de variedades de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) em inoculações com diferentes concentrações de Leifsonia xyli subsp. xyli.

... CANA-DE-AÇÚCAR (SACCHARUM SPP.) EM INOCULAÇÕES COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE LEIFSONIA XYLI SUBSP. XYLI. SÃO CARLOS 2010 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA – PPGBIOTEC CATIANA REGINA BRUMATTI COMPORTAMENTO DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR (SACCHARUM SPP.) EM INOCULAÇÕES COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE LEIFSONIA XYLI SUBSP. ... elaborada pelo DePT da Biblioteca Comunitária da UFSCar B893cv Brumatti, Catiana Regina. Comportamento de variedades de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) em inoculações com diferentes concentrações de Leifsonia xyli subsp. xyli. / Catiana Regina Brumatti. -- São Carlos : UFSCar, 2011. 84 f. Dissertação (Mestrado) -- Universidade Federal de São Carlos, 2010. 1. ... mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me!” Antoine de Saint-Exupéry RESUMO Comportamento de variedades de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) em inoculações com diferentes concentrações de Leifsonia xyli subsp. xyli. A cana-de-açúcar é uma planta semi perene considerada atualmente uma das mais importantes culturas agrícolas no mundo devido a sua
 0  3  86

Concentrações de flúor em saliva e urina de crianças após uso de produtos fluoretados.

... GRÁFICOS GRÁFICO 1: Médias das concentrações de flúor em saliva ao longo de 60 minutos após aplicação do gel. João Pessoa, PB, Brasil, 2009...........................48 GRÁFICO 2: Médias das concentrações de flúor em saliva ao longo de 60 minutos após aplicação da espuma. João Pessoa, PB, Brasil, 2009...................49 GRÁFICO 3: Médias das concentrações de flúor ... 2009.......................50 GRÁFICO 4: Comparativo das médias das concentrações de flúor em saliva ao longo de 60 minutos após aplicação dos produtos fluoretados. João Pessoa, PB, Brasil, 2009.......................................................................................51 LISTA DE TABELAS TABELA 1: Cálculos dos volumes de urina e das concentrações de flúor no período diurno ... 2009........................43 TABELA 2: Detalhamento das concentrações de flúor nos produtos, nas amostras e estimativas de exposição ao flúor pelos voluntários. João Pessoa, PB, Brasil, 2009..............................................................................................47 TABELA 3: Médias e desvio padrão (DP) das concentrações de flúor em saliva ao longo
 0  5  80

Concentrações de 25-hidroxivitamina d: fatores associados e relação com níveis pressóricos em idosos hipertensos

... CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO JULIANA PADILHA RAMOS NEVES CONCENTRAÇÕES DE 25-HIDROXIVITAMINA D: FATORES ASSOCIADOS E RELAÇÃO COM NÍVEIS PRESSÓRICOS EM IDOSOS HIPERTENSOS JOÃO PESSOA - PB 2012 JULIANA PADILHA RAMOS NEVES CONCENTRAÇÕES DE 25-HIDROXIVITAMINA D: FATORES ASSOCIADOS E RELAÇÃO COM NÍVEIS PRESSÓRICOS EM IDOSOS ... 1,25(OH)2D. É por este mecanismo que a concentração de 1,25(OH)2D no soro se mantém próxima do normal às custas de uma concentração de PTH. Isto implica concentrações de PTH relativamente altas para as concentrações de cálcio (LIPS, 2001). Neste mecanismo de hiperparatireoidismo compensatório, os níveis séricos de cálcio geralmente encontram-se normais ... 2009). Recente recomendação definida para status da vitamina D, foi proposta por Holick (2009), com os seguintes pontos de corte: considera como suficiente concentrações >75 nmol/L; como insuficiente concentrações entre 50-75 nmol/L; e deficientes abaixo de 50 nmol/L. Os valores de 25(OH)D normalmente são expressos em nmol/L ou ng/mL (1 ng/mL corresponde
 1  5  80

Documento similar


Feedback