Feedback

Comunidades

Comunidades críticas em Borges: experiência e experimentações a partir da teoria da história e da historiografia

... BRENO ANDERSON SOUZA DE MIRANDA Comunidades críticas em Borges: experiência e experimentações a partir da teoria da história e da historiografia Belo Horizonte Faculdade de Letras Universidade Federal de Minas Gerais 2012 BRENO ANDERSON SOUZA DE MIRANDA Comunidades críticas em Borges: experiência e experimentações ... própria crítica do escritor, respondem de certa forma às acusações veementes imputadas pelos que se dizem combatentes à “máquina céptica” da pós-modernidade. Confrontamos então as comunidades críticas em Borges, dentro e fora dos textos, com a utopia realista e sublime do autor, que experimenta tanto o horror e a dor totalitários, quanto o amor romântico, ... escritor, responden de cierta forma a las vehementes acusaciones imputadas pelos que se dicen combatientes a la “máquina escéptica” de la posmodernidad. Confrontamos entonces las comunidades críticas en Borges, dentro y fuera de los textos, con la utopía sublime y realista del autor, que experimenta tanto el horror y el dolor totalitarios, cuanto el amor
 0  2  148

Comunidades de leveduras associadas a cactáceas de ecossistemas de cerrado e restinga

... Instituto de Ciências Biológicas Departamento de Microbiologia DISSERTAÇÃO DE MESTRADO COMUNIDADES DE LEVEDURAS ASSOCIADAS A CACTÁCEAS DE ECOSSISTEMAS DE CERRADO E RESTINGA Larissa Falabella Daher de Freitas Belo Horizonte 2014 Larissa Falabella Daher de Freitas COMUNIDADES DE LEVEDURAS ASSOCIADAS A CACTÁCEAS DE ECOSSISTEMAS DE CERRADO E RESTINGA Dissertação ... também são específicos, sendo estes responsáveis pela estruturação das comunidades de leveduras em diferentes espécies de cactáceas. O presente trabalho teve como objetivo estudar a comunidade de leveduras associadas a cactos em ecossistemas brasileiros de Cerrado e Restinga, comparando as comunidades de leveduras associadas a tecidos necróticos, flores e ... ecossistema de Cerrado no Tocantins. Possivelmente as comunidades de leveduras dos cactos C. calcirupicola e C. pernambucensis apresentam semelhanças nas espécies de insetos vetores. Outra hipótese é que estes cactos tenham composição química do tecido similar, explicando assim a similaridade entre as comunidades de leveduras. ABSTRACT Cacti necrotic
 0  16  8

As comunidades de prática como suporte às decisões estratégicas em ambientes organizacionais

... informação....................................................................................... 3 COMUNIDADES DE PRÁTICA....................................................................... 3.1 Comunidades de prática e o aprendizado individual............................................ 3.2 As comunidades de prática e a tomada de decisão nas empresas............................................................................................................... ... importância das comunidades de prática em gerar elementos informacionais que comporão o processo. No que diz respeito aos quatro modelos de decisão descritos por Choo, é possível que as comunidades de prática se encaixem no modelo processual ou no modelo político, dependendo da forma como elas são encaradas pelas empresas. Existe, pois, o risco de se ter comunidades ... pelo papel das comunidades de prática na transformação da prática em conhecimento tácito. O tema foi pesquisado através de bibliografia existente que embora pouco explorada academicamente já é percebida no âmbito das organizações. Do desenvolvimento do tema surgem argumentos convincentes da necessidade de se identificar, e apoiar as redes e comunidades
 0  6  48

Comunidades essenciais, legiões demoníacas: multidão, literatura e riqueza comum

... Universidade Federal de Minas Gerais
 Faculdade de Letras Comunidades essenciais, legiões demoníacas: multidão, literatura e riqueza comum Aluno: Alemar S. A. Rena
 Orientadora: Profa. Dra. Myriam Ávila Belo Horizonte
 2015
 Alemar S. A. Rena Comunidades essenciais, legiões demoníacas: multidão, literatura e riqueza comum Tese ... Ávila Belo Horizonte, MG
 FALE / UFMG 2015
 Dados Internacionais de Catalogação-na-publicação (CIP) (Maurício Amormino Júnior, CRB6/2422) Rena, Alemar S. A. R393c Comunidades essenciais, legiões demoníacas: multidão, literatura e riqueza comum / Alemar S. A. Rena. — Belo Horizonte, 2015. 356 f. Orientadora: Myriam Ávila. Tese ... PARTIDA PELA UNIÃO A POTÊNCIA DO NÃO A POTÊNCIA DE NÃO SER NA POESIA A POTÊNCIA DE NÃO PERTENCER A POESIA, O AMIGO, O QUALQUER 32 33 36 45 51 60 65 69 72 76 80 83 85 87 3. COMUNIDADES ESSENCIAIS, LEGIÕES DEMONÍACAS: DOSTOIÉVSKI E A REVOLUÇÃO A LEGIÃO DEMONÍACA EGOÍSMO, EXPERIÊNCIA AFETIVA E OS LIMITES DA RAZÃO O HOMEM DO SUBSOLO E O EGOÍSMO RACIONAL
 0  2  361

Detecção de comunidades em grafos multicamada muito grandes

... detecção de comunidades nesse tipo de grafo, uma vez que fazendo-se uso das informação extras contidas nos grafos multicamada podemos atingir melhores resultados (melhores comunidades) . 1.3 Modularidade A métrica de modularidade (Newman & Girvan [2004]) define uma função com base na estrutura de comunidades (um mapeamento de vértices para comunidades) , ... modificação proposta com o intuito de evitar a formação de grandes comunidades é a do trabalho por Danon et al. [2006], que sugere normalizar a variação de modularidade Q produzida pela união de duas comunidades pela fração de arestas incidentes a uma das comunidades, para favorecer pequenas comunidades. De acordo com o autor isso leva a melhores valores ... para evitar grandes comunidades é a por Schuetz & Caflisch [2008a,b], que consiste em permitir a união de vários pares de comunidades em cada passo do algoritmo, ao invés de somente um par. Isso gera vários "centros"ao redor dos quais as comunidades são formadas, crescendo simultaneamente e tornando improvável a formação de poucas comunidades muito grandes.
 0  3  70

Efeitos de metais pesados presentes na água sobre a estrutura das comunidades bentônicas do alto Rio das Velhas

... PESADOS PRESENTES NA ÁGUA SOBRE A ESTRUTURA DAS COMUNIDADES BENTÔNICAS DO ALTO RIO DAS VELHAS-MG Sebastião Venâncio de Castro Belo Horizonte 2006 Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos da UFMG. EFEITOS DE METAIS PESADOS PRESENTES NA ÁGUA SOBRE A ESTRUTURA DAS COMUNIDADES BENTÔNICAS DO ALTO RIO DAS VELHAS-MG Sebastião ... descrever, utilizando índices bióticos, as modificações ocorridas na estrutura das comunidades bentônicas do Alto Rio das Velhas; • Relacionar modificações, observadas e determinadas pelos índices de riqueza, equitabilidade (Pielou), diversidade de Shannon-Wiener e BMWP dessas comunidades bentônicas, com os teores de metais detectados e com o Índice de Qualidade ... industriais, agrícolas e domésticos. O foco desta dissertação é investigar os efeitos que os metais lançados no Rio das Velhas e monitorados pelo IGAM exercem, em conjunto, sobre as comunidades de organismos bentônicos nesse rio, a partir de análises físico-químicas, bacteriológicas e de zoobentos feitas em 7 pontos de coleta, no “Alto Rio das Velhas”. São
 0  2  110

Estudo das comunidades bacterianas em filtros biológicos percoladores utilizados para o pós-tratamento de efluentes de um reator UASB

... em quatro filtros biológicos percoladores pós-reator UASB tratando esgoto doméstico. (1) Avaliar as comunidades associadas aos biofilmes dos FBP de forma qualitativa, por microscopia de contraste de fase; (2) Associar as abundâncias de e de comunidades microbianas específicas envolvidas em processos de remoção de nitrogênio (bactérias oxidadoras ... tradicionalmente aplicadas nos estudos de ecologia microbiana, foram utiliRados métodos de biologia molecular para a obtenção de dados mais completos e confiáveis sobre a estrutura das comunidades bacterianas. Desde que a presença e abundância de determinadas nitrificantes podem ser correlacionadas às suas atividades fisiológicas, a comparação entre as ... amônia, nitrito, nitrato e DBO podem proporcionar informações úteis sobre o desempenMo dos reatores, considerando a eliminação de amônia. As alterações da composição das comunidades de com o aumento da COV ao longo de três anos foram monitoradas em três diferentes profundidades dos FBP, pelas técnicas eletroforese em gel com gradiente de
 0  3  113

Estudo das comunidades microbianas associadas às infecções endodônticas de dentes decíduos sintomáticos e assintomáticos pelas técnicas do Multiple-Displacement Amplification e Checkerboard DNA-DNA Hybridization

... Odontologia 1 “Estudo das comunidades microbianas associadas às infecções endodônticas de dentes decíduos sintomáticos e assintomáticos pelas técnicas do Multiple-Displacement Amplification e Checkerboard DNA-DNA Hybridization” WARLEY LUCIANO FONSECA TAVARES Belo Horizonte 2008 WARLEY LUCIANO FONSECA TAVARES 2 “Estudo das comunidades microbianas
 0  4  52

Um Estudo sobre a evolução temporal de comunidades científicas

... 24 4.1 Maior CFC das comunidades científicas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.2 Caminho mínimo médio das comunidades científicas . . . . . . . . . . . . . 4.3 Coeficiente de agrupamento das comunidades científicas . . . . . . . . . . . 4.4 Assortatividade das comunidades científicas . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.5 Grau médio das comunidades científicas ... Análise das Comunidades 4.1 Evolução das Comunidades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.2 Caracterização dos Núcleos das Comunidades . . . . . . . . . . . . . . 4.3 Impacto dos Membros dos Núcleos na Estrutura Topológica das Comunidades . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.4 Visualização das Comunidades ... referidos, nosso trabalho foca em propriedades das comunidades e no papel que os líderes dessas comunidades desempenham na topologia da rede. Alguns outros trabalhos também abordaram o estudo de comunidades científicas. Particularmente, Backstrom et al. [2006] estudaram comunidades na LiveJournal10 e comunidades científicas extraídas da DBLP. Esses dois
 0  33  99

O perfil conceitual de calor e sua utilização por comunidades situadas

... DE CALOR E SUA UTILIZAÇÃO POR COMUNIDADES SITUADAS Angélica Oliveira de Araújo Belo Horizonte - 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS – UFMG FACULDADE DE EDUCAÇÃO – FaE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DOUTORADO EM EDUCAÇÃO: CONHECIMENTO E INCLUSÃO SOCIAL EM EDUCAÇÃO O PERFIL CONCEITUAL DE CALOR E SUA UTILIZAÇÃO POR COMUNIDADES SITUADAS ANGÉLICA ... por essas comunidades contempla modos de falar sobre calor estabilizados pela ciência e também conceitos alternativos de calor como sensação térmica, como temperatura e como substância. Os resultados demonstram que pode haver diferentes significados que são estabilizados para um mesmo conceito quando este é colocado em uso por diferentes comunidades. ... Quadro 15 – Síntese da utilização do calor como sensação térmica pelas comunidades ...........................................................................................................131 Quadro 16 – Síntese da utilização do calor como temperatura ou temperatura alta pelas comunidades. .................................................................................................143
 0  3  223

IMPACTOS DA HIDRELÉTRICA SAMUEL SOBRE AS COMUNIDADES DE PEIXES DO RIO JAMARI (RONDÔNIA, BRASIL).

 0  2  34

Incidência e fatores de risco de diarréia e infecções respiratórias agudas em comunidades urbanas de Pernambuco, Brasil.

... Veras 4 Eleon ora Oliveira d a Lu z 4 M a la qu ia s Ba t ist a Filh o 4 Ricard o Q. Gu rgel 5 Incidência e fatores de risco de diarréia e infecções respiratórias agudas em comunidades urbanas de Pernambuco, Brasil Inc id e nc e and risks fac to rs fo r d iarrho e a and ac ute re sp irato ry infe c tio ns in urb an c o mmunitie s o f Pe rnamb uc
 0  2  9

Enteroparasitoses em pré-escolares de comunidades favelizadas da cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

... enteroparasitos nas quatro comunidades estudadas. 30 25 25,3 20 25,0 19,3 15 10 5 %0 Giardia lamblia 9,3 7,6 3,0 2,6 2,0 1,4 Ascaris Trichuris Entamoeba Endolimax Entamoeba Iodamoeba Strongyloides Hymenolepis lumbricoides trichiura coli nana histolytica butschlii stercoralis nana comunidades (em torno de 60,0%) ... prevalência das enteroparasitoses foi verificada através de inquérito coproparasitológico realizado de março de 1990 a outubro de 1991, em 1.381 pré-escolares provenientes de quatro comunidades faveladas da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Por meio da técnica de Blagg et al. (1955), foi encontrada uma positividade geral de 54,5. Os parasitos mais freqüentes ... parasitada (Gross et al., 1989; Ferreira et al., 1994; Santana et al., 1994). No Município do Rio de Janeiro, pouco se conhece sobre a situação atual das enteroparasitoses em comunidades de baixo nível sócioeconômico. Este trabalho teve como objetivo estabelecer a prevalência de enteroparasitoses em crianças menores de cinco anos de idade, residentes
 0  5  5

Instituições psiquiátricas e comunidades: um estudo de demanda em saúde mental no Estado de São Paulo, Brasil.

... ARTIGO ARTICLE 93 Selm a Lan cm an 2 Instituições psiquiátricas e comunidades: um estudo de demanda em saúde mental no Estado de São Paulo, Brasil 1 Psyc hiatric institutio ns and c o mmunitie s: a stud y o f the d e mand fo r me ntal he alth
 0  5  10

Saúde materno-infantil em comunidades quilombolas no norte de Minas Gerais.

... pelo menos na área da saúde, sobre as comunidades quilombolas destaca também a invisibilidade dessas comunidades aos olhos da academia. Existem poucos estudos que abordam a questão da saúde materno-infantil para comunidades negras ou, mais especificamente, para comunidades quilombolas. Alguns estudos limitam-se a comunidades isoladas e não permitem a ... quilombolas. Inicialmente, efetuou-se o levantamento de todas as comunidades quilombolas reconhecidas pela Fundação Palmares existentes na região norte de Minas Gerais. A partir das 33 comunidades identificadas, elaborou-se um plano amostral para alocação de residências que fossem representativas de todas as comunidades. Nesse sentido, a unidade amostral do presente ... imprime, sobretudo às crianças das comunidades, um maior risco de contrair doenças decorrentes da agressão ao meio ambiente12. As comunidades avaliadas revelaram-se sem adequado atendimento em relação aos serviços de saneamento básico, coleta de lixo e acesso à água tratada. Naturalmente, as condições geográficas das comunidades quilombolas, quase sempre
 0  6  7

Avaliação da qualidade da água de consumo por comunidades ribeirinhas em áreas de exposição a poluentes urbanos e industriais nos municípios de Abaetetuba e Barcarena no estado do Pará, Brasil.

... problema de saúde pública. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade das águas consumidas em duas comunidades ribeirinhas no Estado do Pará expostas a poluentes domésticos e industriais. Foram realizadas quatro campanhas de amostragem nas duas comunidades e as variáveis utilizadas para o cálculo do Índice de Qualidade da Água (IQA) foram pH, Sólidos ... boa separação de dois grupos no eixo y associado com as características das águas de domicílio entre as comunidades Maranhão e Vila do Conde. Este resultado confirma uma diferença significativa na qualidade das águas coletadas nos recipientes destas comunidades. Na comunidade Maranhão as águas apresentam um padrão melhor de IQAs, porém os resultados de ... água para consumo humano atua sobre as diferentes formas de seu abastecimento, seja de gestão pública ou privada, na área urbana ou rural, e inclusive em áreas indígenas e em comunidades isoladas. As formas de abastecimento de água podem apresentar características bastante variadas, como por exemplo, pode ser distribuída por rede ou por meio de veículos
 0  3  15

Avaliação econômica de tecnologias sociais aplicadas à promoção de saúde: abastecimento de água por sistema Sodis em comunidades ribeirinhas da Amazônia.

... TEMAS LIVRES FREE THEMES Avaliação econômica de tecnologias sociais aplicadas à promoção de saúde: abastecimento de água por sistema Sodis em comunidades ribeirinhas da Amazônia Economic evaluation of social technologies applied to health promotion: water supply by the SODIS System in riverside communities of the Brazilian ... uma avaliação custo-benefício do uso de uma tecnologia de baixo custo para abastecimento de água potável utilizada em vários países, o sistema SODIS. O estudo foi realizado em comunidades ribeirinhas que vivem na área insular do município de Belém (PA), localizado na Amazônia brasileira. Os dados foram obtidos por meio de questionários respondidos por ... necessário à desinfecção. Características do projeto O projeto em questão representa uma experiência que usa uma tecnologia social para viabilizar o abastecimento de água em comunidades de baixa renda. Seu objetivo foi disponibilizar água potável para a população local por meio de um sistema de captação e tratamento de água de chuva, denominado SODIS
 0  14  10

Papel do agente comunitário de saúde no controle do estoque domiciliar de medicamentos em comunidades atendidas pela estratégia de saúde da família.

... TEMAS LIVRES FREE THEMES Papel do agente comunitário de saúde no controle do estoque domiciliar de medicamentos em comunidades atendidas pela estratégia de saúde da família The role of the community health agent in control of the in-house stock of medication in communities served by the family ... rational use of medication. Key words Rational use of medication, Family healthy strategy Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o estoque domiciliar de medicamentos em comunidades atendidas pela Estratégia de Saúde da Família (ESF) em município localizado no Sul do Brasil. Foram amostrados 10% dos domicílios de cinco ESF. Os dados foram coletados ... quais, a busca do uso racional de medicamentos. Para tanto, o Ministério da Saúde tem se preocupado em transformar os ACS em fomentadores do uso racional de medicamentos em suas comunidades5 . Esta afirmação pode ser evidenciada na publicação pelo Ministério da Saúde da cartilha “O trabalho dos ACS na promoção do uso correto de medicamentos”5. Um dos aspectos
 0  4  8

Estrutura das comunidades de macroalgas da bacia de drenagem do rio Cascavel, Estado do Paraná, Brasil.

... referenciados: Krupek et al. (2007) descreveram a distribuição das comunidades de macroalgas em uma bacia de drenagem da região centro‑sul; Branco et al. (2009) realizaram um estudo detalhado da distribuição destas algas em toda a região Centro‑Oeste; Peres et al. (2009) investigaram aspectos ecológicos de comunidades de macroalgas na Floresta Atlântica do Estado. ... substrato, velocidade da correnteza, irradiância) na distribuição de comunidades de macroalgas em riachos (Krupek et al. 2007, Branco et al. 2009). Tais resultados sugerem que tanto a heterogeneidade espacial quanto a temporal deve exercer forte influência na diversidade e abundância das comunidades de macroalgas lóticas (Krupek et al. 2007). Com base ... dominância de espécies durante o período de verão. Durante o inverno, a velocidade da correnteza foi responsável pela variação da diversidade de espécies. A análise de agrupamento das comunidades de macroalgas não reuniu pontos do mesmo período temporal. A Análise de Correspondência Canônica (CCA) mostrou que os segmentos aproximaram‑se devido à ocorrência de
 0  3  10

Aspectos numéricos, morfológicos e mofométricos das comunidades bacterianas em diferentes escalas trófica e temporal, em reservatórios.

... os três critérios utilizados para a análise de comunidades aquáticas – com suas vantagens e 15 desvantagens – e concluíram que tamanho é o critério de agrupamento de organismos vivos mais direto ao nível da comunidade e produz um “espectro de tamanho” que possibilita fácil comparação entre diferentes comunidades. Reconhecem, ainda, que os métodos ... os métodos moleculares estão permitindo significantes avanços, tanto na abordagem genética quanto na trófica, na análise de comunidades. Entretanto, eles entendem que “tais abordagens ainda estão longe de fornecerem uma descrição total das comunidades e seu uso é um sorvedouro de tempo e não está disponível em todos os laboratórios”. Para os autores, “os estudos ... CARLOS 2004 Ficha catalográfica elaborada pelo DePT da Biblioteca Comunitária da UFSCar R123an Racy, Fernando Paulo Pereira. Aspectos numéricos, morfológicos e mofométricos das comunidades bacterianas em diferentes escalas trófica e temporal, em reservatórios / Fernando Paulo Pereira Racy. - São Carlos : UFSCar, 2005. 63 p. Dissertação (Mestrado) --
 0  2  65

Estudo das comunidades de macroinvertebrados bentônicos das Represas do Monjolinho e do Fazzari no campus da UFSCar, município de São Carlos, SP.

... estimado os valores das médias correspondentes a cada período climático. Diferentes métricas foram aplicadas visando a comparação entre as comunidades de macroinvertebrados dos dois reservatórios. As análises indicaram que as comunidades diferem entre os sistemas, cada uma refletindo a condição intrínseca do ambiente. Na Represa do Monjolinho a comunidade ... Mestre em Ecologia e Recursos Naturais. São Carlos - SP 2006 Ficha catalográfica elaborada pelo DePT da Biblioteca Comunitária da UFSCar F993ec Fusari, Lívia Maria. Estudo das comunidades de macroinvertebrados bentônicos das Represas do Monjolinho e do Fazzari no campus da UFSCar, município de São Carlos, SP / Lívia Maria Fusari. -- São Carlos : UFSCar, ... capacidade de pensar e força para superar todas as dificuldades para que pudesse concluir esta etapa. Resumo O presente estudo teve como objetivo determinar a estrutura das comunidades de macroinvertebrados bentônicos e relacioná-las às condições ambientais das Represas do Monjolinho e do Fazzari localizadas no campus da Universidade Federal de São
 0  5  88

Diversidade funcional: como incluir a variação intraespecífica e o efeito do fogo em comunidades vegetais do cerrado

... prever as propriedades e as distribuições de muitas comunidades (Smith 1997), incluindo o cerrado (Coutinho 1990). O fogo pode agir como um filtro ambiental selecionando certas características funcionais em comunidades com regimes de queimada distintos (Díaz determinando inclusive a composição específica das comunidades (Thonicke 1998), . 2001). Portanto, esperamos ... terceira parte da tese é composta pelo terceiro e quarto capítulos. Neles investigamos os efeitos de diferentes frequências de fogo na estruturação de comunidades de plantas do cerrado. Como o fogo estrutura as comunidades arbustivo arbóreas do cerrado em termos das relações de parentesco das espécies e de suas características funcionais? No terceiro capítulo, ... filogenética, ou seja, diferentes regimes de fogo não alteram a quantidade de informação em termos de história evolutiva nas comunidades estudadas. Assim, a diversidade funcional pode ser independente da história evolutiva das comunidades. No quarto capítulo nos voltamos para o componente herbáceo subarbustivo. Estudamos os efeitos do fogo na biomassa
 0  1  130

Integrando processos ambientais e espaciais na ecologia de comunidades aquáticas em escala regional

... (Cottenie, 2005; Leibold et al., 2004). Metacomunidades são estruturadas por processos locais e regionais, e diferentes tipos de metacomunidades podem ser teoricamente distinguidos pela influência relativa desses processos como agentes que estruturam as comunidades locais (Cottenie et al., 2003). A teoria de metacomunidades ainda está em pleno desenvolvimento ... organismos entre comunidades locais, a entrada de novas espécies do conjunto regional, especiação e extinção (Ricklefs, 1987). Este conjunto de comunidades em uma paisagem e que estão conectadas por dispersão de seus espécimes constituintes tem sido atualmente denominado como metacomunidade (Leibold et al., 2004). A ecologia de metacomunidades é uma ... contínuo de possibilidades tem guiado a maneira com que os ecólogos pensam a ecologia de comunidades e é parte de um conjunto de modelos que definem o conceito geral de metacomunidades – proposto formalmente por Leibold et al. (2004). Segundo esses autores, metacomunidades podem ser categorizadas em quatro tipos de modelos: escolha de espécies (species
 0  4  125

Estado nutricional de crianças no primeiro ano de vida em comunidades rurais de Planaltina, Brasil, em 1976

... Bol Of Sand Punan 89(6), 1980 ESTADO NUTRICIONAL DE CRIANCAS NO PRIMEIRO ANO DE VIDA EM COMUNIDADES RURAIS DE PLANALTINA, BRASIL, EM 1976 Ivonette Santiago de Almeida,] Alex Federico Molina2 e Jorge Enrique Howards Gómez-Sánchez Urna análise do estado nutricional ... l’enfant. Trop 96, 1974. Boletim Sociedade Brasileira de Pediatria. mativo IV, novembro-dezembro de materMiKeu InfoT1975. Estado nutricional de los niños en el primer año de vida en las comunidades rurales de Planaltina durante 1976 (Resumen) En el análisis de una población de 124 niños de 0 a 12 meses de la ciudad satélite de Planaltina, situada en el Distrito
 0  2  7

Fluoruración de la sal en cuatro comunidades colombianas. V. Encuesta dietética en Don Matías y San Pedro

... dieta en las comunidades de Don Matías y San Pedro. La mayoría de las personas observadas en estas dos comunidades es pobre o muy pobre y por lo tanto su consumo nutricional es mucho más bajo. Lo mismo sucede en dos comunidades que reciben flúor por medio de la sal: Armenia y Montebello (6). Comentarios análogos a los que se hicieron sobre estas comunidades ... de Armenia y Montebello (6). Resultados Las figuras 1 y 2 muestran la distribución por edad y sexo de las dos comunidades. Los habitantes cuya edad fluctúa entre 0 y 19 años representan al 71y0 de la población total, lo que es aplicable a las dos comunidades. Clasificados los habitantes por sexo, en Don Matías el 487, son hombres y el 52y0 mujeres; en ... FLUORURACION DE LA SAL EN CUATRO COMUNIDADES COLOMBIANAS V. ENCUESTA DIETETKA EN DON MATIAS Y SAN PEDRO’ Nubia Hernández A.2, Fabio Espinal T‘3, Raúl Mejía V.4, y Hernán Vélez A.5 Se muestra la composición de la dieta en dos comunidades (una que recibÍaf%or en el agua, y otra que no lo recibía) con el objeto
 0  4  10

Documento similar