Artemisia Vulgaris

Asymmetry in food handling behavior of a tree-dwelling rodent (Sciurus vulgaris).

... RESEARCH ARTICLE Asymmetry in Food Handling Behavior of a Tree-Dwelling Rodent (Sciurus vulgaris) Nuria Polo-Cavia1,2*, Zoraida Vázquez1, Francisco Javier de Miguel1 1 Department of Biology, Universidad Autónoma de Madrid, 28049, Madrid, Spain, 2 Department of Biodiversity ... nuria.polo@uam.es Abstract a11111 OPEN ACCESS Citation: Polo-Cavia N, Vázquez Z, de Miguel FJ (2015) Asymmetry in Food Handling Behavior of a Tree-Dwelling Rodent (Sciurus vulgaris) . PLoS ONE 10(2): e0118233. doi:10.1371/journal.pone.0118233 Academic Editor: Lesley Joy Rogers, University of New England, Australia, AUSTRALIA Asymmetry in motor ... case of different tasks associated to food handling by several bird and mammal species. Here, we analyzed asymmetry in handling behavior of pine cones by red squirrels (Sciurus vulgaris) . Red squirrels devote most of their daily activity to feeding, thus this species constitutes an appropriate model for studying asymmetry in food processing. We aimed
 0  2  10

Differentially Expressed Genes in Resistant and Susceptible Common Bean (Phaseolus vulgaris L.) Genotypes in Response to Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli.

... RESEARCH ARTICLE Differentially Expressed Genes in Resistant and Susceptible Common Bean (Phaseolus vulgaris L.) Genotypes in Response to Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli Renfeng Xue1,2, Jing Wu2, Zhendong Zhu2, Lanfen Wang2, Xiaoming Wang2, Shumin Wang2*, Matthew W. Blair3* 1 ... mblair@tnstate.edu (MWB) OPEN ACCESS Citation: Xue R, Wu J, Zhu Z, Wang L, Wang X, Wang S, et al. (2015) Differentially Expressed Genes in Resistant and Susceptible Common Bean (Phaseolus vulgaris L.) Genotypes in Response to Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. PLoS ONE 10(6): e0127698. doi:10.1371/journal.pone.0127698 Academic Editor: Maeli Melotto, University ... Program of the Ministry of Science and Technology of China (2013BAD01B03-18a) and the Scientific Innovation Program of CAAS. Abstract Fusarium wilt of common bean (Phaseolus vulgaris L.), caused by Fusarium oxysporum Schlechtend.:Fr. f.sp. phaseoli (Fop), is one of the most important diseases of common beans worldwide. Few natural sources of resistance
 0  2  20

"Desenvolvimento de nanopartículas lipídicas sólidas contendo ácido retinóico e ácido láurico para o tratamento tópico da acne vulgaris"

... tópico da acne vulgaris. A influência da estearilamina no teor de encapsulação do AR e do AL será avaliada e também é proposta a avaliação da atividade inibidora do crescimento in vitro das NLS contra o P. acnes, Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermidis. 2 REVISÃO DA LITERATURA 2.1 Etiopatogenia da acne vulgaris A acne vulgaris, popularmente ... Além disso, NLS carregadas com AR e AL apresentam potencial atividade antimicrobiana, representando uma alternativa interessante para o tratamento tópico da acne vulgaris. Palavras-chave: Acne vulgaris, tratamento tópico, nanopartículas lipídicas sólidas, ácido retinóico, ácido láurico. ABSTRACT Topical therapy is the first choice in the treatment ... of encapsulation. Moreover, SLN loaded with RA and LA show potential antimicrobial activity, representing an interesting alternative for topical treatment of acne vulgaris. Keywords: Acne vulgaris, topical therapy, solid lipid nanoparticles, retinoic acid, lauric acid. LISTA DE FIGURAS 1 Patogênese da acne. Adaptado de Billow (1996)..........................................................................23 2
 0  7  100

Plantas invasoras da cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) no Estado de Minas Gerais.

... bot. bras. 3(2): 1989 supl. 225 PLANTAS INVASORAS DA CULTURA DO FEUOEIRO (PHASEOLUS VULGARIS L.) NO ESTADO DE MINAS GERAIS. Julio Pedro Laca-Buendia (1) Mitzi Brandão (2) Manuel Losada Gavilanes (3) RESUMO - Nas áreas de cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), no Estado de Minas Gerais, foram coletadas e identificadas 222 espécies de plantas ... plantas daninhas em feijão (Phaseolus vulgaris L.) consorciado com outras culturas. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 10(118): 70-74. ZEEP, W.V. der. 1971. Consequences of modem weed control for crop growning technique. Pans, 17(1): 20-25. Tabela I - Relação das plantas invasoras da cultura do Feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), no Estado de Minas ... Malvaceae, Convolvulaceae, Rubiaceae, Euphorbiaceae, Amaranthaceae. Cyperaceae and Solanaceae, with 33. 30, 25. 21, 12. 10. 10. 10.9. 8 species respectively. Key-words: Phaseolus vulgaris, weeds, bean weeds. Introdução As plantas invasoras de áreas cultivadas (plantas daninhas), quando crescem em solos agrícolas, com as plantas consideradas úteis, competem
 0  3  12

Ação do enxofre em chuva ácida simulada sobre parâmetros morfofisiológicos de Phaseolus vulgaris L. (Fabaceae).

... e peciolar. Palavras-chave: Phaseolus vulgaris, chuva ácida, enxofre, clorofila, anexos epidérmicos. ABSTRACT. Sulfur effect by simulated acid rain on morphophysiological parameters of the bean plant. The goal of this work was to evaluate the effects of sulfur and simulated acid rain on the leaf of Phaseolus vulgaris. Acid rain (pH 3.0) and an aqueous ... on the test plants. Moreover, only small injuries were verified on the blade and peciolar areas of the tested individuals of P. vulgaris, probably due to the presence of the reported epidermal structures. Key words: Phaseolus vulgaris, acid rain, sulfur, chlorophyll, epidermal annexes. Introdução A composição química da água da chuva é uma combinação ... DOI: 10.4025/actasciagron.v32i3.4273 Ação do enxofre em chuva ácida simulada sobre parâmetros morfofisiológicos de Phaseolus vulgaris L. (Fabaceae) Bruna Borba Dias1*, Maysa de Lima Leite2, Paulo Vitor Farago3, André Vicente de Oliveira2 e Gustavo Castilho Beruski2 1Laboratório de Oceanografia Costeira,
 0  3  7

BIOMASSA INDIVIDUAL DE Bambusa oldhamii Munro E Bambusa vulgaris Schrad. ex J.C. Wendl.

... relação a B. vulgaris. Para a espécie B. oldhamii os resíduos variaram entre -24% e +23% e para a espécie B. vulgaris os resíduos variaram entre -61% e +22%, fato que demonstra a sua maior heterogeneidade. Tabela 5 table 5 Produção de biomassa seca individual (kg) de B. oldhamii e B. vulgaris. Biomass production (kg) of B. oldhamii and B. vulgaris. Bambusa ... na espécie B. vulgaris. Essa tendência é apontada por Marenco e Lopes (2005) que dizem que a maioria das espécies aloca a maior parte de seus assimilados na parte aérea. FIGURa 2 FIGURe 2 Distribuição da biomassa de B. oldhamii e B. vulgaris em seus compartimentos. Biomass distribution in different parts of the B. oldhamii and B. vulgaris. FIGURa ... vulgaris. FIGURa 1 FIGURe 1 Relações entre dap, diâmetro de colo e altura de B. oldhamii e B. vulgaris. Relationship between dbh, base diameter and height for B. oldhamii e B. vulgaris. As proporções da folhagem na biomassa total foram 5% e 6% para as espécies B. oldhamii e B. vulgaris e 11% para o compartimento galhos em ambas as espécies. 154 CERNE | v.
 0  4  9

Avaliação da estabilidade e adaptabilidade de genótipos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) baseada na análise multivariada da "performance" genotípica.

... AVALIAÇÃO DA ESTABILIDAPDEERINEA,AED. FA. etPaTl. ABILIDADE DE GENÓTIPOS DE FEIJOEIRO (Phaseolus vulgaris L.) BASEADA NA ANÁLISE MULTIVARIADA DA “PERFORMANCE” GENOTÍPICA Evaluation of the stability and adaptability of genotypes of common beans (Phaseolus vulgaris L.) through multivariate analysis of genotype performance Eliana Francischinelli Perina1, ... Changes in psyscochimical properties of dry beans (Phaseolus vulgaris L.) during long term storage. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Washington, v.47, p.3223-3227, 1997. MESQUITA, F. R.; CORRÊA, A.D.; ABREU, C. M. P. de; LIMA, R. A. Z.; ABREU, A. de F. B. Linhagens de feijão (Phaseolus vulgaris, L.): Composição química e digestibilidade protéica. ... technological quality, value protein, genotype x environment interaction. (Recebido em 22 de abril de 2008 e aprovado em 31 de julho de 2009) INTRODUÇÃO O feijão (Phaseolus vulgaris L.), além de fornecer nutrientes essenciais, representa uma importante fonte protéica na alimentação dos brasileiros, especialmente pelo menor custo de sua proteína em
 0  4  9

Interação de polifenóis e proteínas e o efeito na digestibilidade proteica de feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) cultivar Pérola.

... Alimentos Original Interação de polifenóis e proteínas e o efeito na digestibilidade proteica de feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) cultivar Pérola Polyphenol and protein interaction and the effect on protein digestibility in common bean (Phaseolus vulgaris L.) cultivar Perola Ricardo de Araújo DELFINO1, Solange Guidolin CANNIATTI-BRAZACA1* Resumo O feijão ... antinutricionais do feijão preto (Phaseolus vulgaris L.) irradiado. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 25, n. 1, p. 109-114, 2005. Molina, M. R.; Fuente, G.; Bressani, R. Interrelationships between storage, soaking time, cooking time, nutritive value and other characteristics of the black bean (Phaseolus vulgaris ). Journal of Food Science, v. 40, ... feijão (Phaseolus vulgaris, L.). 2000. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ciências dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2000. Rios, A. O.; Abreu, C. M. P.; Correa, A. D. Efeito da estocagem e das condições de colheita sobre algumas propriedades físicas, químicas e nutricionais de três cultivares de feijão (Phaseolus vulgaris,   L.). Ciência
 0  6  5

Efeito sazonal sobre os ácidos graxos e colesterol do polvo Octopus vulgaris Cuvier 1797.

... e colesterol do polvo Octopus vulgaris Cuvier 1797 Seasonal effects on fatty acids and cholesterol contents in Octopus vulgaris Cuvier 1797 Margarida Maria Monteiro VASCONCELOS1*, Jorge Fernando Fuentes ZAPATA2 Resumo Foi realizado um estudo sobre o perfil de ácidos graxos e colesterol na manta de polvo comum, Octopus vulgaris, capturado na praia ... analisar o comportamento sazonal dos ácidos graxos e do colesterol presentes na manta de polvo comum, Octopus vulgaris, capturado na praia de Camocim - CE, durante um período de seis meses. 2 Material e métodos A coleta de polvo, Octopus vulgaris, foi realizada nos meses de abril, julho e novembro, na praia de Camocim - CE. Foram adquiridos exemplares ... resultados médios de gordura total extraída na manta de polvo comum, Octopus vulgaris, no decorrer dos seis meses de coletas bimensais (Tabela 1), indicaram baixos níveis desse componente químico variando de 0,22 a 0,12%. Navarro e Villanueva (2003), analisando o teor lipídico em Octopus vulgaris em função de sua fase de desenvolvimento, reportaram valores
 0  6  5

Bolos simples elaborados com farinha da entrecasca de melancia (Citrullus vulgaris, sobral): avaliação química, fisica e sensorial.

... Tecnologia de Alimentos Original Bolos simples elaborados com farinha da entrecasca de melancia (Citrullus vulgaris, sobral): avaliação química, fisica e sensorial Simple cakes elaborated with flour of watermelon inner skin (Citrullus vulgaris, Sobral): chemical, physical, and sensory evaluation Renata Rangel GUIMARÃES1*, Maria Cristina Jesus ... nutricional da farinha da entrecasca de melancia (Citrullus vulgaris Sobral) em animais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE NUTRIÇÃO, 19., 2006, São Paulo. Anais eletrônicos... São Paulo: SBCTA, 2006. 1 CD. GUIMARÃES, R. R. et al. Avaliação nutricional da farinha da entrecasca de melancia (Citrullus vulgaris Sobral) em animais. In: SIMPÓSIO LATINO AMERICANO ... físico-química e sensorialmente a aplicação da farinha da entrecasca de melancia (FEM) na formulação de bolos simples. 2 Material e métodos 2.1 Material Os frutos de melancia (Citrullus vulgaris, Sobral) foram adquiridos no comércio varejista localizado no município do Rio de Janeiro. No Laboratório de Análises e Processamento de Alimentos (LAPAL) do Instituto
 0  3  10

Avaliação química e nutricional do feijão carioca (Phaseolus vulgaris L.) cozido por diferentes métodos.

... Ciência e Tecnologia de Alimentos ISSN 0101-2061 Avaliação química e nutricional do feijão carioca (Phaseolus vulgaris L.) cozido por diferentes métodos Chemical and nutritional evaluation of Carioca beans (Phaseolus vulgaris L.) cooked by different methods Taís Carolina Franqueira de TOLEDO1, Solange Guidolin CANNIATTI-BRAZACA1* Resumo ... Effect of heat treatment on the toxicity and nutritive value of dry bean (Phaseolus vulgaris var. Rosinha G2) proteins. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Washington, v. 28, n. 5, p. 935-938, 1980. ANTUNES, P. L. et al. Valor nutricional de feijão (Phaseolus vulgaris, L.), cultivares rico 23, carioca, piratã-1 e rosinha-g2. Revista Brasileira ... linhagens de feijão (Phaseolus vulgaris L.) Lavras – MG, 2000. 55  p. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos). Universidade Federal de Lavras . FUKUDA, G.; ELIAS, L. G.; BRESSANI, R. Significado de algunos factores anti fisiológicos y nutricionales en la evaluación biológica de diferentes cultivares de frijol comun (Phaseolus vulgaris) . Tabela 5.
 0  6  6

Testes sensoriais de aceitação da beterraba vermelha (Beta vulgaris ssp. vulgaris L.), cv. Early Wonder, minimamente processada e irradiada.

... Testes sensoriais de aceitação da beterraba vermelha (Beta vulgaris ssp. vulgaris L.), cv. Early Wonder, minimamente processada e irradiada Sensory acceptance tests of red beet (Beta vulgaris ssp. vulgaris L.), cv. Early Wonder, minimally processed and irradiated Nilber Kenup HERNANDES1*, Regina Celi ... geográfica, e cujas diferenças são insuficientes para estabelecer outras subdivisões; e c) Beta vulgaris ssp. vulgaris, que agrupa todas as cultivares já domesticadas. Ainda segundo LANGE et al.,15 todas as cultivares da subespécie Beta vulgaris ssp. vulgaris (conhecidas até então) podem ser subdivididas em quatro grupos: beterrabas folhosas (Leaf ... da família Chenopodiaceae, pertence à espécie Beta vulgaris L. e, segundo LANGE et al.,15 se divide em três subespécies: a) Beta vulgaris ssp. adanesis, grupo distinto de plantas semi-anuais, com características morfológicas específicas, que apresentam um grande declínio na autofertilização; b) Beta vulgaris ssp. maritima, formada por um grande complexo
 0  9  5

Atividade antibacteriana e a preditividade do condimento Artemisia dracunculus Linn. (Asteraceae), variedade inodora - estragão -, frente à Salmonella sp.

... antibacteriana, Artemisia dracunculus, preditividade em salmonela, alimentos condimentados, estragão. SUMMARY ANTIMICROBIAL ACTIVITY AND PREDITIVITY OF Artemisia acunculus (Asteraceae), VAR. inodora – TARRAGON –, AS CONDIMENT, AGAINST Salmonella sp. It was evaluated antibacterial activity of watery extract of the condiment tarragon – Artemisia dracunculus ... francês ou estragão verdadeiro, Artemisia dracunculus Linn., var. sativa, que não produz sementes e é reproduzido por estacas, não tolerando o excesso de luminosidade nem o excesso de chuvas. Dificilmente é encontrado nas condições brasileiras; e o estragão russo, Artemisia dracunculus, var. inodora, também conhecido como Artemisia dracunculoides, que ... ANTIBACTERIANA E A PREDITIVIDADE DO CONDIMENTO Artemisia dracunculus Linn. (Asteraceae), VARIEDADE inodora – ESTRAGÃO –, FRENTE À Salmonella sp.1 Heloisa Helena CARVALHO2,*, José Maria WIEST3, Dalton Palmeira GRECO4 RESUMO Avaliou-se a atividade antibacteriana de extrato aquoso do condimento estragão – Artemisia dracunculus linn. (Asteraceae), variedade
 0  5  5

Avaliação da disponibilidade de ferro de feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) em comparação com carne bovina.

... AVALIAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DE FERRO DE FEIJÃO COMUM (Phaseolus vulgaris L.) EM COMPARAÇÃO COM CARNE BOVINA1 Neila Camargo de MOURA2, Solange Guidolin CANNIATTI-BRAZACA3,* RESUMO O presente trabalho avaliou a disponibilidade do ferro do ... grão-de-bico e o feijão comum apresentaram as melhores disponibilidades de ferro. O objetivo deste trabalho foi avaliar a disponibilidade do ferro do feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) variedade carioca e suas interações com ácido ascórbico e cistina e comparar com a disponibilidade do ferro de carne bovina. Além disso, propôs verificar a quantidade ... antinutricionais presentes no feijão e averiguar sua interferência na biodisponibilidade do ferro. 2 - MATERIAL E MÉTODOS 2.1 - Amostras Foram utilizados grãos de feijão comum (Phaseolus vulgaris) , variedade Carioca, recém-colhidos e doados pelo Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo. O músculo
 0  5  7

Perfil sensorial e aceitabilidade de cultivares de feijão (Phaseolus vulgaris L.).

... analysis; and quantitative descriptive analysis. 1 – INTRODUÇÃO O feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) é a planta originária do Novo Mundo e cultivada, atualmente, em todos os continentes [4]. Vale salientar o grande número de variedades de feijão (Phaseolus vulgaris) , tais como fei- 1. Recebido para publicação em 02/07/2002. Aceito para publicação ... moderadamente e gostei muito”. Palavras-chave: feijão; análise sensorial; análise descritiva quantitativa. SUMMARY SENSORY PROFILE AND ACCEPTABILITY OF CULTIVARS OF BEANS (Phaseolus vulgaris L.). In Brazil the recommendation of new cultivars of beans has been done according to the grains agronomic characteristics. However, in the last years researchers of ... Perfil sensorial e aceitabilidade de cultivares de feijão, Minim et al. PERFIL SENSORIAL E ACEITABILIDADE DE CULTIVARES DE FEIJÃO (Phaseolus vulgaris L.)1 Joel Camilo Souza CARNEIRO2, Valéria Paula Rodrigues MINIM2,*, Manoel Messias de SOUZA Jr.2, José Eustáquio Souza CARNEIRO3, Geraldo Antônio Andrade ARAÚJO3 RESUMO No
 0  4  7

Avaliação química, nutricional e fatores antinutricionais do feijão preto (Phaseolus vulgaris L.) irradiado.

... GUSTAFSSON, E.L.; SANDBERG, A.S. Phytate reduction in brown beans (Phaseolus vulgaris L.). J. Food Sci., v. 60, p. 149-152. 1995. [17] GUZMÁN-MALDONADO, H.; CASTELLANOS, J.; MEJÍA, E.G.; Relationship between theoretical and experimentaily detected tannin content of common beans (Phaseolus vulgaris L.). Food Chem., v. 55, n. 4, p. 333-335, 1996. [18] HOUSE, ... (Phaseolus vulgaris L.) as influenced by variety and pod size. J. Sci. Food Agric., v. 77, n. 3, p. 414-420, 1998. [23] MEJÍA, E.G.; MARTINEZ-RESENDIZ, V.; CASTÑOTOSTADO, E.; LOARCA-PIÑA, G. Effect of drought on polyamine metabolism, yield, protein content and in vitro protein digestibility in tepary (Phaseolus acutifolius) and common (Phaseolus vulgaris) ... lectins of common beans (Phseolus vulgaris L.) grown in the semiarid highlands of mexico. J. Agric. Food Chem., v. 51, n. 20, p. 59625966, 2003. [25] MOLINA, M.R.; FUENTE, G. DE LA; BRESSANE, R. Interrelationships between storage, soaking time, cooking time, nutritive value and other characteristics of the black bean (Phaseolus vulgaris) . J. Food Sci., Chicago,
 0  3  6

Efeito da estocagem e das condições de colheita sobre algumas propriedades físicas, químicas e nutricionais de três cultivares de feijão (Phaseolus vulgaris, L.).

... da estocagem e condições de colheita sobre algumas propriedades de feijões (Phaseolus vulgaris, L.), Rios et al. EFEITO DA ESTOCAGEM E DAS CONDIÇÕES DE COLHEITA SOBRE ALGUMAS PROPRIEDADES FÍSICAS, QUÍMICAS E NUTRICIONAIS DE TRÊS CULTIVARES DE FEIJÃO (Phaseolus vulgaris, L.)1 Alessandro de Oliveira RIOS2,*, Celeste Maria Patto de ABREU3, Angelita ... nutritional properties of a dry bean. (Phaseolus vulgaris L.) variety Rosinha G2. Journal of Food Science, Chicago, v. 44, n.6, p. 1703-1706, 1979. 44 Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 23(Supl): 39-45, dez. 2003 Efeito da estocagem e condições de colheita sobre algumas propriedades de feijões (Phaseolus vulgaris, L.), Rios et al. [3] A.O.A.C. - ... feijão (Phaseolus vulgaris L.) armazenados. Campinas, 1981. 259 p. Tese de Livre - Docência, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). [11] GOMES, F. P. Curso de Estatística Experimental. São Paulo: Nobel, Experimentos Fatoriais, p. 96-125, 1990. [12] GUEVARA, L. L. V. Avaliação sensorial e inativação de lipoxigenase em feijão (Phaseolus vulgaris L.)
 0  2  7

Propriedades físico-químicas de polifenoloxidase de feijão (Phaseolus vulgaris L.).

... (Phaseolus vulgaris L.). The polyphenoloxidase activity of nine bean (Phaseolus vulgaris L.) cultivars (Aruã, Aporé, A774, Carioca, Diamante Negro, Ouro Branco, Pérola, RAO 33 e Rudá) were studied. The crude enzyme extract of the nine cultivars was found to have optimum pH in 7.2 using catechol as substrate. No PPO activity in beans (Phaseolus vulgaris ... FÍSICO-QUÍMICAS DE POLIFENOLOXIDASE DE FEIJÃO (PHASEOLUS VULGARIS L.) 1 Maria Regina Araújo GOMES2, Maria Goreti de Almeida OLIVEIRA2,3 ,*, Geraldo Estevam Souza CARNEIRO4, Everaldo Gonçalves de BARROS2,5 , Maurílio Alves MOREIRA2,3 RESUMO As atividades de polifenoloxidases do feijão (Phaseolus vulgaris L.), cultivares: (Aruã, Aporé, A774, Carioca, ... cultivares de feijão buscando determinar o pH e o substrato a serem utilizados em trabalhos posteriores. 2 – MATERIAIS E MÉTODOS 2.1 – Material As amostras de feijão (Phaseolus vulgaris L.) cultivares (Aruã, Aporé, A774, Carioca, Diamante Negro, Ouro Branco, Pérola, RAO 33 e Rudá) foram obtidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA
 0  6  4

Características fotossintéticas de Phaseolus vulgaris L..

... mesophyll conductance (gm) of 0.47 mol m-2 s-1 for common bean cultivated in Brazil (Phaseolus vulgaris var. mexicanus). Key words: common bean, mathematical models, Phaseolus vulgaris var. mexicanus RESUMO - (Características fotossintéticas de Phaseolus vulgaris L.). A análise in vivo da taxa de assimilação líquida de CO2 (A) em resposta à densidade ... da atividade fotoquímica ao aumento de DFFFA e de Ci; e comparar estes resultados obtidos com Phaseolus vulgaris var. mexicanus, aos da maioria da literatura, com Phaseolus vulgaris var. aborigineus. Material e métodos O genótipo de Phaseolus vulgaris raça mexicanus escolhido para a caracterização foi a cv Carioca, mais cultivada e consumida no ... (Rd) de 0,88 µmol m-2 s-1, e a condutância mesofílica (gm) de 0,47 mol m-2 s-1, para o feijoeiro comum cultivado no Brasil (Phaseolus vulgaris var. mexicanus). Palavras-chaves: feijoeiro comum, modelos matemáticos, Phaseolus vulgaris var. mexicanus Introdução A atividade fotossintética de um vegetal com metabolismo C3, como o feijoeiro comum, pode ser
 0  3  7

Atividade ovicida e larvicida do extrato hidroalcoólico de Artemisia annua sobre parasitas gastrintestinais de bovinos.

... http://dx.doi.org/10.1590/1678-7134 Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.67, n.1, p.25-31, 2015 Atividade ovicida e larvicida do extrato hidroalcoólico de Artemisia annua sobre parasitas gastrintestinais de bovinos [Ovicidal and larvicidal activity of Artemisia annua hydroalcoholic extract against gastrointestinal parasites in cattle] L.K. Sprenger1, A. Buzatti1, L.H. Campestrini1, ... científicos, o presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficácia de extratos produzidos a partir de Artemisia annua no controle de nematódeos gastrintestinais de bovinos, utilizando testes in vitro. MATERIAL E MÉTODOS A Artemisia annua utilizada neste experimento foi plantada e colhida no Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, ... Herba Artemisiae annuae tea preparation compared to sulfadoxinepyrimethamine in the treatment of uncomplicated falciparum malaria in adults: a randomized double-blind clinical trial. Trop. Doc., v.38, p.113-116, 2008. BRISIBE, E.A.; UMOREN, U.E.; BRISIBE, F. et al. Nutritional characterisation and antioxidant capacity of different tissues of Artemisia
 1  8  7

Impacto e fatores determinantes de pragas em Phaseolus vulgaris

... DETERMINANTES DE PRAGAS EM Phaseolus vulgaris Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia, para obtenção do título de Doctor Scientiae. VIÇOSA MINAS GERAIS - BRASIL 2010 EMERSON CRISTI DE BARROS IMPACTO E FATORES DETERMINANTES DE PRAGAS EM Phaseolus vulgaris Tese apresentada ... fatores determinantes de pragas em Phaseolus vulgaris. Orientador: Marcelo Coutinho Picanço. Coorientadores: Antônio Alberto da Silva, Leandro Bacci e João Carlos Cardoso Galvão. Os objetivos deste trabalho foram determinar os componentes críticos e os fatores chave de perdas na cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris) e identificar os fatores que determinam ... determinants factors of pests attack in Phaseolus vulgaris. Adviser: Marcelo Coutinho Picanço. Co-advisers: Antônio Alberto da Silva, Leandro Bacci and João Carlos Cardoso Galvão. The aim of this work were to determine the critical yield components and key factors of yield losses on common bean (Phaseolus vulgaris) and identify the factors that determine
 0  2  100

Sistema de produção orgânico de milho (Zea mays L.), feijão (Phaseolus vulgaris L.) e mandioca (Manihot sculenta Crantz) consorciados com soqueira de cana-deaçúcar (Sacharum spp.)

... SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO RURAL SISTEMA DE PRODUÇÃO ORGÂNICO DE MILHO (Zea mays L.), FEIJÃO (Phaseolus vulgaris L.) E MANDIOCA (Manihot esculenta CRANTZ) CONSORCIADOS COM SOQUEIRA DE CANA-DE-AÇÚCAR (Sacharum spp.). JOÃO PAULO APOLARI Araras - SP 2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ... SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO RURAL SISTEMA DE PRODUÇÃO ORGÂNICO DE MILHO (Zea mays L.), FEIJÃO (Phaseolus vulgaris L.) E MANDIOCA (Manihot esculenta CRANTZ) CONSORCIADOS COM SOQUEIRA DE CANA-DE-AÇÚCAR (Sacharum spp.). JOÃO PAULO APOLARI ORIENTADOR: PROF. Dr. LUIZ ANTONIO CORREIA ... SP 2009 Ficha catalográfica elaborada pelo DePT da Biblioteca Comunitária da UFSCar A643sp Apolari, João Paulo. Sistema de produção orgânico de milho (Zea mays L.), feijão (Phaseolus vulgaris L.) e mandioca (Manihot esculenta Crantz) consorciados com soqueira de cana-deaçúcar (Sacharum spp.) / João Paulo Apolari. -- São Carlos : UFSCar, 2009. 66 f. Dissertação
 0  1  83

Sistemas orgânicos de produção para a soca da cultura da cana-de-açúcar (Saccharum spp), consorciado com milho (Zea mays), feijão (Phaseolus vulgaris) e mandioca (Manihot esculenta)

... (PHASEOLUS VULGARIS) E MANDIOCA (MANIHOT ESCULENTA) RAPHAEL MACHADO Araras 2008 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGROECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO RURAL SISTEMAS DE PRODUÇÃO ORGÂNICOS PARA A SOCA DA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR (SACCHARUM SPP), CONSORCIADO COM MILHO (ZEA MAYS), FEIJÃO (PHASEOLUS VULGARIS) ... UFSCar M149so Machado, Raphael. Sistemas orgânicos de produção para a soca da cultura da cana-de-açúcar (Saccharum spp), consorciado com milho (Zea mays), feijão (Phaseolus vulgaris) e mandioca (Manihot esculenta) / Raphael Machado. -- São Carlos : UFSCar, 2008. 83 f. Dissertação (Mestrado) -- Universidade Federal de São Carlos, 2008. 1. Cultivo intercalado. ... ............................................................................................... 72 iv SISTEMAS DE PRODUÇÃO ORGÂNICOS PARA A SOCA DA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR (SACCHARUM SPP), CONSORCIADO COM MILHO (ZEA MAYS), FEIJÃO (PHASEOLUS VULGARIS) E MANDIOCA (MANIHOT ESCULENTA) Autor: RAPHAEL MACHADO Orientador: Prof. Dr. LUIZ ANTONIO CORREIA MARGARIDO Co-orientador: Prof. Dr. PAULO ROBERTO BESKOW RESUMO O
 0  5  103

Atividade antifúngica do óleo essencial de Thymus vulgaris L. e fitoconstituintes contra Rhizopus oryzae e Rhizopus microsporus: interação com ergosterol

... indicam que o óleo essencial de T. vulgaris e timol, apresentam forte atividade antifúngica, que pode estar relacionada com a interação com ergosterol e consequentemente lise de membrana. Palavras-chave: Lamiaceae, Thymus vulgaris, timol, Rhizopus, atividade antifúngica e óleos essenciais. Antifungal activity of Thymus vulgaris L. essential oil and phytoconstituents ... T. vulgaris (A), timol (B) e anfotericina B (C) sobre a cinética do crescimento micelial de R. oryzae (RO-4557)................... 71 Figura 17 – Efeito do óleo essencial de T. vulgaris (A), timol (B) e anfotericina B (C) sobre a cinética do crescimento micelial de R. microsporus (RM-5266).......... 72 Figura 18 - Efeito do óleo essencial de T. vulgaris, ... SAMARA DE LIRA MOTA ATIVIDADE ANTIFÚNGICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Thymus vulgaris L. E FITOCONSTITUINTES CONTRA Rhizopus oryzae e Rhizopus microsporus: INTERAÇÃO COM ERGOSTEROL João Pessoa - PB Março de 2013 KELLY SAMARA DE LIRA MOTA ATIVIDADE ANTIFÚNGICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE Thymus vulgaris L. E FITOCONSTITUINTES CONTRA Rhizopus oryzae e Rhizopus microsporus: INTERAÇÃO
 0  2  128

Avaliação do efeito de parâmetros microestruturais e de processo de impregnação de fluidos em colmos de bambusa vulgaris.

... DE BAMBUSA VULGARIS por Antônio da Silva Sobrinho Júnior Tese de Doutorado apresentada à Universidade Federal da Paraíba para obtenção do grau de Doutor. João Pessoa – Paraíba Setembro de 2010 Antônio da Silva Sobrinho Júnior AVALIAÇÃO DO EFEITO DE PARÂMETROS MICROESTRUTURAIS E DE PROCESSO DE IMPREGNAÇÃO DE FLUIDOS EM COLMOS DE BAMBUSA VULGARIS Tese ... parâmetros microestruturais e de processo de impregnação de fluidos em colmos de bambusa vulgaris / Antônio da Silva Sobrinho Júnior.- João Pessoa, 2010. 126f. : il. Orientador: Sandro Marden Torres Tese (Doutorado) – UFPB/CT 1. Engenharia Mecânica. 2. Bambu (Bambusa vulgaris) – utilização – construção. 2. Bambu – microestrutura. 3. Bambu – absorção – impregnação. ... PROCESSO DE IMPREGNAÇÃO DE FLUIDOS EM COLMOS DE BAMBUSA VULGARIS RESUMO O interesse pela utilização de bambu na área da construção está crescendo em todo o mundo. Isto pode ser atribuído às suas boas propriedades de engenharia, bem como o fato de se tratar de uma fonte renovável. Na região Nordeste, o Bambusa vulgaris é a espécie mais comum. O objetivo da pesquisa
 0  1  147

Documento similar


Feedback